Q.f - antibacterianos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (446 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CEFALOSPORINA – antimicrobianos beta-lactâmicos de amplo espectro

1. Cefalosporinas de 1ª geração
❖ Ativas contra cocos Gram (+)
❖ Atividade moderada contra bacilos Gram (-): E.coli, Proteus mirabilis, K. pneumoniae (comunidade)
❖ Não tem atividade contra H. influenzae, estafilococos resistentes à oxacilina, pneumococos resistentes à penicilina, Enterococos eAnaeróbios
❖ Podem ser usadas na gestação


a) Cefalotina – IV
b) Cefazolina – IV/IM
c) Cefalexina - VO
d) Cefadroxila – VO


Indicações:
❖ S. aureus sensíveis àoxacilina, estreptococos
❖ Infecções de pele, partes moles, faringite estreptocócica, ITU não complicadas, durante gravidez, profilaxia de cirurgias (cefazolina: baixa toxicidade, amploespectro, baixo custo e meia vida prolongada)

Contra indicações:
❖ H. influenzae ou Moxarella catarrhalis (sinusite, otite média, ITR baixo)
❖ Infecções do SNC (não atravessambarreira hematoencefálica)
❖ Bacilos gram negativos – atividade limitada


2. Cefalosporinas de 2ª geração
❖ Maior atividade contra H. influenzae, Moxarella catarrhalis, N.meningitidis, N. gonoeehoeae e algumas enterobacteriaceae (in vitro) – em relação às de 1ª geração

a) Cefoxitina (cefamicina) – IV/IM
b) Cefuroxima – VO ou IV/IM
c) Cefaclor – VOIndicações:
❖ Cefuroxima: S. pneumoniae, H. influenzae e M. catarrhalis, incluindo cepas produtoras de beta-lactamase >> IRespiratórias (comunidade), sem agente etiológico identificado
❖Meningite por S. pneumoniae, H. influenzae, N.meningitidis – mas as CEF. 3ª geração tem maior potência e melhor penetração no LCR
❖ Cefuroxima axetil e Cefaclor: variedade de infecções(pneumonias, ITU, infecções de pele, sinusite, otite média)
❖ Cefoxitina (cefamicina): anaeróbios e gram negativos >> I. intra-abdominais, pélvicas, ginecológicas, do pé-diabético, mistas...
tracking img