T. cruzi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1393 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

A doença de chagas é uma doença infecciosa causada por um protozoário parasita chamado Trypanosoma cruzi, nome dado por seu descobridor, o cientista brasileiro Carlos Chagas, em homenagem a outro cientista, também, brasileiro, Oswaldo Cruz. O Trypanosoma cruzi é o agente etiológico desta doença, taxonomicamente é classificado como protozoário da família Trypanosomatidae, classeMastigophora e ordem Kinetoplastida, portanto protozoários flagelados com núcleo único e membrana celular ondulante. Apresenta-se sob morfologias diversas de acordo com a localização no hospedeiro vertebrado ou inseto transmissor.No ser humano e em outros vertebrados, apresenta-se sob a forma flagelada denominada tripomastigota, com flagelo pós-nuclear, que é extracelular localizada na correntesanguínea, medindo cerca de 20 microns que não sofre multiplicação. Já nos tecidos localiza-se a forma aflagelada intracelular denominada amastigota ou leishmânia, que é forma de multiplicação. No inseto vetor encontram-se as formas epimastigota. com flagelo justanuclear e tripomastigota metacíclica infectante.

Figura 1: formas tripomastigotas sanguineas do Trypanosoma cruzi. Fonte:Ministério daSaúde, 2005.

Esta doença não é transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado (gambás ou pequenos roedores). A transmissão ocorre quando a pessoa coça o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifício que ali deixou.

Na fase aguda e nas formas crônicas da doença de Chagas odiagnóstico etiológico poderá ser realizado pela detecção do parasito através de métodos parasitológicos (diretos ou indiretos) e pela presença de anticorpos no soro, através de testes sorológicos sendo os mais utilizados a imunofluorescência indireta (IFI), hemaglutinação (HAI) e enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA).O diagnóstico na fase crônica é essencialmente sorológico e deve ser realizadoutilizando-se dois testes de princípios metodológicos diferentes: um teste de elevada sensibilidade (ELISA com antígeno total ou frações semi-purificadas do parasito ou a IFI) e outro de alta especificidade (ELISA, utilizando antígenos recombinantes específicos doT. cruzi). A ligação específica entre o antígeno e o anticorpo constitui a base dos testes sorológicos.Em casos suspeitos de transmissãocongênita, é importante confirmar o diagnóstico sorológico da mãe. As Mães portadoras de Doença de Chagas terão filhos com anticorpos anti-T. cruzi (IgG), sendo necessário, para confirmação, nova detecção de IgG realizada entre o 6º e o 9º mês após o nascimento, quando desaparecem os anticorpos maternos de transmissão passiva.

Para a compreensão deste fluxograma, é importante se observar:Nos testes 1 e 2 a amostra deve ser testada simultaneamente em dois testes (1 e 2) de princípios metodológicos diferentes, escolhidos de acordo com as condições do serviço: ELISA e HAI, ELISA e IFI ou HAI e IFI.A amostra não reagente nos dois testes tem seu resultado definidocomo "amostra negativa" para a infecção pelo T. cruzi; A amostra reagente, indeterminada ou com resultados discordantesdeve ser retestada através da repetição dos Testes 1 e 2. Na retestagem: A amostra não reagente nos dois testes tem seu resultado definido como "amostra negativa" para a infecção pelo T. cruzi; A amostra reagente nos dois testes tem seu resultado definido como "amostra positiva" para a infecção pelo T. cruzi; A amostra indeterminada ou com resultados discordantes deve ser encaminhada a umlaboratório de referência.

OBJETIVO
Detecção de anticorpos tripanosoma cruz que vai reagi no corpo humano se a amostra do soro tiver contendo anticorpos anti-tripanosoma cruz.
MATERIAL
1. Suspensão de hemácias sensibilizadas com componentes do Trypanosoma cruzi (1 x 4,8ml) .

2. Solução diluente (1 x 60ml).
3. Soro controle positivo (1ml) .
4. Soro controle negativo (1ml) .
5....
tracking img