• Claretiano - políticas de educação básica: cai unidade 1
    eram as características da educação no Brasil no período monárquico do século 19? 2) Que acontecimentos demonstram que a partir de 1930 o Estado passaria a ocupar espaço no setor educacional em nosso país? 3) Quais as medidas da Constituição de 1934 que se destacam em relação à organização...
    644 Palavras 3 Páginas
  • Politica da educação básica
    Brasil no período monárquico do século 19? R = As características da educação no Brasil no século 19 foram: a ausência do Estado na área da educação básica, pois priorizava somente o ensino superior. Surgimento de iniciativas particulares no âmbito educacional; poucas escolas; negligência na...
    474 Palavras 2 Páginas
  • Politicas da educação unidade1
    ATIVIDADE DA UNIDADE 1 1) Quais eram as características da educação no Brasil no período monárquico do século 19? As características da educação no Brasil no século 19 foram: a ausência do Estado na área da educação básica, pois priorizava somente o ensino superior...
    516 Palavras 3 Páginas
  • Politicas da educação básica
    Políticas da Educação Básica Unidade I 1)Quais eram as características da educação no Brasil no período monárquico do século 19? () Nessa época surgiam às iniciativas particulares na educação, o Estado priorizava a educação superior e não dava importância à educação básica, a formação dos...
    294 Palavras 2 Páginas
  • metodologia do trabalho cientifico
    oficialmente o trabalho escravo no Brasil. O fim da escravidão foi o resultado das transformações econômicas e sociais que começaram a ocorrer a partir da segunda metade do século 19 e que culminaram com a crise do Segundo Reinado e a conseqüente derrocada do regime monárquico. Abolição da...
    2855 Palavras 12 Páginas
  • Cronograma de História
    História do Brasil 1. Populações indígenas do Brasil: experiências antes da conquista, resistências e acomodações à colonização. 2. O sistema colonial: agricultura, engenho e escravidão. 3. Os negros no Brasil: culturas e confrontos. 4. Religião, cultura e educação na Colônia. 5. A...
    687 Palavras 3 Páginas
  • Evolucao_Historica_da_Arquitetura_PARTE_II
    19/05/2014 Parte II Arquitetura Barroca Arquitetura Barroca - Antecedentes • Século XVI • O cisma cristão: cisão da comunidade da Igreja Protestantes Católicos 1 19/05/2014 Arquitetura Barroca  A arquitetura barroca originou-se na Itália (séc. XVII) mas não tardou a...
    2114 Palavras 9 Páginas
  • Desenvolvimento tecnológico
    Indústria no Brasil A indústria no Brasil é relativamente nova comparada à de outros países, mas teve seus primeiros passos já no período colonial. Levou-se um certo tempo, porém, para crescer satisfatoriamente no início do século XIX através de investimentos autônomos estimulados pelo período...
    3609 Palavras 15 Páginas
  • Fundamentos da educação
    EAD Aspectos Históricos da Educação no Brasil 5 1. Objetivos • Conhecer um pequeno panorama histórico da educação no Brasil desde a fase colonial até o período contemporâneo da República. • Compreender os comentários sobre a herança legada pelos jesuítas e pela Igreja Católica no...
    9782 Palavras 40 Páginas
  • POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA
    ; BASTOS, 2005, p. 98). Podemos observar que a Educação no Brasil do século 19, ou seja, durante o regime monárquico, teve caráter eminentemente elitista, constituindo-se em acesso para poucos, em uma sociedade escravista e com a maioria de analfabetos. As iniciativas na área da educação...
    22357 Palavras 90 Páginas
  • Politicas da educação básica
    Politicas da Educação Básica. Unidade 1. 1) Quais eram as características da educação no Brasil no período monárquico do século 19? 1 – A educação no Brasil durante a Monárquia foi muito negligenciada e deixou marcas profundas no desenvolvimento da população brasileira, principalmente por...
    665 Palavras 3 Páginas
  • Planejamento anual de historia
    – Diversidade populacional e migração em MG e Brasil. Conteúdo Objetivo Metodologia Recursos Didáticos Subtema 1 – Diversidade populacional e imigração em BG e no Brasil Conceituar imigração. Identificar a diversidade populacional presente na escola e localidade em termos sociais étnicos...
    3049 Palavras 13 Páginas
  • Colonização dos barões do café
    da miscigenação de povos, culturas e características independentes entre si, e evoluíram até resultarem no Brasil que conhecemos. Os modos de governo aqui instalados – Monarquia, República, Federalismo, Governo Militar, entre outros – também contribuíram para a formação do que hoje chamamos de...
    3805 Palavras 16 Páginas
  • Unificações do século xix
    Coordenadoria de Educação - 9ª Ano HISTÓRIA MAS... COMO TUDO COMEÇOU? A segunda metade do século XIX foi marcada por um período de grande prosperidade econômica. Podemos destacar duas grandes características que revelam este crescimento: ampliação do comércio mundial; acúmulo de capitais...
    10157 Palavras 41 Páginas
  • historia do brasil
    conceitos desta disciplina: 1) Positivismo: corrente filosófica de grande repercussão na Europa e no Brasil, não só ao longo do século 19, mas também em parte do 20. O pensamento positivista foi sistematizado pelo francês Auguste Comte (1789-1857). Comte acreditava que a fonte principal de...
    14833 Palavras 60 Páginas
  • indrustria
    INDÚSTRIA: A indústria no Brasil é relativamente nova comparada à de outros países, mas teve seus primeiros passos já no período colonial. Levou-se um certo tempo, porém, para crescer satisfatoriamente no início do século XIX através de investimentos autônomos estimulados pelo período monárquico...
    1325 Palavras 6 Páginas
  • "A PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA HISTÓRICA, A RECONSTITUIÇÃO DO PASSADO E O RELATO DOS ACONTECIMENTOS NÃO SÃO IDÊNTICOS EM TODOS OS TEMPOS E EM TODOS OS LUGARES".
    . No concilio de Trento (1545 – 1563) as novas diretrizes reafirmaram a superioridade absoluta papa e o começo da fé, estimulando a criação de seminários. O Colégio de São Vicente foi fundado 1554. Durante 210 anos os jesuítas ficaram a frente na educação no Brasil. Período esse, que muitos colégios...
    1643 Palavras 7 Páginas
  • shbbd
    com o fanatismo. 9. A respeito do iluminismo, movimento filosófico que se difundiu pela Europa ao longo do século XVIII, considere as seguintes afirmativas: 1. Muitos filósofos franceses, entre eles Montesquieu, Voltaire e Diderot, foram leitores, admiradores e divulgadores da filosofia...
    2330 Palavras 10 Páginas
  • Sociologia/informatica
    conforme se expandia na Europa, entre os séculos XVI e XVIII. Entretanto, podemos identificar no absolutismo monárquico características comuns que o distinguiam, entre as quais destacamos corretamente a: A - implementação de práticas econômicas liberais como forma de consolidar a aliança política e...
    4250 Palavras 17 Páginas
  • Historia constitucional
    portuguesa. 1. Contextualização O constitucionalismo português, à semelhança do que sucedeu em outros países, afirmou-se como reacção ao absolutismo monárquico (ao poder ilimitado dos monarcas). Localiza-se temporalmente já no século XIX (a primeira Constituição portuguesa surgiu em 1822). O...
    9063 Palavras 37 Páginas