O trabalho e o estado: a partir das relações de trabalho em órgãos do poder municipal, e fazendo a critica marxista do trabalho no estado burguês.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4258 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ – UECE
CENTRO DE ESTUDOS SOCIAIS APLICADOS - CESA
CURSO DE SERVIÇO SOCIAL – NOTURNO
DISCIPLINA: SOCIOLOGIA CLÁSSICA
1º - SEMESTRE







Trabalho: O Trabalho e o Estado: a partir das relações de trabalho
em órgãos do poder municipal, e fazendo a critica
marxista do trabalho no Estado Burguês.




Gabriela Pinto MaiaAnelise Barbosa Vale
Patrícia Oliveira Lima
Ana Carolina Silva Onofre
Gelbanizia Ferreira de Lima
Maria Ercilia Mendonça Maia
Mariana Soraia Páscoa Pereira
Raphaelly Carvalho de Oliveira

Profa. Ms. Nágyla Drumont






Fortaleza – CE
2011


GABRIELA PINTO MAIAPATRÍCIA OLIVEIRA LIMA
ANELISE BARBOSA DO VALE
ANA CAROLINA SILVA ONOFRE
GELBANIZIA FEREIRA DE LIMA
MARIA ERCILHA MENDONÇA MAIA
MARIANA SORAIA PÁSCOA PEREIRA
RAPHAELLY CARAVALHO DE OLIVEIRA



Fazer uma análise marxista das relações de trabalho, dentro dos órgãos da administração da Prefeitura de Fortaleza.
Trabalho esse da disciplina de Sociologia Clássica do primeiro semestre docurso de Serviço Social da Universidade Estadual do Ceará (UECE).



Profa. Ms. Nágyla Drumont






Fortaleza – CE
2011





















“Quando os trabalhadores perderem a paciência
Não terá governo nem direito sem justiça
Nem juízes, nem doutores em sapiência
Nem padres, nem excelências”

(Mauro Iasi)



SUMÁRIO

1 Apresentação.................................................................................................. 5
2 Objetivo.......................................................................................................... 6
3 Metodologia................................................................................................... 7
4Desenvolvimento........................................................................................... 8
4.1 Poder Público Municipal ........................................................................... 8
4.2 Estado em Marx ......................................................................................... 11
4.3 Trabalho em Marx ...................................................................................... 12
4.4 Trabalhoterceirizado ................................................................................. 13
4.5 E como os trabalhadores percebem trabalho ? .......................................... 14
4.6 Reflexões especial sobre o processo de terceirização da FUNCI............ 17
5. Conclusões finais......................................................................................... 18
6.Bibliografia................................................................................................. 19
Anexo A ........................................................................................................ 21
Anexo B ........................................................................................................ 23


1. APRESENTAÇÃO

Neste presente trabalho,iremos fazer uma análise das relações entre trabalho e poder público, levando em conta as relações de trabalho em diferentes órgãos, em distintas funções, sendo terceirizados, celetista e funcionários públicos do poder municipal.
Achamos importante estudar, as relações de trabalho, poder, exploração e alienação no Poder público municipal, como forma de perceber mais de perto como é ofuncionamento do Estado, para isso levaremos em conta a percepção dos trabalhadores em seus processos de trabalho.




















2. OBJETIVOS.

Nosso intuito ao realizar o mesmo estudo é identificar de que forma as relações de trabalho funcionam no Estado Burguês.
Ao mesmo tempo, estaremos na medida do possível, fazendo uma relação entre as idéias marxistas de Estado e...
tracking img