O uso do crack: um problema social restrito às metrópoles?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2657 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
AO CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

ilara de castro carvalho


O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀS METRÓPOLES?

RUY BARBOSA-BA
2012
ILARA DE CASTRO CARVALHO

O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀS METRÓPOLES?

Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná- Psicologia Geral,Antropologia, Formação Social, Política e Econômia do Brasil, FHTM do Serviço Social I.
Orientador: Profº (a) Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti, Gleiton Lima e Rosane Malvezzi.

RUY BARBOSA-BA
2012
SUMÁRIO

1. RESUMO .................................................................................................04

2. INTRODUÇÃO....................................................................................... 04

3. DESENVOLVIMENTO .............................................................................06

4. CONCLUSÃO ..........................................................................................12

5. REFERÊNCIAS .......................................................................................13

O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÀSMETRÓPOLES?

RESUMO - Esta produção textual tem por finalidade apresentar um entendimento sobre o uso do crack, os problemas socais que esta droga causa para a sociedade, com o objetivo de analisar e mostrar a realidade social que os usuários estão inseridos e situar a intervenção do Serviço Social.


2 - INTRODUÇÃO

O tema que será abordado abrange o uso do crack. Em meados dos anos 80 uma novadroga surgiu. Por conta do baixo custo e a rápida intensidade dos seus efeitos, estes que duram de 5 a 15 minutos. O crack ganhou rapidamente popularidade entre usuários, principalmente nas áreas urbanas mais pobres. Como nos diz Stephanie Watson.
“Em duas décadas, o crack já tinha cobrado um alto preço. Deixando problemas físicos e emocionais sérios não apenas em sues usuários, mas em comunidadeinteiras”. (Stephanie Watson).
Portanto nos propõe pensar que não é só recuperar o espaço físico, mas principalmente as pessoas.
Foi batizado com este nome devido ao barulho feito quando ocorre o processo de combustão, por conta do bicarbonato de sódio. Para fazer crack, a cocaína em pó é dissolvida em uma mistura de água e amônia ou bicarbonato de sódio. A mistura é fervida para separar aparte sólida, e depois resfriada. A parte sólida é posta para secar e depois cortada em pequenos pedaços, ou "pedras". As pedras de crack são brancas ou cor de canela e pesam geralmente de 1 a 5 gramas.·.
Esta droga queima o tempo, o dinheiro a saúde física e mental dos viciados. O que não se vê, mas sempre acontece é que essa droga causa uma devastação na vida de pais e mães dos dependentes.Como um furacão silencioso a ‘pandemia’ do crack tem avançado de forma considerável sobre inúmeras famílias brasileiras. Segundo uma pesquisa realizada recentemente da Fundação Oswaldo Cruz “indica que há hoje um milhão de viciados dessa droga no Brasil.” Há exatos vinte anos restritos somente a São Paulo, hoje faz vitimas em 98% dos municípios brasileiros (Revista Veja 2011, pag. 100). Hoje osusuários não se restringem somente a mendigos e moradores de rua, lentamente o crack subiu a escala social. Jovens bem sucedidos, universitários, advogados e até médicos buscam tratar o vicio em clinicas psiquiátricas.
A cracolândia, área da cidade de São Paulo que ficou conhecida em todo o mundo pelo descaso e abandono, virou símbolo do domínio da droga sobre esses milhares de pessoas e o melhorexemplo sobre a complexidade deste problema.

3 – DESENVOLVIMENTO
A família real transferiu-se para o Brasil em 1808, sob proteção inglesa. Começou então, no Brasil, o processo que iria desembocar, finalmente, na sua emancipação política, causou um reboliço cultural e educacional. Com a instalação da corte no Brasil, o Rio de Janeiro tornou-se a sede do império português...
tracking img