1 Quais Eram As Características Da Educação No Brasil No Período Monárquico Do Século 19 artigos e trabalhos de pesquisa

  • Claretiano - políticas de educação básica: cai unidade 1

    Atividade CAI - Unidade 1 O estudo da Unidade 1 permite-nos construir um panorama histórico das medidas políticas para a educação, bem como compreender sua trajetória até os dias atuais. Assim, conhecer o processo de formação do contexto educacional em que vivemos atualmente é fundamental para entendermos muitas características que a educação brasileira possui hoje. Considerando este contexto, releia atentamente o conteúdo da Unidade 1 no Caderno de Referência de Conteúdo, responda as questões...

    644  Palavras | 3  Páginas

  • Politicas da educação básica

    Politicas da Educação Básica. Unidade 1. 1) Quais eram as características da educação no Brasil no período monárquico do século 19? 1 – A educação no Brasil durante a Monárquia foi muito negligenciada e deixou marcas profundas no desenvolvimento da população brasileira, principalmente por gerar altos índices de analfabetismo. Sem um sistema educacional consistente e muito menos que abrangesse todo o país. O ensino foi centralizado em determinadas regiões, com poucas escolas, uma educação excludente...

    665  Palavras | 3  Páginas

  • politica da educação

    Podemos dizer que no período monárquico no Brasil não houve por parte do Poder Público no século 19 iniciativas de priorizar a educação escolar, educação básica. Continuaram-se iniciativas por Dom João VI quando da permanência da Família Real dos anos 1808 a 1821, que deu mais prioridade para aparelhar a máquina burocrática que se viu impelido de criar escolas de ensino superior em algumas localidades da então colônia. Então dos anos de 1822 (independência) até a proclamação da república...

    1529  Palavras | 7  Páginas

  • Regime republicano no brasil

    Regime Republicano no Brasil Tema: Rupturas e Permanências Sub-tema: Saúde e Educação Integrantes do Grupo: Antônio Chiconatto Jucielle Oliveira Maria Júlia Matheus Alexander Johnny Rocha Regime Republicano | Permanências e Rupturas: Educação e Saúde | Antônio Chiconatto RochaMatheus AlexanderJohnny RochaJucielle OliveiraMaria Júlia | Índice Página Introdução 1 Saúde ...

    1902  Palavras | 8  Páginas

  • História da Educação Brasileira

    Integração, V. 1, 2008. Uma visão geral sobre a educação brasileira Sebastião Fontineli França Mestre em Geografia, pela Universidade de Brasília. Diretor de Ensino de Pós-Graduação da UPIS Introdução Com a chegada dos portugueses ao território brasileiro, a população autóctone começou a sofrer forte influência nas relações sociais principalmente no que diz respeito ao modo de vida e à educação, que eram completamente diferentes do que se via no outro lado do Atlântico. Até porque a única...

    8595  Palavras | 35  Páginas

  • Fundamentos da educação

    Históricos da Educação no Brasil 5 1. Objetivos • Conhecer um pequeno panorama histórico da educação no Brasil desde a fase colonial até o período contemporâneo da República. • Compreender os comentários sobre a herança legada pelos jesuítas e pela Igreja Católica no desenvolvimento da educação formal no Brasil. • Investigar o “sentido da educação no Brasil”, levando em conta a relação entre Estado, educação e sociedade. 2. Conteúdos • • • • Educação jesuítica. Ensino...

    9782  Palavras | 40  Páginas

  • historia do brasil

    HISTÓRIA DO BRASIL III CURSOS DE GRADUAÇÃO – EAD História do Brasil III – Prof. Ms. Rubens Arantes Corrêa Meu nome é Rubens Arantes Corrêa. Sou doutorando em História pela Universidade Estadual Paulista – campus de Franca, onde também fiz a graduação, e mestre em Ciências Sociais (área de especialização: Sociologia Política) pela Universidade Federal de São Carlos – UFSCar. Minha dissertação versou sobre o pensamento e a militância política de Raul Pompéia (18631895). No Centro Universitário...

    14833  Palavras | 60  Páginas

  • Iluminismo Liberalismo Educação Séc.XVIII

     UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO LIBERALISMO, ILUMINISMO E EDUCAÇÃO DOS SÉCULOS XVII E XVIII. SÃO PAULO 2014 LIBERALISMO, ILUMINISMO E EDUCAÇÃO DOS SÉCULOS XVII E XVIII. Trabalho acadêmico apresentado à disciplina História da educação, ministrada pelo Prof. Jadilson Lourenço da Silva , do curso de Pedagogia, campus Memorial, como um dos requisitos de avaliação SÃO PAULO 2014 RESUMO A sociedade capitalista foi gestada em meio a dissolução da ordem feudal implantando...

    4497  Palavras | 18  Páginas

  • Unificações do século xix

    Coordenadoria de Educação ESCOLA: ____________________________________________________ ALUNO: _____________________________________ TURMA: ________ 2011 Secretaria Municipal de Educação Coordenadoria de Educação HISTÓRIA 1º BIMESTRE / 2011 - EDUARDO PAES PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO CLAUDIA COSTIN SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGINA HELENA DINIZ BOMENY SUBSECRETARIA DE ENSINO MARIA DE NAZARETH MACHADO DE BARROS VASCONCELLOS COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO MARIA DE FÁTIMA CUNHA...

    10157  Palavras | 41  Páginas

  • Cronologia de historia do Brasil monarquico

    Cronologia de História do Brasil Monárquico 1808-1889 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Reitor: Prof. Dr. Jacques Marcovitch Vice-Reitor: Prof. Dr. Adolpho José Melfi FFLCH FACULDADE DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS Diretor: Prof. Dr. Francis Henrik Aubert Vice-Diretor: Prof. Dr. Renato da Silva Queiroz DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Chefe: Profª Drª Laura de Mello e Souza APOIO Programa Especial de Treinamento (PET) - CAPES PIBIC USP-CNPq Vendas HUMANITAS LIVRARIA – FFLCH/USP ...

    38470  Palavras | 154  Páginas

  • A educacao no 1º e 2º imperio

    HistóRia Da EducaçãO Brasileira — Presentation Transcript * 1. Mulheres na sala de aula Guacira Lopes Louro Ávila de Casio e Renata * 2. Primeiro reinado (1822- 1831) A primeira tarefa de D. Pedro I foi consolidar a independência. 1822 foi constituída a primeira constituição do Brasil. irritado com as leis da constituição decretou a dissolução da mesma e os deputados que reagissem contra o imperador foram presos e expulsos do país. * 3. Para acalmar os ânimos da população, o imperador...

    2573  Palavras | 11  Páginas

  • periodo monarquico

    SUMÁRIO 1. PERÍODO MONÁRQUICO NO BRASIL (1822-1889) 3 1.1. INSTITUIÇÃO (1822-1850) 3 1.2. CONSOLIDAÇÃO (1850-1889) 4 2. QUESTÕES SOCIAIS NO PERÍODO MONÁRQUICO 5 3. CONTRIBUIÇÕES A CONTEMPORANIEDADE 7 1. PERÍODO MONÁRQUICO NO BRASIL (1822-1889) Esse período subdivide-se em duas fases, instituição e consolidação, sendo suas características e fatores meramente históricos, os seguintes. 1.1. INSTITUIÇÃO (1822-1850) Período que durou em média 28...

    1257  Palavras | 6  Páginas

  • donpedro 1

    setembro de 1834), alcunhado o Libertador,1 foi o fundador e primeiro monarca do Império do Brasil. Como rei D. Pedro IV, reinou brevemente em Portugal, onde também ficou conhecido como o Libertador e também como o Rei Soldado.2 Nascido em Lisboa, Pedro I foi a quarta criança do rei Dom João VI de Portugal e da rainha Carlota Joaquina, e assim membro da Casa de Bragança. Quando seu país foi invadido por tropas francesas em 1807, foi com sua família para o Brasil. A deflagração da Revolução Liberal de...

    14664  Palavras | 59  Páginas

  • História do Brasil

    dominantes". (CARVALHO, J. Murilo de. "Cidadania, estadania e apatia", in: "Jornal do Brasil", de 24/06/2001, p. 8.) A instauração do regime republicano no Brasil representou para muitos a possibilidade de democratização da sociedade por meio da afirmação dos direitos civis, políticos e sociais. No entanto, já em seu nascedouro, a república brasileira impunha restrições ao exercício da plena cidadania. 1. Cite um limite ao exercício da cidadania que conste da legislação eleitoral dos primórdios...

    9177  Palavras | 37  Páginas

  • educação e sociedade

    Educação, sociedade e trabalho: abordagem sociológica da educação Ricardo Gonçalves Pacheco Erasto Fortes Mendonça UFMT Cuiabá - MT 2012 1 Rede e-Tec Brasil Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Brasil. B823 Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Educação, sociedade e trabalho: abordagem sociológica da educação / Ricardo Gonçalves Pacheco e Erasto Fortes Mendonça, – 4. ed. atualizada e revisada ...

    25723  Palavras | 103  Páginas

  • Artigo Os Cursos De Engenharia No Brasil S Culo XXI

    cursos de engenharia no Brasil e as transformações nos processos produtivos: do século XIX aos primórdios do século XXI Sara Rios Bambirra Santos Psicóloga, pós-graduada em Gestão e Tecnologia da Qualidade. Mestranda em Educação Tecnologica pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). sarabambirra@yahoo.com.br Maria Aparecida da Silva Mestre em Planejamento Educacional pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ); doutora em Educação pela Universidade Estadual...

    5127  Palavras | 21  Páginas

  • Pensamento educacional contemporâneo,brasil colônia e período monárquico

    PENSAMENTO EDUCACIONAL CONTEMPORÂNEO Na Educação contemporânea grande nomes se destacaram surgindo assim o movimento educacional da Escola Nova. Principais pedagogos: Pestalozzi - é considerado um dos defensores da escola popular extensiva a todos. Reconhece firmamente a função social do ensino, que não se acha restrito à formação do gentil-homem. Ele deu novo impulso à formação de professores e ao estudo da educação como uma ciência. Froebel - privilegia a atividade lúdica...

    1611  Palavras | 7  Páginas

  • A laicização do ensino - um debate na imprensa de taubaté-sp acerca do novo modelo republicano de educação (1891-1905)

    Taubaté-SP acerca do novo modelo republicano de educação 1891-1905 Mestrado em Educação: História, Política, Sociedade PUC/SP 2008 2 Christiane Grace Guimarães da Silva A LAICIZAÇÃO DO ENSINO Um debate na imprensa de Taubaté-SP acerca do novo modelo republicano de educação 1891-1905 Dissertação apresentada à Banca Examinadora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, como exigência parcial para obtenção do título de MESTRE em Educação: História, Política, Sociedade, sob...

    28429  Palavras | 114  Páginas

  • História da educação fisica escolar no brasil.

    ATIVIDADE DE VERIFICAÇÃO Atividade 1- Ler atentamente o texto. Atividade 2- Sublinhe os principais momentos da Educação Física no Brasil. Atividade 3- Dissertar conforme o seu entendimento ( 8 a 12 linhas) sobre cada parte da história citada no texto. Atividade 4- Montar uma linha do tempo com os principais acontecimentos que vai desde o Brasil Colônia até os tempos atuais (pesquisar e trazer em slide) para uma simples apresentação na próxima aula. Atividade 5- entregar hoje somente as dissertações...

    5288  Palavras | 22  Páginas

  • 221 800 1 PB

    RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS ENTRE BRASIL E ÁUSTRIA, NO PERÍODO DE 1822 A 1889 Fabiana Brett Clemente Michelle Karine Muliterno Carrion Thiago Schenkel Dedecek Acadêmicos de Relações Internacionais, 3º período, das Faculdades Integradas Curitiba SUMÁRIO: 1 Introdução. 2 Breve histórico das relações entre Brasil e Áustria que antecederam a Independência. 3 Relações após a Independência: governo de D. Pedro I. 4 Regência, governo de D. Pedro II e queda da Monarquia. 5. Desenvolvimento das relações científicas...

    9673  Palavras | 39  Páginas

  • O Manifesto dos Pioneiros e uma educação de qualidade

    LUIS DE FRANÇA PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS Daniela dos Santos Araújo Rosenilde Pereira de Sousa Silva “O MANIFESTO DOS PIONEIROS (1932) E UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.” SÃO PAULO 2013 DANIELA DOS SANTOS ARAÚJO ROSENILDE PEREIRA DE SOUSA SILVA “O MANIFESTO DOS PIONEIROS (1932) E UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE.” Monografia apresentada à Faculdade São Luis de França, como requisito parcial para a obtenção do título de Especialista em Políticas Públicas Orientadora:...

    9730  Palavras | 39  Páginas

  • Historia economica do Brasil

    História econômica do Brasil Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Ir para: navegação, pesquisa Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto (desde Outubro de 2012). Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes, inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, nos locais indicados. Encontre fontes: Google — notícias, livros, acadêmico — Scirus — Bing. Veja como referenciar e citar as fontes. ...

    8835  Palavras | 36  Páginas

  • O processo de colonização do brasil

    negros foi a mestiçagem.  06) No contato com os portugueses os povos indígenas tiveram violência cultural, escravização e morte por epidemias e fome.  07) O sistema de feitorias adotado pelos portugueses na África e nas Índias e na colonização do Brasil serviu para armazenar ouro, marfim e escravos da África. 08) O primeiro triangulo comercial português em sua expansão marítima era formado pelas ilhas atlânticas, costa ocidental da África e Europa. 09) A expansão marítima portuguesa teve três pontos...

    2571  Palavras | 11  Páginas

  • Historia Economica do Brasil

    História econômica do Brasil História do Brasil Era pré-cabralina · Pindorama  · Povoamento  · Nativos Colônia (1530–1815) · Descobrimento  · Tordesilhas  · Período pré-colonial  · Caminha  · Engenhos  · Feitorias  · Sesmarias  · Capitanias  · Pacto Colonial  · União Ibérica  · Franceses  · Holandeses  · Guerra Luso-Holandesa  · Insurreição Pernambucana  · Bandeirantes  · Sertanismo  · Entradas e bandeiras  · Tráfico negreiro  · Quilombos e quilombolas  · Palmares ...

    8955  Palavras | 36  Páginas

  • educação

     Nome: ________________________________________________Revisão de História 1)  Em diferentes partes do mundo – África, América, Ásia – a agricultura promoveu uma revolução no modo de vida dos povos do Neolítico. Considere as proposições a respeito do desenvolvimento econômico e social das comunidades pré-históricas.   I-        A revolução neolítica possibilitou aos trabalhadores desenvolver atividades específicas, como a fabricação de tecidos e objetos variados, como os de cerâmica. ...

    6294  Palavras | 26  Páginas

  • Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira

    Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira Teresina, abril 2010 Do século XIX à atualidade Ensaio sobre o papel dos intelectuais na política brasileira XIX century to the present Essay about the role of intellectuals in Brazilian politics Resumo: Este ensaio pretende discutir a respeito de um grupo tão peculiar e pouco conhecido no Brasil: o dos intelectuais, assim como mostrar...

    2550  Palavras | 11  Páginas

  • Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano?

    ATIVIDADE DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA CURITIBA - PR 2014 INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo responder a questão: Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano? Portanto, busquei pesquisar, em especial, a questão do direito à educação, pois compreende-se que a educação é o caminho para a liberdade...

    1289  Palavras | 6  Páginas

  • História de direito no brasil

    HISTÓRIA DO DIREITO NO BRASIL NOME DA ALUNA VALDIRENE CINTRA RECIFE 2011 VALDIRENE CINTRA HISTÓRIA DO DIREITO NO BRASIL Trabalho apresentado ao Professor Fernando Araujo Da disciplina História do Direito Da turma 2º Período, turno noturno Do curso de Direito FASNE – Faculdade Salesiano Recife - 01/06/2011. SUMÁRIO QUESITOS E RESPOSTAS SOBRE...

    12476  Palavras | 50  Páginas

  • Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano?

    ATIVIDADE DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA CURITIBA - PR 2014 INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo responder a questão: Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano? Portanto, busquei pesquisar, em especial, a questão do direito à educação, pois compreende-se que a educação é o caminho para a liberdade...

    1289  Palavras | 6  Páginas

  • brasil

    O BRASIL E A DISTANTE AMÉRICA DO SUL Maria Ligia Coelho Prado Depto. de História-FFLCH/USP Resumo Este artigo discute a elaboração de um discurso político original, no Brasil do século XIX, que fundou uma certa interpretação brasileira sobre o mundo hispano-americano, contribuindo para a constituição de um imaginário sobre a outra América, que a dissocia e a separa do Brasil. Tomo dois momentos precisos, a década de 1820 e os primeiros anos da república, lendo textos de políticos e intelectuais...

    8500  Palavras | 34  Páginas

  • Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano?

    ATIVIDADE DE POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA CURITIBA - PR 2014 INTRODUÇÃO Este trabalho tem como objetivo responder a questão: Considerando a educação básica no Brasil, como podemos compreender seu panorama histórico ao longo dos períodos monárquico e republicano? Portanto, busquei pesquisar, em especial, a questão do direito à educação, pois compreende-se que a educação é o caminho para a liberdade...

    1289  Palavras | 6  Páginas

  • RESGATE DA HISTÓRIA DA SUPERVISÃO ESCOLAR NO BRASIL

     RESGATE DA HISTÓRIA DA SUPERVISÃO ESCOLAR NO BRASIL Alice Régia Silva Lira* RESUMO Os avanços tecnológicos, as grandes descobertas na área científica e o acelerado desenvolvimento do mundo moderno fizeram emergir a necessidade de uma transformação na Educação. Transformação que reformulou conceitos e paradigmas, fazendo surgir a necessidade de um acompanhamento pedagógico ao corpo docente e à comunidade escolar. Para tal, o supervisor educacional torna-se o profissional...

    3266  Palavras | 14  Páginas

  • Industrias no Brasil

    Indústria no Brasil A indústria no Brasil é nova comparada à de outros países, mas teve seus primeiros passos já no período colonial. Levou-se um certo tempo, porém, para crescer satisfatoriamente no início do século XIX através de investimentos autônomos estimulados pelo período monárquico e principalmente para se solidificar e se estruturar a partir da década de 1930, com as medidas políticas dos governos de Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Hoje, o país é considerado um dos países subdesenvolvidos...

    1658  Palavras | 7  Páginas

  • A transformação do ensino jurídico no brasil: os caminhos percorridos do império à contemporaneidade

    A transformação do Ensino Jurídico no Brasil: os caminhos percorridos do Império à contemporaneidade Vitor Hugo do Amaral Ferreira             Concepções iniciais sobre a evolução do ensino jurídico Os primeiros vestígios da humanidade em torno do desenvolvimento de habilidades intelectuais são encontrados já na antiguidade clássica. É na Acadêmica de Platão[1] que se encontram as primeiras manifestações em torno do preparo intelectual e racional. Outro nicho de formação intelectual eram...

    5595  Palavras | 23  Páginas

  • REFLETINDO SOBRE A HISTORIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL

    REFLETINDO SOBRE A HISTORIA DA EDUCAÇÃO NO BRASIL Marcela Cristina Oliveira da Silva Giardina Introdução O presente texto tem por objetivo refletir sobre a história da educação no Brasil, tendo em vista as suas varias concepções de ensino ao longo da história, bem como entender a partir do passado a educação da atualidade. Em primeiro momento será apresentado um pequeno contexto histórico, no segundo momento pretende-se refletir sobre os conflitos entre as diferentes posturas de ensino...

    2189  Palavras | 9  Páginas

  • Atps historia da educação e da pedagogia

    INTRODUÇÃO O trabalho tem como objetivo analisar o desenvolvimento da educação através do tempo e preservar a memória da educação escolar. Buscar informações importantes do processo educacional para entendermos a realidade. Desenvolvemos a linha do tempo, fazendo um rápido resumo dos fatos e períodos que marcaram a História da Educação no Brasil e um breve modelo da atual Educação Brasileira, suas descobertas, falta de estrutura e também seus avanços. Diante dos...

    5136  Palavras | 21  Páginas

  • O papel da escola no mundo contemporâneo: a realidade do brasil

    O PAPEL DA ESCOLA NO MUNDO CONTEMPORÂNEO: A REALIDADE DO BRASIL Wdson Vieira de Oliveira1 RESUMO O presente artigo faz uma reflexão sobre o papel da escola frente aos desafios da sociedade contemporânea, dando ênfase à constituição histórica da educação e à necessidade de efetivação de uma educação participativa e integradora. Para tanto, foi realizado um estudo exploratório, através de levantamento bibliográfico em livros, periódicos e sites da internet. Partindo dos pressupostos de diversos...

    7050  Palavras | 29  Páginas

  • Fundamentos historicos da educação

    Histórico e filosóficos de Educação Introdução Os fundamentos históricos filosóficos e sociólogos que marcaram a educação no Brasil. No século 19, o Brasil atingiu a condição de país soberano, estruturando-se em torno de regime monárquico , e com ele, novas iniciativas foram tomadas no campo da educação escolar, e no modelo pedagógico temos varias característica de ensino . Desenvolvimento As educações Jesuítas foram referências fundamentais em termo de educação, no Brasil. A prática pedagógica...

    1019  Palavras | 5  Páginas

  • O negro no pensamento educacional brasileiro durante o período de

    O NEGRO NO PENSAMENTO EDUCACIONAL BRASILEIRO DURANTE O PERÍODO DE 1889 A 1930. Delton Aparecido Felipe Fabiane Freire França Teresa Kazuko Teruya UEM, Maringá/PR Introdução Os debates sobre a constitucionalidade da Lei 10.639 aprovada pelo o Conselho Nacional de Educação (CNE) em 09 de Janeiro de 2003, que entre outras coisas prevê a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura afro-brasileira nas escolas de Ensino Fundamental e Médio, oficiais e particulares e a reserva de vagas no ensino...

    7247  Palavras | 29  Páginas

  • Industria no Brasil

    A indústria no Brasil é relativamente nova comparada à de outros países, mas teve seus primeiros passos já no período colonial. Levou-se certo tempo, porém, para crescer satisfatoriamente no início do século XIX através de investimentos autônomos estimulados pelo período monárquico e principalmente para se solidificar e se estruturar a partir da década de 1930, com as medidas políticas dos governos de Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Hoje, o país é considerado um dos países subdesenvolvidos...

    3067  Palavras | 13  Páginas

  • HIST RIA DO BRASIL

    GERAIS: HISTÓRIA DO BRASIL História do Brasil : A sociedade colonial: economia, cultura, trabalho escravo, os bandeirantes e os jesuítas. A independência e o nascimento do Estado Brasileiro. A organização do Estado Monárquico. A vida intelectual, política e artística do século XIX. A organização política e econômica do Estado Republicano. A Primeira Guerra Mundial e seus efeitos no Brasil. A Revolução de 1930. O Período Vargas. A Segunda Guerra Mundial e seus efeitos no Brasil. Os governos democráticos...

    10271  Palavras | 42  Páginas

  • Trabalho Economia e Mercado Setor Industrial no Brasil

    Belfort Silva Walter Sheel F. da Silva Trabalho de Economia e Mercado (Setor Industrial no Brasil) PALMAS 2015 Claudio Adão Glória Andrade Ester Sá Ferreira Tavares Lindalva Martins Barros Marionir Rodrigues Jardim Solange Belfort Silva Walter Sheel F. da Silva Trabalho de Economia e Mercado (Setor Industrial no Brasil) Trabalho apresentando a disciplina: Economia e Mercado (Setor Industrial no Brasil) - Universidade Paulista UNIP. Professor: Ricardo Vilalba Prietto PALMAS 2015 RESUMO Para...

    4074  Palavras | 17  Páginas

  • FEDERALISMO NO BRASIL

    RESUMO Este trabalho tem como intuito problematizar a questão do federalismo no Brasil sob o prisma de José Murilo de Carvalho, Lilia Moritz Schwarcz e Bourdieu, entre outros. Debater a unidade territorial e política do Brasil, colosso territorial desde a chegada dos Portugueses e a razão do mesmo não se fragmentar em diversos territórios autônomos com o decorrer dos séculos, a força das elites locais, sua influência diante da população e política. Além, obviamente, da figura central dos regentes...

    3398  Palavras | 14  Páginas

  • Formas De Governo No Brasil

     Formas de Governo no Brasil e Movimentos Populares Trabalho de História MEC/Universidade Federal de Viçosa – Campus Florestal Convênio UFV - SEE Introdução Formas de governo é o modelo institucional de administrar uma sociedade. Por meio das formas de governo originam-se as praticas governamental, que são as características de cada governante. As formas de governo classificam-se entre monarquia, anarquismo e republica e as praticas governamentais classificam-se em absolutismo...

    3090  Palavras | 13  Páginas

  • romantismo no brasil

    Romance brasileiro 1- O romance começou a circular no Brasil em qual ano? a) 1830 b) 1846 c) 1550 d) 1747 e) 1836 2- Quais foram os dois primeiros autores que ganharam excelência no Brasil? a) Aluísio de Azevedo e Raul Pompeia b) Julio Ribeiro e Casimiro de Abreu c) Jose de Alencar e Gonçalves Dias d) Gonçalves Dias e Visconde de Taunay e) Joaquim Manuel e Castro Alves 3- Qual foi a traço essencial, que abriram varias possibilidades de expansão da literatura? a) Condoreira b) Regionalismo ...

    4356  Palavras | 18  Páginas

  • Ensino Superior no Brasil/RS

    1. ENSINO SUPERIOR NO BRASIL Duas características importantes marcam o desenvolvimento do ensino superior no Brasil. O primeiro é seu caráter tardio, pois as primeiras instituições de ensino superior são criadas apenas em 1808 e as primeiras universidades são ainda mais recentes, datando da década de 30 do século XX. O segundo, que nos interessa de modo especial neste trabalho, é o desenvolvimento precoce de um poderoso sistema de ensino privado paralelo ao setor público. Já na década de 1960,...

    2306  Palavras | 10  Páginas

  • 1698 6617 1 PB

    CADERNOS DE HISTÓRIA Cad. hist. Belo Horizonte v. 4 n. 5 p. 1-52 dez. 1999 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Grão-Chanceler Dom Serafim Fernandes de Araújo Reitor Prof. Pe. Geraldo Magela Teixeira Pró-reitores Execução Administrativa – Ângela Maria Marques Cupertino; Extensão – Bonifácio José Teixeira; Graduação – Miguel Alonso de Gouvêa Valle; Pesquisa e de Pós-graduação – Léa Guimarães Souki; PUC Minas Arcos – Ângela França Versiani; PUC Minas Betim – Carmen Luiza Rabelo...

    25767  Palavras | 104  Páginas

  • educaçao no brasil

    A Educação no Brasil Em 1824, foi um ano com muitas decisões, pois ocorreu Logo após a proclamação da independência do Brasil do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, por Dom Pedro I, em 7 de setembro de 1822, ocorreu um conflito entre radicais e conservadores na assembléia constituinte. Nessa época 1824 Pedro I outorgou a Carta Magna, que estabelecia para o Brasil um governo monárquico, hereditário, constitucional, centralizado. Com isso podemos entender que a constituição é muito importante...

    1027  Palavras | 5  Páginas

  • Período Regencial

    01. O Período Regencial (1831-1840) foi marcado por uma série de revoltas em vários pontos do Brasil. Sobre as revoltas ocorridas no Período Regencial, indique qual das alternativas abaixo está incorreta: a)      Balaiada, no Maranhão. b)      Sabinada, na Bahia. c)      Inconfidência Mineira, em Minas Gerais. d)     Revolta Farroupilha, no Sul do país. 02. (UEL-PR) “[...] explodiu na província do Grão-Pará o movimento armado mais popular do Brasil [...]. Foi uma das rebeliões brasileiras em...

    13142  Palavras | 53  Páginas

  • A EDUCAÇÃO NA TRANSIÇÃO DA MONARQUIA PARA REPÚBLICA NO BRASIL.

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E NATURAIS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA SEMINÁRIO DE PESQUISA A EDUCAÇÃO NA TRANSIÇÃO DA MONARQUIA PARA REPÚBLICA NO BRASIL. Vitória 2011 A EDUCAÇÃO NA TRANSIÇÃO DA MONARQUIA PARA REPÚBLICA NO BRASIL. Trabalho apresentado ao professoro Julio Bentivoglio, do Departamento de História da Universidade Federal do Espírito Santo, como requisito para avaliação na disciplina...

    3936  Palavras | 16  Páginas

  • Crise do Ensino de história no Brasil

     CRISE DO ENSINO DE HISTÓRIA NO BRASIL: ENTRE PROFESSORES E HISTORIADORES Trabalho submetido como requisito parcial para aprovação na disciplina História do Ensino de História sob os cuidados do professor Marcelo Magalhães. Rio de Janeiro, RJ 2015.1 CRISE DO ENSINO DE HISTÓRIA NO BRASIL: ENTRE PROFESSORES E HISTORIADORES. O ensino escolar no Brasil passa, hoje, por grandes dificuldades. Dados do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2014 divulgados...

    4807  Palavras | 20  Páginas

  • Educação burguesa

    EDUCAÇÃO BURGUESA As Revoluções e os Primeiros Sistemas Educacionais Burguês Karini de Sousa Lourenço Pedagogia – História da Educação 10/2012 RESUMO Durante os séculos XVI e XVII o continente Europeu viveu um período de grandes transformações sociais, políticas e educacionais. Surge nesse período o homem burguês, proveniente da sociedade feudal e fortemente ligado a organização das cidades e comunas. A nova realidade social traz a necessidade da formação educacional deste homem nas diversas...

    1538  Palavras | 7  Páginas

  • 1 Dia Resolvida

    triangulo destacado: sen37 P tg37     cos 37 º TL  0,6 24  10   TL  320N 0,8 TL ALTERNATIVA E 04. Um bote de assalto deve atravessar um rio de largura igual a 800m, numa trajetória perpendicular à sua margem, num intervalo de tempo de 1 minuto e 40 segundos, com velocidade constante. Considerando o bote como uma partícula, desprezando a resistência do ar e sendo constante e igual a 6 m/s a velocidade da correnteza do rio em relação à sua margem, o módulo da velocidade do bote em relação...

    8684  Palavras | 35  Páginas

  • Resumo completo do livro Os Donos do Poder, Raymundo Faoro, V.1

    do Estado Brasileiro baseado no volume 1 da obra de Faoro que retrata como o Brasil foi governado, desde a colônia, por uma comunidade burocrática que acabou por frustrar o desenvolvimento de uma nação independente. Como fundamento de análise, o artigo aborda o longo período que vai da Revolução Portuguesa do século quatorze, até o Segundo Reinado, no Brasil. Por fim, são feitas as considerações finais do artigo quanto às contribuições deste para nossa história. 1 INTRODUÇÃO O poder sempre esteve...

    6934  Palavras | 28  Páginas

  • História da Educação

    FAESI – FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DE SÃO MIGUEL DO IGUAÇU ISE – INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA HISTORIA DA EDUCAÇÃO II JÚLIA COSTA EVERLING CAPÍTULO 2 FATORES ATUANTES NA EVOLUÇÃO DO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO SÃO MIGUEL DO IGUAÇU 2014 2.1 EVOLUÇÃO DO ENSINO NO BRASIL A economia colonial brasileira fundada na grande propriedade e na mão de obra escrava, teve implicações de ordem social e política profunda. Ela favorece o...

    1818  Palavras | 8  Páginas

  • Historia do direito geral e brasil

    FICHAMENTO: DIREITO INGLÊS CAP. IX (PAG. 181 A 183 E 196 A 198) DIREITO INGLÊS O Poder na Inglaterra foi disputadíssimo durante, pelo menos, quatro séculos. De um lado, monarcas buscando a acumulação de poder, de outro, nobres e, posteriormente, burgueses, evitando tal acúmulo e acabando por formar um Estado baseado tanto no poder de uma instituição representativa, o Parlamento, quanto em documentos escritos de lei que sempre se apresentam como meios de limitar o poder do rei. Todas as lutas...

    12880  Palavras | 52  Páginas

  • Memorial Educação, Sociedade e Trabalho

    Docente: Laryssa Figueiredo de Souza Fritzen Módulo 5 – Educação, sociedade e trabalho Unidade 1 - Construção da Lente Sociológica Por volta de 1801 o homem começa a procurar a solução de suas dúvidas, problemas e mistérios por meio da ciência. Com o objetivo de aprofundar o conhecimento da realidade, surgiram dois grandes campos de investigação: 1. As ciências naturais - destinavam-se a pesquisar os fenômenos da natureza; 2. As ciências sociais - estudavam o homem na sociedade, em...

    8595  Palavras | 35  Páginas

  • HIST RIA 1 ANO 2 BIMESTRE

    Curso Bimestre Série História Ensino Médio 2° 1ª Habilidades Associadas 1. Identificar os elementos da crise do século XIV. 2. Analisar os agentes de crise da Igreja Católica. 3. Comparar as principais correntes do cristianismo protestante e suas implicações socioeconômicas e políticas. 4. Discutir conceitos de Estado Moderno, Absolutismo e Mercantilismo. 1 Apresentação A Secretaria de Estado de Educação elaborou o presente material com o intuito de estimular o envolvimento do estudante...

    5150  Palavras | 21  Páginas

  • Direito, dignidade humana e diferenças de classe: contrastes sociais em face do direito à educação de qualidade

    CLASSE: Contrastes sociais em face do direito à educação de qualidade MONTE CARMELO-MG 2011 ADRIANO MONTEIRO DE OLIVEIRA BÁRBARA BRUNA DEMÓSTENES GHELLI EDUARDO HENRIQUE PEDRÃO LORRANY KESTHER DINIZ LUCIANA MONTEIRO DE OLIVEIRA MURILO DE MELO ROSA PATRICIA MARTINS DE AGUIAR PRISCILLA AMARAL DIREITO, DIGNIDADE HUMANA E DIFERENÇAS DE CLASSE: Contrastes sociais em face do direito à educação de qualidade ...

    5593  Palavras | 23  Páginas

  • periodo regêncial

    Atividades de História do Brasil - PERÍODO REGENCIAL QUESTÕES DE VESTIBULAR: HISTÓRIA - BRASIL - PERÍODO REGENCIAL Questão 1: (UNIFESP/SP) Como elemento comum aos vários movimentos insurrecionais que marcaram o Período Regencial (1831-1840), destaca-se: A - A oposição ao regime monárquico. B - A defesa do regime republicano. C - O repúdio à escravidão. D - O confronto com o poder centralizado. E - O boicote ao voto censitário. Questão 2: (UFAM) O Período Regencial foi marcado por profundas...

    6469  Palavras | 26  Páginas

tracking img