P.a. uta historicidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3419 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA – FACINTER

SIMONE CRISTIANE MESSA DA COSTA, RU: 598030, 2010/08

AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I:

ESPAÇOS PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E

COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR

Metodologia do Ensino de Arte

Metodologia do Ensino de Geografia

Metodologia do Ensino de História

Pesquisa e PráticaProfissional – A Aula

SÃO BORJA

2010

SIMONE CRISTIANE MESSA DA COSTA, RU: 598030, 2010/08

AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I:

ESPAÇOS PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E

COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR

Produção de Aprendizagem apresentada à UTA – Historicidade, no Curso de Pedagogia à Distância da FaculdadeInternacional de Curitiba.

Tutor Local: Cleonice Bernardes

Centro Associado: São Borja

SÃO BORJA

2010

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESPAÇOS PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR 4
2.1. A DISCIPLINA DEHISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I 5
2.2. A DISCIPLINA DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL I 6
2.3. A DISCIPLINA DE ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I 7
2.4. DIVERSIDADE CULTURAL NA SALA DE AULA: REFLEXÕES SOBRE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE 9

3 CONSIDERAÇÕES FINAIS 10

REFERÊNCIAS 11

1 INTRODUÇÃO

O presente trabalho da UTA Historicidade, com as disciplinasMetodologia do Ensino de História, Metodologia do Ensino da Arte, Metodologia do Ensino de Geografia e Pesquisa e Prática Profissional – A Aula, tem como objetivo apresentar panoramas(dando enfoque ao percurso histórico e metodologias destas disciplinas, entre outros) e algumas estratégias de ensinar sobre um tema muito significativo atualmente, na sociedade contemporânea, “os diálogosinterculturais”. O estudo aqui apresentado é resultado de pesquisa e reflexão sobre a maneira de como esses diálogos interculturais devem ser abordados no contexto escolar.
O desenvolvimento deste trabalho tem como embasamento teórico as aulas presenciais no Pólo, as pesquisas e reflexões dos autores dos livros que compõem esta UTA, bem como leituras complementares, observações realizadas em umaescola de Ensino Fundamental, que forneceram-nos subsídios para o desenvolvimento do tema.
Abordaremos a questão do período de transição pelo qual toda a sociedade atual está passando e de como é imprescindível que a escola promova a interação entre as culturas, pois é nesse contexto que podem e devem acontecer mudanças positivas, porém ancoradas num processo de ensino que possa desenvolver noseducadores e educandos, a consciência intercultural.
Sabemos que o educando leva para a escola toda a sua bagagem cultural, os seus saberes e valores vividos em diferentes espaços sociais, deparando-se com diferentes culturas e modos de pensar e agir.
Nesse sentido, pretende-se com este, auxiliar educadores e futuros profissionais da educação, a construir alternativas inovadoras eum paradigma que neutralize as diferenças entre as culturas, podendo enfrentar desafios e superar a razão indolente, com a finalidade de utilizar o processo de ensino-aprendizagem como meio para gerar a comunicação real nos ambientes escolares, disponibilizando a todos a vivência em novos contextos, através das trocas intersubjetivas, fortalecendo as relações sociais, desenvolvendo a nossa práticapedagógica com aprendizagens significativas e socialmente construídas.

2 AS AULAS DE HISTÓRIA, GEOGRAFIA E ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL I: ESPAÇOS PARA A CONSTRUÇÃO DE DIÁLOGOS INTERCULTURAIS E COMPREENSÃO DO CONTEXTO ESCOLAR

O mundo globalizado de hoje exige dos educadores um trabalho à luz das novas realidades, da transformação e da interação cultural existente entre grupos de...
tracking img