O velho que lia romaces de amor, luis sepúlveda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ficha de Leitura

Referências bibliográficas: SEPÚLVEDA, Luis, O velho que lia romances de amor, s.l., Porto Editora, data de edição – Fevereiro de 2009.
Resumo: Este livro fala de António JoséBolívar Proaño, um velho que vivia numa choça no meio da floresta Amazónica. Ele aprendeu a conviver com a floresta durante os seus vários anos de convívio com tribos shuar, aprendendo a mover-se nafloresta, a caçar e a pescar à maneira dos shuar e a falar a sua língua. António Proaño era amigo do dentista Rubicundo Loachimín, um homem que desprezava o governo e que vinha esporadicamente a EIIdílio realizar tratamentos dentários aos habitantes desta isolada aldeia. Por pedido do velho, o dentista, de cada vez que visitava a aldeia, trazia-lhe romances de amor. Estes eram a única companhia dovelho nas solitárias noites Amazónicas. Um dia, um barco shuar trouxe um gringo morto e o administrador, que os locais chamavam de A Babosa, tentou acusar os indígenas de o terem matado, contudo o velhointerveio e ao analisar o corpo chegou à conclusão que o homem tinha sido morto por uma onça sedenta de sangue e agonizando de dor depois deste mesmo gringo lhe ter morto as crias e ferido o macho. ABabosa organizou uma expedição para encontrar e matar a onça, contudo, depois de alguns dias na floresta, o administrador disse ao velho que se encarregasse sozinho da onça enquanto ele e os demaisvoltavam a El Idílio para colocar todos em segurança. António encontrou a onça e depois de várias horas de jogos do animal para o apanhar, António foi mais esperto e conseguiu matá-la.

Frase daobra:
“António José Bolívar sabia ler, mas não escrever. O mais que conseguia era garatujar o nome quando tinha que assinar qualquer papel oficial, por exemplo, na época das eleições, mas, como taisacontecimentos ocorriam muito esporadicamente, já quase se tinha esquecido.
Lia lentamente, juntando as sílabas, murmurando-as a meia voz como se as saboreasse, e, quando tinha a palavra inteira...
tracking img