O uso do crack: um problema social restrito às metrópoles?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 53 (13020 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO


1 RESUMO...................................................................................................................1



2 INTRODUÇÃO..........................................................................................................2


3DESENVOLVIMENTO..............................................................................................3




4 CONCLUSÃO..........................................................................................................6




5 REFERÊNCIAS.........................................................................................................7





1 RESUMO

Esta produção textual apresentará o tema: O uso doCrack: um problema social restrito às metrópoles? Que abordará a questão do uso do crack na Cracolândia e sociedade será também apresentado todo um contexto histórico de: como surgiu a Cracolândia, quais as consequências que levou o crescimento desse bairro e por que, como a família se ver diante dessas questões e como o profissional de Serviço Social enfrentará essa questão do usuário de drogas, arecuperação de um usuário de drogas é possível, mas, dependerá de muitos fatores principalmente o apoio da família.

2 INTRODUÇÃO

O uso do Crack é um problema social não restrito apenas as metrópoles, mas também nas pequenas cidades onde crianças que vivem nas ruas, pessoas com muito ou pouco dinheiro que se transformam em um lixo social.
O Crack é uma substânciapsicoativa euforizante, estimulante, preparada a base da mistura de cocaína com bicarbonato de sódio. É misturada a cocaína diversas substâncias tóxicas como gasolina, querosene a até fluido de bateria. A Pedra do Crack não é solúvel em água e por isto, não pode ser injetada na a veia. Ela é fumada em cachimbo, tubos de PVC ou aquecida em latinhas de refrigerantes, cervejas ou similares.Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise sobre o uso do crack, abordando as disciplinas de Psicologia geral, Antropologia, Formação Social Política e Econômica do Brasil, FHTM do serviço social I.
Para isto, nos como futuros assistentes sociais devemos entender esse contexto para trabalharmos essa questão.


































3 DESENVOLVIMENTOAtualmente a representação social do uso do crack esta com uma dimensão muito grande em todas as classes sociais, em todas as etnias, em todas as religiões, em todos os estados idependente do país ser desenvolvido ou não. O uso do crack é muito preocupante, primeiro porque as políticas de enfrentamento ao uso do crack é muito tímida e segundo além da política ser tímida, não tem equipes qualificadas paralidar com essa realidade. A sociedade sabe do risco e do problema do crack, mas ainda não se preparou para enfrentar essa questão de uma forma mais intensa, o uso de droga não pode ser tratado como um caso de polícia, pois, esse tipo de dependência química é uma doença e precisa ser tratada com o cuidado de um acompanhamento adequado no período de abstinência, pois o usuário pode vim a terataques de violências durante o tratamento.

Esclarecendo a questão que a droga não é um caso de polícia é bom saber que: “ tratar o usuário das drogas como criminoso é a mesma coisa que tentar resolver o problema alcoolismo prendendo dependentes do álcool. “ (LANCELOTTI).

O uso do crack começa em casa e o profissional de Serviço Social faz o contexto familiar vendo oslaços das situações de vinculo familiares, na sociedade capitalista e nesse contexto familiar se ver que o uso do crack em alguns casos vai de geração a geração levando filhos, pai, mãe, avós e a família como um todo deixando assim dispersos. E essa formação humana da estrutura familiar vem sendo fragmentada e isso não depende de ter laços familiares, pois, esses laços estão cada vez mais distante...
tracking img