R esenhas r eviews m aria teresa m icheli kerbauy (*)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1784 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Perspectivas, S ã o Paulo,
3: 165-168, 1980

R ESENHAS
R EVIEWS
M aria Teresa M icheli Kerbauy (*)

RESENHA/8
S ANTOS, Wanderley Guilherme dos, Cidadania e J u s t i ç a : a p olítica social n a
o rdem brasileira, Rio de Janeiro, E d . Campos, 1979, 138 p.

O livro de Wanderley Guilherme
dos Santos se constitui numa contribuição extremamente significativa para o
estudo de políticaspúblicas, dado não
apenas ao crescente interesse entre os
cientistas políticos pelo tema, como também ao incipiente desenvolvimento do
mesmo no Brasil. É certo que não existe
no texto uma teoria explicitamente elaborada a resepito da política social brasileira, mas o p róprio autor reconhece ser
este um trabalho exploratório onde as
questões referentes à política social brasileira sãoperpassadas por um exercício
metodológico a respeito da cientificidade
da política. " Em realidade, a análise de
políticas públicas n ão consiste em nada
mais do que um rótulo novo para o vetusto exercício de investigação e formulação de teorias sociais. Melhor dizendo,
a análise contemporânea de políticas públicas trata, precisamente, da temática
clássica das teorias sociais — a distribuição dopoder, o papel do conflito, os
processos de decisão, a repartição de
custos e benefícios sociais por exemplo,

somente com a diferença de atentar, com
maior cuidado, para a necessidade de
demonstrar, ao contrário de apenas presumir ou imputar, a plausibilidade de
suas hipóteses" ( p.13, 14).
Segundo o autor, os problemas
enfrentados no decorrer da pesquisa,
foram muitos, desde asdificuldades em
diagnosticar o estado social de um país
e de avaliar as medidas cujo alvo era a
maximização da justiça social; "ausência
de informações pertinentes, precisas e
confiáveis, inexistência de instrumental
de análise capaz de decidir questões i mportantes" (p. 49), passando pela precisão do arcabouço conceituai, considerando ainda o problema das dimensões
a serem selecionadas para comporno
caso brasileiro o agregado "justiça social" e o sistema classificatório a ser utilizado.
A proposta básica da pesquisa gira
em torno da explicação de quando e
porque se modifica a política pública
com relação à política social, admitidos

(*) Professora Assistente do Departamento de Ciências e Filosofia do Instituto de
Letras, C iências Sociais e E ducação — Campus de Araraquara, U NESP.165

S ANTOS, Wanderley Guilherme dos, Cidadania e J ustiça: a p olítica social na
o rdem brasileira, Rio de Janeiro, E d . Campus, 1979, 138 p. R E S E N H A S . Perspectivas, S ã o Paulo, 3: 165-168, 1980.

os p arâmetros da acumulação e da
e qüidade. Buscando respostas a esta
q uestão o autor envereda pela teoria
das elites passando por Mosca, Pareto
e chegando a Michels, em quem seapoia para relacionar a tomada de decisões com a circulação de elites: "são
as organizações e instituições de poder
que convertem seus ocupantes em uma
elite destacando-os da base social ou
do público a que teoricamente deveriam obediência, e n ão o inverso. As
instituições de poder se transformam
em instituições de elite não porque vêm
a ser ocupadas por seres particularmentedistinguidos, mas porque os distiguem... É pela imposição de seus
planos à coletividade, sancionados pela
legitimidade das instituições que controlam, e freqüentemente, também justificados por critérios que elas próprias
formulam que as elites se convertem em
variável estratégica na determinação das
políticas públicas" (p. 59, 60).

social ao induzir a emergência de organizações que têm por objetivoalterar
a posição na estratificação social dos
grupos que representam. A multiplicidade de organizações gera demandas
constituindo-se em nova fonte de pressão para mudança na percepção e no
comportamento das elites decisórias.
O autor, além de analisar as decisões políticas como variáveis dependentes, explorando as ligações com as
mudanças no comportamento das elites
decisórias, as...
tracking img