O uso do crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O uso e abuso de substâncias psicoativas transformou-se em um grave caso de saúde pública a ser enfrentado por todos os países do mundo. Estas substâncias, prejudiciais aoorganismo, são conhecidas como drogas.
Segundo Scheffer (2010), acredita-se que 5% da população mundial com idade entre 15 3 64 anos faz uso regular de alguma substanciailícita, contabilizando aproximadamente 200 milhões de pessoas.
Dentre as substâncias lícitas, o álcool é o mais utilizado pela população, seguida pelo tabaco.
Assim como osdados mundiais, verifica-se que no Brasil a droga ilícita de maior consumo e acessibilidade é a maconha (com 8% de usuários), seguida por solventes (6% de usuários), cocaína(2,9% de usuários) e pelo crack (1,5% de usuários).
O crack é obtido a partir da mistura da pasta-base de coca ou cocaína refinada (feita com folhas da planta Erythroxylumcoca), com bicarbonato de sódio e água. Quando aquecido a mais de 100ºC, o composto passa por um processo de decantação, em que as substâncias líquidas e sólidas são separadas. Oresfriamento da porção sólida gera a pedra de crack, que concentra os princípios ativos da cocaína.
Segundo o site do governo brasileiro “enfrentando o crack”, o nome ‘crack’vem do barulho que as pedras fazem ao serem queimadas durante o uso. A diferença entre a cocaína em pó e o crack é apenas a forma de uso, mas o princípio ativo é o mesmo.
Porser produzido de maneira clandestina e sem qualquer tipo de controle, há diferença no nível de pureza do crack, que também pode conter outros tipos de substâncias tóxicas -cal, cimento, querosene, ácido sulfúrico, acetona, amônia e soda cáustica são comuns.
Sendo assim, o uso de crack pela população deve ser considerado caso de saúde pública.
tracking img