• Microeconomia
    Questão 1 Qual o papel dos preços relativos na analise microeconômica? Os preços relativos têm papel fundamental, pois a escolha dos agentes econômicos é baseada nas diferenças de preços dos bens (os preços relativos entre os diferentes bens e serviços) e não nos preços absolutos. Sendo aos preços...
    1163 Palavras 5 Páginas
  • Resposta das questões 4 e 5 do livro fund da econ
    agentes econômicos é baseada nas diferenças de preços dos bens (os preços relativos entre os diferentes bens e serviços) e não nos preços absolutos. 2. O estabelecimento comercial pode ser conceituado sob duas óticas: a econômica e a jurídica. Explique cada uma delas. Do ponto de vista econômico, empresa...
    764 Palavras 4 Páginas
  • Perguntas do trabalho de economia
    PERGUNTAS DO TRABALHO DE ECONOMIA 1 – Escassez significa o mesmo que pobreza? Justifique sua resposta. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? 3 – Defina Economia. 4 – O que é um Bem? 5 – O que se entende por mercado? 6 – Quais são os recursos produtivos e qual a remuneração...
    1052 Palavras 5 Páginas
  • veterinária
    1. Qual o papel dos preços relativos na análise microeconômica? 2. No raciocínio econômico, qual a importância da hipótese do coeteris paribus? 3. Qual o principal campo de atuação da teoria microeconômica? 4. Como se divide o estudo microeconômico? 5. Conceitue a função demanda. Que diferenças há...
    710 Palavras 3 Páginas
  • Economia
    recursos da sociedade, enquanto probreza é a conseqüência da distribuição desigual, desses recursos pela falta de disponibilidade de adquiri-los. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? Porque estuda a administração de recurso escassos para atender a necessidade humana. 3 – Defina...
    1606 Palavras 7 Páginas
  • Microeconomia
    preços relativos nada mais é que estudar a relação entre o preço de vários bens. 2) No raciocínio econômico, qual a importância da hipótese do coeteris paribus? R: No raciocínio econômico a hipótese coeteris paribus é importante para verificarmos o efeito de variáveis isoladas, independentemente...
    531 Palavras 3 Páginas
  • Trabalho de economia
    onde os factores decisivos para o aumento da produção são a divisão do trabalho, e os trabalhadores deveriam especializar-se em determinas tarefas. 2°) Quem foi o mais destacado dos economistas clássicos? quais suas principais idéias? R: Adam Smith... Principais Idéias: Trabalho humano como principal...
    2052 Palavras 9 Páginas
  • Comunicação na organizaçao
    DO TRABALHO DE ECONOMIA 1 – Escassez significa o mesmo que pobreza? Justifique sua resposta. R: Não, escassez é a falta de um bem ou serviço. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? R: Por que a economia estuda o comportamento das pessoas e organizações sobre como elas produzem...
    1655 Palavras 7 Páginas
  • Questões sobre economia
    significa a falta do produto existe mais demanda do que oferta. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? Porque a economia, como outras ciências, possui uma metodologia própria em que é possível prever hipóteses, experimentá-las, e a partir daí tirar conclusões sobre fatos e fenômenos...
    2257 Palavras 10 Páginas
  • Portugues
    PERGUNTAS DO TRABALHO DE ECONOMIA 1 – Escassez significa o mesmo que pobreza? Justifique sua resposta. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? 3 – Defina Economia. 4 – O que é um Bem? 5 – O que se entende por mercado? 6 – Quais são os recursos produtivos e qual a remuneração...
    1237 Palavras 5 Páginas
  • Microeconomia
    preços de bens semelhantes ou que tenham a mesma utilidade. 2. No raciocínio econômico, qual a importância da hipótese de coeteris paribus? R.: Para analisar um mercado específico, a microeconomia se vale da hipótese de que todas as outras variáveis permaneçam constantes, com isso...
    1087 Palavras 5 Páginas
  • Teoria econômica
    Como se originam os problemas econômicos fundamentais – o que? Como? e para quem produzir? Origina da escassez dos recursos produtivos, limitados e finitos. A “lei da escassez” estabelece que a limitação de recursos obriga a escolha entre bens relativamente escassos. 2. Quais as principais diferenças...
    990 Palavras 4 Páginas
  • Lista de exercícios de economia
    de margarina, e cai a demanda de manteiga, sem que o preço absoluto da manteiga tenha se alterado. 2. No raciocínio econômico, qual a importância da hipótese do coeteris paribus? Coeteris paribus e uma expressão em latim que significa tudo o mais constante. A análise microeconômica básica, para...
    981 Palavras 4 Páginas
  • Economia
    sua resposta Resposta: Não, pois escassez é a falta de um recurso ou produto no mercado, e pobreza é aquela que se refere a quem não detém renda. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? Porque estuda as "regras da casa" (oikos nomos) do comportamento humano na organização da sociedade...
    1586 Palavras 7 Páginas
  • Economia
    falta de disponibilidade de adquiri-los. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? Porque estuda a administração de recursos escassos para atender a necessidade humana 3 – O que se entende por mercado? O mercado num sistema econômico, é formado pelas pessoas que querem comprar...
    1277 Palavras 6 Páginas
  • Economia
    pobreza? Justifique sua resposta. R: Não. Escassez é a falta de oferta de um produto no mundo e a pobreza é a falta de recursos para adquiri-lo. 2 - Por que a economia é considerada uma ciência social? R: Porque ela estuda a organização e o funcionamento das sociedades, ela ocupa o comportamento...
    1450 Palavras 6 Páginas
  • Microeconomia
    Sua importância se dá no intuito de verificar como uma variação dos preços dos bens tende a afetar o consumo “dos mesmos” pelas famílias ou, com esta variação, o quanto de um bem a família deixa de consumir para consumir de outro bem. 2_ No raciocínio econômico, qual a importância da hipótese do coeteris...
    1686 Palavras 7 Páginas
  • Trabalhos
    aumentou, quando comparado com o do guaraná. 2 - O estabelecimento comercial pode ser conceituado sob duas óticas: a econômica e a jurídica. Explique cada uma delas. R: Para a Economia, empresa ou...
    886 Palavras 4 Páginas
  • introducao a economia
    também aqueles decorrentes das oportunidades sacrificadas, ou seja, dos custos de oportunidade ou implícitos. Os custos de produção, do ponto de vista econômico, não são apenas os gastos ou desembolsos financeiros incorridos pela empresa (custos explícitos), mas incluem também quanto as empresas gastariam...
    2293 Palavras 10 Páginas
  • Macroeconomia
    oportunidades sacrificadas, ou seja, dos custos de oportunidade ou implícitos. Como detalharemos mais tarde, os custos de produção do ponto de vista econômico não são apenas os gastos ou desembolsos financeiros incorridos pela empresa (custos explícitos), mas incluem também quanto as empresas gastariam se...
    2109 Palavras 9 Páginas