O uso do crack na sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1782 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.2 o que é o crack.......................................................................................................4
2.3representaçãosocial...............................................................................................5
2.4.crack e assistente social.........................................................................................6
2.5. urbanização e população......................................................................................7
2.6 crack efamilia........................................................................................................8

3. CONCLUSÃO..........................................................................................................9

4. REFERNCIAS........................................................................................................10





INTRODUÇÃO


2.2-o que é o crack?

Na década de 70 começa-se a misturar a cocaínacom outros produtos, pois a cocaína era uma droga cara considerada uma droga somente para ricos, esse foi o principal motivo para se criar uma droga mais barata e acessível a todas as classes. Nos anos 80 o crack se tornou grandemente popular, principalmente entre as camadas mais pobres.
O crack é uma droga feita a partir da mistura da cocaína com bicarbonato de sódio, e é geralmentefumada. É uma forma impura da cocaína.
O nome crack em inglês significa quebrar, e tem esse nome devido ao som que faz quando aquecida.
A fumaça produzida chega rapidamente ao sistema nervoso central, em torno de dez segundos, e seu efeito dura cerca de três a dez minutos, causando uma intensa euforia e logo em seguida uma depressão profunda o que leva o usuário a usarcada vez mais, pois o efeito passa rápido. Como se diz em segundos a pessoa vai do céu ao inferno.
O crack afeta o cérebro, causando: alegria, euforia, confiança, perda de apetite, insônia, aumento da energia entre outros e o pior de todos , o desejo de consumir cada vez mais.Embora seja uma droga mais barata seu efeito é mais intenso, e passa mais depressa.
Não da pradeixar de ressaltar a perda pelo amor próprio, pois o usuário não se importa mais consigo, esquece-se de banho de alimentar-se e o pior esquece-se da família e de viver uma vida com expectativa.





















2.3- REPRESENTAÇÃO SOCIAL
De acordo com uma pesquisa realizada pela universidade estadual do Rio de Janeiro, existem hoje cerca de 1,2milhões de usuários de crack no país. Seu efeito atinge diretamente o cérebro causando uma vontade de consumir cada vez mais, e em menos de cinco vezes se torna um dependente, se tornando parte de uma estatística alarmante: 30% dos usuários morrem nos primeiros cinco anos de uso.
Para se compreender e resolver o problema das varias cracolandias espalhadas por toda parte, é necessárioentender o problema como um todo. Em minha opinião o problema começa na família. O ambiente familiar em que somos criados influi no adulto que seremos as amizades que temos às vezes nos levam a rumos diferentes, apesar de existirem usuários que mesmo tendo uma boa estrutura familiar, embarcam nessa viajem apenas por querem experimentar algo novo.
Mas de quem é o problema afinal?Da família?Dousuário?Do governo? São muitas perguntas muitas culpados e poucas soluções, o problema é da sociedade na qual fazemos parte.
Com o aumento do uso de drogas por todo lado, a sociedade se vê refém de um problema que influencia no cotidiano de cada cidadão, pois se aumentam roubos, assassinatos prostituição entre outros problemas sociais que vêm no crack uma forma de se intensificar....
tracking img