O uso de ferramentas digitais no ensino de linguas estrangeiras

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1398 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O USO DE FERRAMENTAS DIGITAIS NO ENSINO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS

Jéssica Carozza de Souza (PIBIC/CNPq-UNIOESTE), Carlos José Maria Olguín (Orientador), e-mail:
Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Campus de Cascavel/Departamento de Pedagogia CECA, PR.
Área: Humanas

Área e subárea do conhecimento conforme tabela do CNPq
Área 70.00.00.00-0 Ciências Humanas
Sub-área 7.08.04.03-6Tecnologias Educacionais

Palavras-chave: ferramentas digitais; línguas estrangeiras; ensino.

Resumo:

A utilização de tecnologias, principalmente a informática, em nosso cotidiano, é condição necessária quando se trata da realização de nossos afazeres básicos, como, por exemplo, o uso do cartão magnético num terminal eletrônico, ou no pagamento de contas via internet. E a escola, um lugarque tem o papel de formar sujeitos capazes de interagirem em qualquer situação social, tem feito uso de tecnologias? Como professor de línguas em formação inicial, pretendemos fazer um levantamento de fontes sobre o uso de ferramentas digitais no ensino de línguas estrangeiras, e analisar as DCE/PR, objetivando ampliar nossa própria compreensão sobre esse campo, para, em estudos futuros, observar,na prática, como isso vem ocorrendo.

Introdução

É sabido que o pano de fundo do ensino de Línguas Estrangeiras no Brasil, e o currículo escolar sofreram e sofrem diversas e rápidas mudanças, motivadas pela organização social, política e econômica, ao longo da história (PARANÁ, 2008).
As necessidades curriculares e a forma de ensinar recebem a demanda social e contemporânea de modo apropiciar a aprendizagem dos conhecimentos historicamente produzidos às novas gerações. De modo geral, vivemos hoje uma grande preocupação, que diz respeito à necessidade de preparo técnico devido a presença marcante da tecnologia em nossas vidas, seja nos shopping centers, nos bancos, nas residências e principalmente nas escolas.
Por uma via, parece já ser de consenso que os avanços tecnológicoscrescem a cada dia. Por outra via, a ausência, ou a presença deficitária de conhecimentos e práticas referentes ao uso eficiente de ferramentas digitais pode resultar em um gradativo distanciamento nosso, em relação à realidade social informatizada que nos cerca. Isso gera a seguinte preocupação: a necessidade de preparo técnico devido a presença marcante da tecnologia em nossas vidas, seja nosshopping centers, nos bancos, nas residências e principalmente nas escolas.
Mas para além dessas necessidades diárias, nesta pesquisa teórica pretendemos refletir sobre o uso de ferramentas digitais no ensino de línguas estrangeiras. Nosso recorte para esse aspecto se justifica, tendo em vista que somos professor de línguas em formação inicial, e partimos do pressuposto de que, numa relaçãointerdisciplinar, por meio do ensino de qualquer disciplina curricular, pode-se contribuir com a formação do aluno no manejo eficiente das tecnologias da informática.
Historicamente, as relações humanas sempre foram mediadas por objetos, ou por outros tipos de ferramentas. Entretanto, quando se produziram tecnologias, principalmente as de comunicação digital, produziram-se também novos modos dearticulação na relação homem/mundo.
Essa evolução contribuiu para modificar os modos de constituição da vida humana e da realidade, à medida que se tem, hoje, dispositivos como telefones, computadores, satélites, cabos de fibra ótica, redes e outras invenções que auxiliam o nosso comunicar cotidiano.
Observa-se que “o espaço do saber não é mais o mesmo, ele se apresenta hoje com uma inquietudeveloz, com uma urgência movediça, fluídica, entrelaçada com muitas vozes, muitas cores, muitas bandeiras” (AMOP, 2008, P. 14). Isso indicia que as fronteiras entre as disciplinas ou áreas do conhecimento, ou entre culturas que se oferecem na imensidão do ciberespaço diluem-se a cada dia. Entretanto, esse não é um domínio de todos, pois encontra-se restrito a poucos privilegiados que dominam o uso...
tracking img