A Base De Cálculo Da Renda Mensal Inicial Que Define O Valor Final Dos Benefícios Denomina Se artigos e trabalhos de pesquisa

  • Curso bolsa de valores

    CURSO BOLSA de VALORES Bolsas de Valores Associações civis sem fins lucrativos. Seus principais objetivos são manter local adequado para a realização dos negócios, fazer ampla divulgação das operações efetuadas em seu "pregão". No Brasil existem 9 Bolsas, das quais apenas a Bovespa - www.bovespa.com.br, em São Paulo, possui pregões regulares e com volumes significativos. A BVRJ - www.bvrj.com.br, no Rio de Janeiro, negocia hoje, apenas com títulos públicos. Em 1997, a Sociedade Operadora...

    58257  Palavras | 234  Páginas

  • AÇÃO PREVIDENCIÁRIA COM ANTECIPAÇÃO DE TUTELA - Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social à Pessoa Idosa - ESPECIE 88

    DOUTOR JUIZ FEDERAL TITULAR DE UMA DAS VARAS DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO GRANDE DO NORTE, A QUEM ESTA COUBER POR DISTRIBUIÇÃO LEGAL. AÇÃO PREVIDENCIÁRIA COM ANTECIPAÇÃO DE TUTELA 1 – RAZÕES DO PLEITO: - Pedido de Benefício; 2 - SUPORTES LEGAIS: - Lei nº 8.742/93 – Art. 20; - Decreto nº 1.744/95 – Art. 5º, inciso I e III. FULANO DE TAL, brasileiro, casado, desempregado, portadora do RG nº 000.000 SSP/RN, inscrito no CPF sob o nº 010.101.010-10, residente e domiciliado...

    1948  Palavras | 8  Páginas

  • Acidente de trabalho e benefícios acidentários

    acidente do trabalho, explicando conceito do acidente do trabalho, o enquadramento do acidente, e por fim, as prestações da Previdência Social relativas ao acidente de trabalho. Cumpre destacar que o que será abordado no primeiro capítulo servirá como base para o estudo aprofundado do tema principal, a ação regressiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) face o empregador nos casos de acidente de trabalho. 2.1 CONCEITO DE ACIDENTE DO TRABALHO É elemento gerador de direito subjetivo do...

    4339  Palavras | 18  Páginas

  • pmp final

     Universidade Anhanguera – Uniderp Centro de Educação a Distância Projeto Multidisciplinar de Autoaprendizagem II Parte Final Anderson Paranhos – RA 3874743867; Cristiano Felix Gomes – RA 4931932084; Danilo Santos de Souza – RA 3845713939; Doroti Alves de Almeida – RA 5267169152; Graziele Medeiros Pereira – RA 3823680810; Nayara Batista Porto – RA 4352058733; São Paulo – Polo Brigadeiro Novembro/2013 Anderson Paranhos Cristiano Felix Gomes Danilo Santos de Souza Doroti...

    12353  Palavras | 50  Páginas

  • A influencia da tributação no preço final dos produtos

    COMPROMISSO DE ESTÁGIO Por este instrumento particular de complementação educacional, não remunerado, sem vínculo empregatício, conforme o Art. 04, nos termos da Lei nº 11.788, 25 Set 08; Art. 82, Lei 9.394, de 20 Dez 96, (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), pela Resolução CNE/CES nº 04, de 13 Jul 05., bem como no convênio assinado entre SIRLEI MARIANI ABATI – ME doravante denominada CONCEDENTE e UNIGRAN, doravante denominada INTERVENIENTE, a CONCEDENTE e a acadêmica LIDIANE PAULA...

    7852  Palavras | 32  Páginas

  • Calculos Trabalhistas Gisele Mariano Da Rocha 2014 1

    Introdução 1. Definição das Verbas Salariais 1.1. Salário mínimo 1.2. Salário mínimo regional 1.3. Salário-base 1.4. Piso salarial 1.5. Salário profissional 1.6. Salário normativo 1.7. Salário 1.8. Remuneração 1.9. Salário-utilidade ou in natura 1.9.1. Reflexo no salário rural, caso seja fornecida moradia sem o contrato da habitação 1.10. Salário-hora e jornada mensal 1.10.1. Fórmulas de cálculo do salário-hora 1.11. Salário-dia 1.12. Remuneração variável – salário comissionado 1.13. Salário complessivo...

    37238  Palavras | 149  Páginas

  • CUSTEIO DOS BENEFÍCIOS ACIDENTÁRIOS – COMO REDUZIR CUSTOS ATRAVÉS DO FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVENÇÃO – FAP

    CUSTEIO DOS BENEFÍCIOS ACIDENTÁRIOS – COMO REDUZIR CUSTOS ATRAVÉS DO FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVENÇÃO – FAP LONDRINA 2009 BÁRBARA BERBERT BAER CUSTEIO DOS BENEFÍCIOS ACIDENTÁRIOS – COMO REDUZIR CUSTOS ATRAVÉS DO FATOR ACIDENTÁRIO DE PREVENÇÃO – FAP Trabalho de conclusão de curso de graduação apresentado no Curso de Direito, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Campus Londrina. Orientador: Raquel Mota Londrina 2009 BÁRBARA BERBERT BAER CUSTEIO DOS BENEFÍCIOS ACIDENTÁRIOS...

    17053  Palavras | 69  Páginas

  • Cálculo de aposentadoria por tempo de contribuição de acordo com lei 9.876/1999

    FACULDADE PADRÃO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CÁLCULO DE APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DE ACORDO COM LEI 9.876/1999 GOIÂNIA 2011 Guilherme de Sousa Araújo Jordana Cristina da Silva Kleyvane Rodrigues de Oliveira Leilaine Azevedo Silva Patrícia Alves de Paula Rondinele Leal de Faria CÁLCULO DE APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO DE ACORDO COM LEI 9.876/1999 ...

    14345  Palavras | 58  Páginas

  • revisao beneficio

    em face do Instituto Nacional do Seguro Social- INSS, pelos motivos de fato e de direito que passa a expor, para ao final requerer o quanto segue: Dos Fatos O Autor teve a sua aposentadoria concedida em 10.05.1996, benefício este cadastrado sob nº 102.894.468-0, conforme comprova a carta de concessão anexa . Ocorre que, o autor posteriormente à concessão do referido benefício, teve decisão favorável em Reclamação Trabalhista proposta contra o seu ex-empregador. Em decorrência da referida ação...

    1736  Palavras | 7  Páginas

  • ATPS CONTABILIDADE INTERMEDI RIA FINAL

    Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) e Balanço Patrimonial (BP). É a relação de Contas extraídas do livro Razão (razonetes) da empresa, ou seja, é o conjunto de todas as contas (patrimoniais e de resultado) dos razonetes com seus respectivos saldos finais. O saldo de cada conta é representado de acordo com sua natureza (devedora ou credora), e não apenas de acordo com o grupo a que pertence. Este demonstrativo poderá ser utilizado para fins gerenciais, com suas informações extraídas dos registros contábeis...

    4179  Palavras | 17  Páginas

  • Beneficios

    BENEFÍCIOS E SERVIÇOS Objetivos Globais de Aprendizagem Após estudar este capítulo, você deverá estar capacitado para: • Definir o conceito de benefícios sociais como remuneração indireta. • Explicar por que as organizações oferecem benefícios aos seus funcionários. • Descrever os tipos de benefícios sociais oferecidos pelas organizações. • Desenhar um plano de benefícios sociais. • Explicar como administrar um plano de benefícios sociais. O Que Veremos Adiante • Conceito de Benefícios...

    9083  Palavras | 37  Páginas

  • Cálculos Previdenciários

    PREVIDENCIÁRIO CÁLCULOS DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS E CÁLCULOS PREVIDENCIÁRIOS NOTAS INTRODUTÓRIAS A concessão dos benefícios previdenciários é calculada com base em institutos como salário de contribuição, salário de benefício e fator previdenciário, que servem como base de cálculo para a apuração da RMI - Renda Mensal Inicial e da RMB – Renda Mensal de Benefício. De modo que para que se encontre o valor que efetivamente o beneficiário receberá mensalmente a título de benefício, ou seja, a...

    5480  Palavras | 22  Páginas

  • A APLICABILIDADE DO FATOR PREVIDENCIÁRIO E SEUS IMPACTOS NOS BENEFÍCIOS DO RGPS

    instituição de seguros de velhice. Na Constituição de 1946 fica estipulada a previdência em favor da velhice. A Lei nº 3.807/60, em seu artigo 30, determinava a aposentadoria por velhice, que seria concedida ao segurado que, após realizar 60 contribuições mensais, obtivesse, no mínimo, 65 anos de idade para homens e 60 anos de idade para mulheres. A Constituição Federal de 1967 passa a empregar a expressão “previdência social” nos casos de velhice, sendo isso estabelecido pela Emenda Constitucional nº 1 de...

    16300  Palavras | 66  Páginas

  • previdência e imposto de renda

    TRABALHO DE MATEMÁTICA PREVIDÊNCIA – IMPOSTO DE RENDA PREVIDÊNCIA – IMPOSTO DE RENDA 1. Tipos de previdência: Previdência Privada: A previdência privada é uma aposentadoria que não está ligada ao sistema do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Ela é complementar à previdência pública. Todo setor de previdência privada é fiscalizado pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), um órgão do governo federal ligado ao Ministério da Fazenda. Também chamada...

    2630  Palavras | 11  Páginas

  • Pet. inicial - Revisão - Cobrança - valores decorrentes de acordo - ACP

    EMENTA: PREVIDENCIÁRIO. REVISÃO DE BENEFÍCIO. APLICAÇÃO DO ARTIGO 29, II, DA LEI N.º 8.213/91. COBRANÇA DOS VALORES ATRASADOS. PEDIDO DE TUTELA ANTECIPADA. PARTE AUTORA, (nacionalidade), (estado civil), (profissão), portador(a) do documento de identidade sob o n.º..., CPF sob o n.º..., residente e domiciliado(a) na rua.., bairro.., cidade.., estado.., CEP..., vem a presença de Vossa Excelência propor a presente AÇÃO JUDICIAL PARA REVISÃO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO contra o INSTITUTO...

    3914  Palavras | 16  Páginas

  • Revisional Benefício Previdenciário 94-97

    Vossa Excelência, propor a presente AÇÃO REVISIONAL DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO em face do INSS - INSTITUTO NACIONAL DA PREVIDENCIA SOCIAL, com Superintendência na cidade de Campinas/SP, com endereço à Rua Barreto leme, 171, pelos motivos de fato e de direito a seguir expostos. I – Dos Fatos: Tem-se que o autor requereu sua Aposentadoria em 01 de dezembro de 1994, utilizando no cálculo da renda mensal inicial o coeficiente de 100%, a contar de sua concessão, conforme...

    1509  Palavras | 7  Páginas

  • Petição de Benefício Assistencial-Portador Deficiència

    mandato incluso, propor a presente AÇÃO DE CONCESSÃO DE BENEFÍCIO ASSISTENCIAL em face do INSTITUTO NACIONAL DA SEGURIDADE SOCIAL-INSS, por seu representante legal em sua gerência, sediado na Av. Francisco Salles, nº177, Centro,Poços de Caldas/MG, Cep:37.701-013, pelas seguintes razões de fato e de direito expostas: DA INTRODUÇÃO AOS FATOS A parte Autora em 15/05/2012 requereu junto a Autarquia Ré Amparo assistencial, sob o benefício de nº 551.405.798-0. Após análise da documentação...

    7238  Palavras | 29  Páginas

  • Inicial - Revisão do Buraco Verde (modelo)

    presença de Vossa Excelência, para expor e requerer: AÇÃO PREVIDENCIÁRIO DE REVISÃO DE BENEFÍCIO C/C COBRANÇA. em face do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), autarquia federal com sede nesta Cidade, na Avenida Marechal M. Moraes, 1737, Bento Ferreira, Vitória – ES, Cep 29.040-570, pelos motivos de fato e de direito a seguir expostos: DA GRATUIDADE DA JUSTIÇA Inicialmente a autora requer o beneficio da gratuidade da Justiça, vez que não possui condições de arcar com as despesas processuais...

    1829  Palavras | 8  Páginas

  • Imposto de renda

    RESUMO O denominado Imposto de Renda e Proventos de qualquer Natureza, aqui sob o enfoque da pessoa física, é tributo de finalidade marcantemente fiscal, constituindo-se no maior arrecadador entre os impostos federais. Nesse sentido, buscou-se realizar um estudo detalhado sobre tal imposto, destacando os tópicos mais discutidos na órbita doutrinária e jurisprudencial. Palavras chave: renda – proventos de qualquer natureza – disponibilidade – montante – generalidade – progressividade – universalidade...

    24575  Palavras | 99  Páginas

  • Petição inicial

    bastante procuradora que ao final subscreve, conforme instrumento procuratório em anexo, propor a presente: AÇÃO ESPECIAL DE REVISÃO DE CÁLCULOS DA RMI (URV) COM PAGAMENTO DAS DIFERENÇAS DEVIDAS em face do Instituto nacional do Seguro Social - INSS, com endereço na Av. Mário Melo, nº 343, Santo Amaro, Recife-PE, pelos fatos e fundamentos a seguir expostos. DOS FATOS E DO DIREITO A Autora é titular do benefício sob o 0 tendo a data inicial do benefício - DIB sido conferida em, conforme...

    859  Palavras | 4  Páginas

  • Cálculo de viabilidade

    Quero dedicar também aos meus familiares, que tanta paciência tiveram durante estes quatro anos, dando apoio e sustentação para que eu mantivesse o foco até o fim desta jornada. AGRADECIMENTOS Ao final de mais uma etapa na busca do conhecimento, muitas lembranças jamais serão esquecidas como os debates com a turma, as observações dos professores, as muitas amizades conquistadas e as experiências adquiridas, são momentos que ficarão para sempre tanto...

    14952  Palavras | 60  Páginas

  • Calculos trabalhistas

    âmbito da Vigésima Primeira Região, decorrentes da salutar divergência de entendimentos entre os magistrados que a compõe, a Corregedoria Regional entendeu ser oportuna a edição deste Manual de Cálculos para servir como baliza na liquidação das sentenças trabalhistas e em outros procedimentos que envolvam cálculos judiciais. Inspirado no manual de liquidação adotado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, o presente manual contém o posicionamento da Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho...

    29577  Palavras | 119  Páginas

  • O fator previdenciário e a fórmula 85-95 como alternativa de cálculo dos benefícios da previdência social no brasil

    O Fator Previdenciário e a Fórmula 85-95 como alternativa de cálculo dos benefícios da Previdência Social no Brasil Autores: Isabel d’ Avila Renault de Oliveira Pedro César Monteiro Nacif Rio de Janeiro 2011 Isabel d’ Avila Renault de Oliveira Pedro César Monteiro Nacif ...

    5157  Palavras | 21  Páginas

  • Apostila de Cálculo Financeiro

    CÁLCULO FINANCEIRO MATERIAL DE APOIO VICTOR BURNS CÁLCULO FINANCEIRO AULA INICIAL................................................................................................................................. 3 UNIDADE 1 - FUNDAMENTOS..................................................................................................... 4 UNIDADE 2 - CAPITALIZAÇÃO SIMPLES E EQUIVALÊNCIA DE TAXAS ........................ 12 UNIDADE 3 – DESCONTO SIMPLES E EQUIVALÊNCIA DE CAPITAIS........

    32346  Palavras | 130  Páginas

  • PPI FINAL

    Serviços, Preços de Vendas e Freqüências Previstas 18 Tabela 07 – Investimento 19 Tabela 08 – Investimento, Capital, Lucro, Taxas 20 Tabela 09 – Previsão de Vendas 21 Tabela 10 – Demonstração de Resultados Mensais 22 Tabela 11 – Resultado Operacional Mensal 23 Tabela 12 – Despesas Fixas Mensais 23 Tabela 13 – Despesas Variáveis 24 Tabela 14 – Impostos 24 Tabela 15 – Cronograma de Treinamento 36 Tabela 16 – Cronograma das atividades do curso 40 Tabela 17 – Orçamento 40 Tabela 18 – Custos Indiretos...

    33597  Palavras | 135  Páginas

  • Processo de concessao do bpc - beneficio de prestacao continuada

    DO BPC BENEFÍCIO DE PRESTACAO CONTINUADA A legislação que compõem o benefício assistencial é formada pelo artigo 203 da Constituição Federal de 1988 que contempla a obrigatoriedade governamental de prestar Assistência Social às pessoas que necessitarem. Pela LOAS – Lei Orgânica de Assistência Social, lei nº. 8.742 de 1993, que complementa o artigo constitucional, define e direciona os objetivos das ações governamentais. Pelo Decreto nº. 1.744 de 1995 que regulamenta e define o benefício de prestação...

    4235  Palavras | 17  Páginas

  • Calculo Financeiro

    Escola Superior de Ciências Empresariais Sebenta Nº 1 de Cálculo Financeiro Aspetos Introdutórios e Regimes de Equivalência Docente: Sónia Patrícia Basto Carvalho soniacarvalho@esce.ipvc.pt Ano Letivo 2014/2015 Índice 1. - Introdução................................................................................................................................. 3 1.1 - Valor Temporal do Dinheiro .................................................................................

    7536  Palavras | 31  Páginas

  • calculos contabeis

     CURSO: HP 12 C MATEMÁTICA FINANCEIRA 1. INTRODUÇÃO A matemática financeira tem como objetivo principal estudar o valor do dinheiro em função do tempo. Este Conceito, aparentemente simples, tem vários detalhes quanto à forma de estudo do valor do dinheiro no tempo. Neste Livro, o leitor terá todas as condições de verificar e aplicar as alternativas para aplicação e captação de recursos financeiros. Alguns conceitos são fundamentais para melhor compreendermos o objetivo...

    17406  Palavras | 70  Páginas

  • TCC FINAL Prof

    1.1 Razão Social 14 2.1.2 Atividades e Atuação 14 2.1.3 Cliente Principal e Secundário 14 2.2 Localização 15 2.2.1 Região de Atendimento 15 2.2.2 Fundação e História 15 2.2.3 Logo da Empresa 16 2.2.4 Slogan 17 2.2.5 Missão 18 2.2.6 Visão 18 2.2.7 Valores 18 2.2.8 Objetivo 19 2.2.9 Ramo de Atividade 19 2.2.10 Qualidade 20 2.2.11 Investimentos 20 2.2.12 Regime Tributário 20 2.2.13 Descrição Jurídica 21 2.2.14 Atividades Departamentais 21 2.2.15 Recursos 23 2.2.16 Diagnóstico 23 2.2.17 Inserção no Mercado...

    23807  Palavras | 96  Páginas

  • Seminário VII: IMPOSTO SOBRE A RENDA PESSOA JURÍDICA

    Estudos Tributários Módulo: Exigibilidade do Crédito Tributário Seminário VII: IMPOSTO SOBRE A RENDA PESSOA JURÍDICA Data: 28.05.2014 Questão 1: Pode se depreender o conceito de renda diretamente da Constituição Federal? Caso isso não seja possível, poderia então a lei complementar fixar um conceito livre de renda ou atribuir ao legislador ordinário a sua fixação? Resposta: O conceito de renda não está previsto expressamente na CF/88, porém a Carta Magna apresenta os principais parâmetros...

    9439  Palavras | 38  Páginas

  • C Lculo De Imposto De Renda E INSS No Sal Rio 2014

    Calculadoras ›› (http://www.profcardy.com/calculadoras) Imposto de Renda Retido na Fonte Descrição Referência Vencimentos Descontos A Recebimentos 1 B Dependentes 02 359,42 C INSS 11% 275,00 D IRRF 7.5% 5,84 E Plano de Saúde   CANAL DE EMPREGOS (http://parceiros.catho.com.br/afiliados/? perfil=1&id=14116) 2.500,00   0,00 SUBTOTAL 2.500,00 280,84 2.219,16 Salário Líquido Bruto base para INSS base para IRRF base para FGTS FGTS 2.500,00 2.500,00 1.865,58 2.500,00 200...

    1227  Palavras | 5  Páginas

  • Capacidade contributiva no imposto de renda

    FACULDADE PITÁGORAS - CAMPUS FADOM CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO CAPACIDADE CONTRIBUTIVA NO IMPOSTO DE RENDA DIVINÓPOLIS 2008 FACULDADE PITÁGORAS - CAMPUS FADOM CURSO DE BACHARELADO EM DIREITO CAPACIDADE CONTRIBUTIVA NO IMPOSTO DE RENDA Monografia elaborada por Fernando Luis Ney de Sousa Silva, RA 00010197, entregue na Faculdade Pitágoras Campus Fadom como requisito parcial de conclusão do Curso...

    15963  Palavras | 64  Páginas

  • A inclusão do icms na base de cálculo da cofins

    um estudo de caso prático, buscou-se verificar e analisar o impacto que as leis 10.637/02 e 10.833/03 trouxeram ao desembolso tributário e Margem de Contribuição de um produto fabricado em uma Indústria Plástica. Para tanto, foram desenvolvidos cálculos demonstrativos, baseados em dados reais de projeção de vendas, para o desembolso tributário e margem de contribuição do produto nos regimes de incidência cumulativa e não – cumulativa do PIS e COFINS, sendo estes, alvos de posterior comparação...

    16723  Palavras | 67  Páginas

  • Livro Imposto de Renda

    IMPOSTO DE RENDA, Contribuições Administradas pela Secretaria da Receita Federal e Sistema SIMPLES (incluindo procedimentos fiscais e contábeis para encerramento do ano-calendário de 2011) Atualizado até o dia 14 de dezembro de 2011 CFC - CRCMG - CRCpr - CRCSC - CRCSP CRCRJ - CRCRS 2012 Autor: João Roberto Domingues Pinto 20ª edição – revista, atualizada e ampliada Editoria/Coordenação da edição: CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE SAS Quadra 05 Bloco J Edifício CFC - Brasília...

    370457  Palavras | 1482  Páginas

  • ATPS atuariais RELATORIO FINAL

    Juros Simples: No sistema de capitalização simples, os juros são incididos apenas no capital inicial. Por exemplo, tanto faz se no primeiro mês ou no décimo mês os juros serão sobre o mesmo capital do inicio. Juros Compostos: Diferentemente do sistema de capitalização simples, neste os juros incidem no capital do período anterior. Exemplo, no primeiro mês os juros serão cobrados sobre o capital inicial, porém nos meses seguintes serão sobre o último capital, no terceiro os juros serão sobre o segundo...

    7622  Palavras | 31  Páginas

  • Exercicios resolvidos de calculo financeiro

    DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO CÁLCULO FINANCEIRO E CONTABILIDADE ANO LECTIVO : 2005/2006 DOCENTE RESPONSÁVEL : ROLANDO RODRIGUES 1 CURSO DE ENGENHARIA INFORMATICA ANO : 2º. , 1º. SEMESTRE /2º. SEMESTRE Instituto Superior de Engenharia do Porto SECÇÃO DE ORGANIZAÇÃO E GESTÃO SUMÁRIO i) ii) iii) iv) v) vi) vii) viii) Objectivos e metodologias Programa Geral Bibliografia recomendada Planificação das aulas Apontamentos de Cálculo Financeiro Exercícios de Cálculo Financeiro Apontamentos de...

    72734  Palavras | 291  Páginas

  • Benefício de Prestação Continuada

    UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ ANDRÉA O BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA – BPC. RIO DE JANEIRO 2014 O BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA – BPC. RIO DE JANEIRO 2014 SUMÁRIO INTRODUÇÃO: CAPÍTULO I: O BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA NO MARCO LEGAL INSTITUÍDO PELA LEI ORGÂNICA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL 1.1 As particularidades históricas...

    11681  Palavras | 47  Páginas

  • ATPS CUSTOS FINAL

    ................10 5. PONTO DE EQUILÍBRIO.........................................................................................12 6. ESTUDO DE VIABILIDADE FINANCEIRA...........................................................15 7. CONSIDERAÇÕES FINAIS ...........................................................................................17 REFERÊNCIAS ....................................................................................................................18 1. INTRODUÇÃO...

    2901  Palavras | 12  Páginas

  • rendas

    Índice Introdução O presente trabalho pretende ser um manual completo e de fácil consulta para todos os estudantes ou interessados na temática do Cálculo das Rendas. Na abordagem que fazemos a esta temática procuramos sempre, e para maior facilidade de compreensão de quem utilize este manual, conjugar a componente teórica com os desenvolvimentos práticos mais simplificados. Conscientes da vasta bibliografia que...

    12253  Palavras | 50  Páginas

  • Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas

    4ª SEMANA DA CONTABILIDADE IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS JURICAS UNIVAS 2008 IMPOSTO DE RENDA O Imposto de Renda é um tributo direto de competência da União. De acordo com o Código Tributário Nacional, em seu art. 43, o fundamento — ou hipótese — da incidência do Imposto sobre a Renda e a aquisição da disponibilidade econômica ou jurídica de renda (produto do capital, do trabalho ou da combinação de ambos) e de proventos de qualquer natureza (acréscimos patrimoniais). Por disponibilidade...

    8313  Palavras | 34  Páginas

  • Celeiro Brasil Final Capa Dura

    acessíveis e também uma crescente demanda desse mercado. A empresa estará localizada em São José dos Pinhais, devido à facilidade na logística da distribuição entre outros fatores apresentados ao longo do projeto. Para a venda dos produtos ao consumidor final, serão utilizados intermediários, sendo estes pequenos e médios mercados de bairros localizados em Curitiba e Região Metropolitana. Todo o processo de fabricação dos produtos da Celeiro Brasil serão submetidos a um rígido controle de qualidade e os...

    32609  Palavras | 131  Páginas

  • Direito previdenciário: irredutibilidade e preservação do valor real dos benefícios, ante o caráter alimentício.

    1 INTRODUÇÃO Com a implantação do Plano de Benefícios da Previdência Social, pela Lei 8.213/91, observa-se, um verdadeiro apartamento, dos reajustes dos benefícios previdenciários provocando inúmeras perdas do poder aquisitivo dos benefícios, cujo valor real em relação ao número de salários mínimos foi, paulatinamente, sendo reduzido. Observa-se a olhos vistos, a perda do valor real com defasagem dos benefícios, após dezembro de 1991, quando até então lhes era assegurados o...

    8070  Palavras | 33  Páginas

  • Beneficio Bolsa família

    precioso de Deus, fonte de toda a minha inspiração, obrigado por existir em minha vida! RESUMO A Política de Assistência Social se expande na atualidade via Programas de Transferência de Renda (PTR), que passam a figurar o eixo central da Política de Proteção Social brasileira, a exemplo do Beneficio de Prestação Continuada (BPC) e do Programa Bolsa Família (PBF). Este último objetiva combater a fome, a pobreza e as desigualdades atendendo a famílias pobres e extremamente pobres. Na maioria...

    52738  Palavras | 211  Páginas

  • Trabalho De Empreendedorismo FINAL EXEMPLO

    e Estatística PIS Programa de Integração Social COFINS Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social CSLL Contribuição Social sobre o Lucro Líquido IRPJ Imposto de Renda sobre Pessoa Jurídica CPP Contribuição Previdenciária Patronal FGTS Fundo de Garantia do Tempo de Serviço IRRF Imposto de Renda Retido na Fonte INSS Instituto Nacional do Seguro Social FOFA Forças, Oportunidades, Fraquezas, Ameaças SWOT Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats PESTEL Político, Econômico...

    28162  Palavras | 113  Páginas

  • TCC Airton Perussatto FINAL

    além do apoio incondicional, me auxiliou na correção e organização deste trabalho. Aos meus colegas acadêmicos, hoje amigos, que durante toda essa jornada estiveram ao meu lado, principalmente nos momentos em que mais necessitei, mostrando o real valor de uma amizade. Agradeço também aos professores e amigos que contribuíram para minha formação acadêmica e humana, em especial ao meu orientador, professor Cristiano Henrique Antonelli da Veiga, pelo apoio neste momento tão importante de conclusão de...

    15910  Palavras | 64  Páginas

  • Formas De Tributa O Das Empresas Final

    definir a incidência e a base de cálculo dos impostos federais. No Brasil são três os tipos de regimes tributários mais utilizados nas empresas, nos quais estas podem se enquadrar de acordo com as atividades desenvolvidas. Convém ressaltar que cada regime tributário possui uma legislação própria que define todos os procedimentos a serem seguidos pela empresa a fim de definir um enquadramento mais adequado. Existem atualmente no Brasil, três formas de se apurar o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ)...

    7257  Palavras | 30  Páginas

  • OS DIVERSOS BENF CIOS PREVIDENCI RIOS Final

     Rodolfo Henrique Santini Cardoso OS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS E A IMPORTÂNCIA DA PUNIBILIDADE DOS CRIMES CONTRA O SISTEMA CORNÉLIO PROCÓPIO - PR 2014 Rodolfo Henrique Santini Cardoso OS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS E A IMPORTÂNCIA DA PUNIBILIDADE DOS CRIMES CONTRA O SISTEMA Arigo, apresentado ao Curso de Pós-Graduação em Direito Previdênciario e Direito do consumidor, da Faculdade de Ensino Superior Dom Bosco de Cornélio Procópio –PR, como requisito para a obtenção...

    7298  Palavras | 30  Páginas

  • Revisão de benefício

    REVISÃO DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO, contra o INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL – INSS, entidade, com sede em, face aos seguintes fatos e fundamentos: A parte autora foi beneficiária dos auxílios-doenças abaixo citados, junto a autarquia ré. Tipo de benefícios | Número do benefício | DIB | | | | | | | | | | Contudo, os benefícios foram equivocadamente calculados pelo INSS, gerando redução dos valores pagos à parte autora, senão vejamos: Ao efetuar o cálculo do salário-de-benefício...

    1833  Palavras | 8  Páginas

  • Beneficios fiscais para empresar pequenas

    Universidade Federal de Santa Catarina Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção Hemerson Ferreira dos Santos BENEFÍCIOS FISCAIS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE: UM ESTUDO DE CASO DE UMA EMPRESA EM APARECIDA DE GOIÂNIA-GOIÁS Florianópolis 2003 HEMERSON FERREIRA DOS SANTOS BENEFÍCIOS FISCAIS EM EMPRESAS DE PEQUENO PORTE: UM ESTUDO DE CASO DE UMA EMPRESA EM APARECIDA DE GOIÂNIA-GOIÁS Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação em Engenharia de Produção da Universidade...

    36934  Palavras | 148  Páginas

  • Lei orgânica da assistência social: benefício assistencial, direito do cidadão e dever do estado

    LEI ORGÂNICA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL: BENEFÍCIO ASSISTENCIAL, DIREITO DO CIDADÃO E DEVER DO ESTADO. Ligia Maria do Nascimento Maciel 1 Luciana Simone da Silva Martins 2 RESUMO: Diante da pobreza e das desigualdades sociais ainda existentes no Brasil, considera-se importante a Lei n.º 8742, de 07 de dezembro de 1993 a Lei Orgânica da Assistência Social, que tem como objetivo garantir as necessidades básicas e os direitos dos cidadãos, visando o enfrentamento da pobreza...

    7167  Palavras | 29  Páginas

  • VALORES DOS BENEFÍCIOS DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

    artigo: AIELLO, Maria Lucia. Cálculos previdenciários. Disponível em http://www.lfg.com.br. 23 de novembro de 2008. INTRODUÇÃO Os valores dos benefícios do regime geral de previdência social, em regra, são obtidos por meio de algumas operações matemáticas. Esses cálculos previdenciários possuem como elementos básicos o salário-de-contribuição, o salário-de-benefício e a renda mensal inicial. Convém ressaltar que alguns benefícios previdenciários não são calculados com base nesses elementos, como, por...

    2982  Palavras | 12  Páginas

  • Imposto de renda nas empresas do pólo industrial de manaus

    MARTHA FALCÃO IMPOSTO DE RENDA NAS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS MANAUS 2008 YOLAINE MARQUES MOURÃO IMPOSTO DE RENDA NAS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS Artigo como parte da avaliação final do curso de Gestão e Planejamento Tributário, orientada pelo Prof. MSc. Armínio Adolpho Pontes de Sousa. MANAUS 2008 IMPOSTO DE RENDA NAS EMPRESAS DO PÓLO INDUSTRIAL DE MANAUS Yolaine...

    5758  Palavras | 24  Páginas

  • Inicial trabalhista

    de V.Exa., para o fim de propor a presente Ação Trabalhista no RITO * em face de (Reclamada), inscrito no C.N.P.J. sob nº **.***.***./0001-**, estabelecido à Rua ***, nº *, (complemento), (bairro), CEP: *, nesta Capital, e que passa a ser, nesta inicial, designada Reclamada, pelos motivos de fato e de direito a seguir mencionados. DA COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA Tendo-se em conta o quanto exposto no art. 625-D da CLT, nos termos da Lei nº 9.958/2000, é a presente para informar que as partes...

    30570  Palavras | 123  Páginas

  • ATPS CONTABILIDADE TRIBUT RIA FINAL RodrigoWin8

    Lucro Presumido e Simples Nacional 7 Alíquotas e Tabelas 8 AS ESPÉCIES TRIBUTÁRIAS: IMPOSTOS, TAXAS E CONTRIBUIÇÕES 18 PRINCIPAIS OBRIGAÇÕES DAS EMPRESAS OPTANTES PELO SIMPLES NACIONAL 22 CÁLCULO DE DADOS FICTÍCIOS PARA EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES 27 QUADRO COMPARATIVO LUCRO PRESUMIDO/LUCRO REAL 28 ANÁLISE COM BASE NA APURAÇÃO DOS DADOS FICTÍCIOS 29 PRINCIPAIS ASPECTOS DO CPC 32 29 CONCLUSÃO 31 REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS 32 INTRODUÇÃO Com a evolução econômica, houve o aumento da competitividade...

    6984  Palavras | 28  Páginas

  • Ação de concessão de benefício assistencial – LOAS

    EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) FEDERAL DA VARA DO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL PREVIDENCIÁRIO DA COMARCA DE xxxxxx/xx. PEDIDO DE JUSTIÇA GRATUITA Ação de concessão de benefício assistencial – LOAS Declarada pelo STF a inconstitucionalidade do parágrafo 3º do artigo 20 da Lei Orgânica da Assistência Social (Lei 8.742/1993) XXXXXXXXXXXXXXXXXX, brasileira, portador da Cédula de Identidade nº XXXXXX ITEP/RN, inscrita no CPF sob o nº XXX.XXX.XXX-XX, residente...

    5913  Palavras | 24  Páginas

  • Inicial trabalhista insalubridade, horas extras, equiparação

    processuais, vem, perante Vossa Excelência, propor a presente  RECLAMAÇÃO TRABALHISTA, pelo rito ordinário,   em face de Loco 80, aduzindo os fundamentos fático-jurídicos a seguir expostos: 1. REQUERIMENTOS PRELIMINARES Inicialmente requer os benefícios da gratuidade de justiça, consoante dispõe o § 3º do art. 790 da CLT, haja vista não poder demandar contra sua ex-empregadora sem prejuízo do sustento próprio e da sua família, estando há meses sem receber qualquer remuneração, fazendo tal declaração...

    7201  Palavras | 29  Páginas

  • aula 4 ava

    1 Notas: 1 Para receber um benefício previdenciário, o segurado ou dependente deverá adquirir o direito mediante a satisfação de pressupostos estabelecidos na legislação. Esses pressupostos podem compreender: Escolher uma resposta. a. Um evento como a morte na pensão por morte ou um período como a doença no auxílio-doença. b. Apenas um evento como a velhice, a morte, o acidente de trabalho ou o tempo de contribuição. c. Um período como a perda da qualidade de segurado ou um evento como a...

    962  Palavras | 4  Páginas

  • REVISÃO DE BENEFÍCIO

    AÇÃO ORDINÁRIA REVISIONAL DE BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO Em face de INSTITUTO NACIONAL DE SEGURO SOCIAL, Autarquia Federal, com Superintendência neste Estado, na comarca de Santos, o que faz com fundamentação no artigo 31 da Lei nº 8.213/91, Lei nº 8.542/92 e Lei nº 8.880/94, bem como, na Constituição Federal/88, pelos fatos e fundamentos que passa a expor: I – DOS FATOS: O autor é titular do beneficio previdenciário de APOSENTADORIA POR TEMPO DE CONTRIBUICAO concedido...

    2436  Palavras | 10  Páginas

  • OS BENEFÍCIOS DO SIMPLES NACIONAL PARA AS MICROEMPRESAS E ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE

    ANHANGUERA-UNIDERP REDE DE ENSINO LUIZ FLÁVIO GOMES OS BENEFÍCIOS DO SIMPLES NACIONAL PARA AS MICROEMPRESAS E ÀS EMPRESAS DE PEQUENO PORTE ROSANA APARECIDA DE SOUZA NAVIRAÍ/MS 2012 RESUMO O Simples Nacional, a nova Reforma Tributaria tem por finalidade esclarecer o regime de Tributação pelo Simples Nacional, que não é um tributo, trata-se, portanto, de uma opção tributaria, uma forma simplificada de recolher impostos e contribuições...

    6339  Palavras | 26  Páginas

  • Investigando o imposto de renda

    MOURÃO 2011 O IMPOSTO DE RENDA, o inicio dos tributos, da legalidade, da anterioridade, da igualdade, da capacidade contributiva, da vedação de confisco, da obrigatoriedade dos recolhimentos, qual o objetivo dos recolhimentos e sua da base de calculo que é a grandeza econômica sobre a qual se aplica a alíquota para calcular a quantia paga, que do IR é o montante, real, arbitrado ou presumido da renda ou dos proventos tributáveis, quais as alíquotas de cálculos, as codificações da receita Orçamentária...

    6726  Palavras | 27  Páginas

tracking img