• Questionário Filosofia
    (hipóteses) destinadas à compreensão do fenômeno estudado - Comprovação da hipótese formulada mediante experimentações repetidas em novas circunstancia. 7 - Que regras propõe Descartes para dirigir o espírito na busca pela verdade? Explique-as. R: Para Descartes a regra é a da liberdade plena do...
    597 Palavras 3 Páginas
  • Estudante
    espírito na busca da verdade? Explique-as. Resposta= Descartes propõe que estejamos em liberdade plena de espírito, pois só a liberdade dá a condição ideal para buscar e entender a verdade livre de amarras do pensamento sejam elas relacionadas à cultura, à fé ou ao senso comum. Enfim se quisermos...
    1852 Palavras 8 Páginas
  • FILOSOFIA MODERNA: nova ciência e racionalismo
    por Descartes em um sentido bastante amplo, abrangendo tudo o que afirmamos, negamos, sentimos, imaginamos, cremos e sonhamos. Assim o ser humano era, para ele, uma substância essencialmente pensante. 10. Que regras propõe Descartes para dirigir os espirito na busca da verdade? Explique-as...
    1496 Palavras 6 Páginas
  • Provas de Concurso Professor de Filosofia - IFSC - 2013
    explicação dada por seu antigo mestre. Para o Filósofo, são as próprias coisas que contém um núcleo fundamental sempre idêntico a si mesmo, a essência. 19) "O resultado natural de qualquer investigação é que aquele que investiga ou bem encontra aquilo que busca, ou bem nega que seja encontrável e...
    5391 Palavras 22 Páginas
  • descartes
    dúvida assume um aspecto excessivo, hiperbólico. Por mais frágil que seja a razão que encontramos para duvidar de um conhecimento, isso basta para o rejeitar. 4 Níveis de aplicação da dúvida metódica Para dirigir bem o seu espírito na procura da verdade, Descartes inventou um método...
    1791 Palavras 8 Páginas
  • Racionalismo
    (empiristas). Outros, como Descartes (racionalistas), confiam mais no poder da razão para descobrir verdades importantes. O que é o Racionalismo? Considera que o único instrumento adequado ao conhecimento verdadeiro é a razão: é ela que fornece as ideias normativas (que seguem aquilo que é regra) e...
    1634 Palavras 7 Páginas
  • A EPISTÉME PASCALIANA
    proposições de fato, apenas aos sentidos caberá o juízo. Contrariando Descartes, que propõe a busca de um método universal, Pascal fala em métodos: um específico para cada problema, gerando-se tantos métodos quanto a quantidade de problemas a serem solucionados. Pascal demonstra aversão a...
    4036 Palavras 17 Páginas
  • analise do texto tempo lógico e tempo histórico na interpretação de sistemas filosoficos
    verdade, teoria e ciência perdem sua validade absoluta. A história, enquanto ciência empírica do espírito, nada pode decidir por si mesma, sobre a distinção entre religião, filosofia, arte , etc. como configurações culturais, ou formas contingentes de manifestação, e sua idéia ou essência, em...
    10177 Palavras 41 Páginas
  • Metodologia científica
    tradicional é vista pelo filósofo com maus olhos, pois percebe que seus discursos são apenas prováveis. Na busca por um conhecimento sólido, propõe um Método baseado na Razão, um conjunto de regras para guiar quem quer que procurasse a verdade e que fosse capaz de encontrar novos alicerces para o...
    2753 Palavras 12 Páginas
  • Paul Ricoeur
    . Com esse instrumental teórico, ele pretende dar sustentação às “ciências do espírito”. Este é o enorme desafio a que se propõe. E, como se pode reconhecer nos comentários da filósofa Maria Nazaré de C. P. Amaral a respeito do conceito de vivência, no artigo supra-referido, este filósofo consegue...
    21898 Palavras 88 Páginas
  • Descartes
    , Sabemos que, esse conhecimento é inteiramente dominado pela inteligência e baseado na ordem e na medida, o que lhe permite estabelecer cadeias de razões, para deduzir uma coisa de outra. Descartes parte em busca de uma verdade primeira que não possa ser posta em dúvida. Começa duvidando de tudo: do...
    3189 Palavras 13 Páginas
  • A PROBLEMÁTICA EPISTEMOLÓGICA DO DISCURSO CRÍTICO NO DIREITO
    que possibilitaria o acesso à realidade e conseqüentemente a verdade das coisas. Um dos grandes filósofos que contribuiu para a demarcação da era moderna e que muito se destacou em virtude de sua importância para o desenvolvimento de uma metodologia científica foi Descartes, com o desenvolvimento...
    4702 Palavras 19 Páginas
  • Documentos fabio
    Descartes escreve Discurso do método – para bem conduzir a própria razão procurar a verdade nas ciências e Regras para a direção do espírito, para guiar o pensamento em direção aos conhecimentos verdadeiros e distingui-los dos falsos. Sobre o método, diz ele, na regra IV das Regras...
    9145 Palavras 37 Páginas
  • Fichamento curso de filosofia
    sem fadiga e esforços inúteis, aumentando progressivamente sua ciência, ao conhecimento verdadeiro de tudo | | |o que podem atingir.”(regras para a direção do espírito , 4 ). Descarte tinha o método universal inspirado na matemática e no encadeamento racional, chegou a elaborar quatro...
    7894 Palavras 32 Páginas
  • Filosofia
    humano. O conhecimento humano deve dirigir-se na busca de relações invariáveis que os fenômenos naturais proporcionam suas leis. O modelo é o das ciências naturais, física, química, biologia. Não interessa para o espírito humano ficar especulando , questionando como é possível essa lei...
    8204 Palavras 33 Páginas
  • DISCURSO DO MÉTODO
    imaginação; e esteve-se de tal forma sujeito, na segunda, a certas regras e certas cifras, que se fez dela uma arte confusa e obscura que embaraça o espírito, em lugar de uma ciência que o cultiva. Por esta causa, 19. Houve, portanto, um intervalo entre as reflexões de novembro de 1619 e a elaboração...
    28293 Palavras 114 Páginas
  • Resumo para prova específica do vestibular da ufpr 2011
    verdade é não procedermos de forma metódica.No Discurso do Método, Descartes parte da certeza inicial do sujeito pensante, nela descobre Deus como idéia inata, dai conclui a impossibilidade do erro absoluto e propõe como forma de superação a adoção das regras metodológicas Temos assim o saber fundado...
    16227 Palavras 65 Páginas
  • ciência e conhecimento
    desenvolver, tamanha sua abrangência. Na verdade, nesta unidade, nosso objetivo é passar ligeiramente a vista sobre o tema, sugerindo ao longo das atividades obras que possam ajudá-lo(a) a se aprofundar nesse fascinante e inesgotável mundo de mistérios e descobertas (veja Nota da editora). Nota da...
    3530 Palavras 15 Páginas
  • Georges Canguilhem - O que é a Psicologia
    procurará determinar constantes quantitativas da sensação e das relações entre estas constantes. René Descartes (1591-1650)19 e Nicolas Malebranche (1638-1715) 20 são aqui os chefes. Em Regras para a direção do espírito (XII), Descartes propõe a redução das diferenças qualitativas entre dados...
    11912 Palavras 48 Páginas
  • Fichamento Discurso do Método
    -los. Colocando em prática tudo o que foi citado, procurando descobrir a falsidade ou incerteza no que examinava, percebeu que em tudo tirava alguma conclusão, nem que fosse a de que naquilo não continha nada de certo. Como desejava ocupar-se apenas da busca pela verdade, Descartes decidiu por...
    2050 Palavras 9 Páginas