O trabalho do pedagogo no espaço educativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA
ANA PAULA FERREIRA

COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM
PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃOE DIVERSIDADE
O TRABALHO DO PEDAGOGO NO ESPAÇO EDUCATIVO

Várzea Grande
2011

ANA PAULA FERREIRA

EIXO TEMÁTICO: O TRABALHO DO PEDAGOGO NO ESPAÇO EDUCATIVO
Produção Textual

Trabalho apresentado ao Curso Pedagogia daUNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina de: Comunicaçãoe Linguagem,Psicologia da Educação, Educação e Diversidde, O trabalho do pedagogo no espaço educativo
Sob a orientação da professora: Lilian Salete, Daniele Fioravante, Fábio, Vilze Vidotte Costa

Várzea Grande
2011
SUMÁRIO

PRODUÇÃOTEXTUAL................................................................................................4
REFERÊNCIAS...............................................................................................................5

PRODUÇÃO TEXTUAL

Ao longo dos séculos, a escola tem passado por transformações significativas na tentativa de adequar-se às necessidades de uma sociedade cada vez mais diversificada. A partir dosurgimento da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei n°9.394/96 e do avanço das discussões acerca do processo de inclusão, a atenção dada às crianças com necessidades educativas especiais teve crescimento e impulsionou a busca de estratégias de ensino aprendizagem diferenciadas e adequadas para se trabalhar com a questão da heterogeneidade no âmbito escolar e educacional.Essa nova perspectiva de educação, que trabalha a incorporação das crianças no ensino regular, reconhecendo a existência de múltiplas diferenças, provoca questionamentos sobre o papel do professor na construção de uma nova abordagem pedagógica, que direcione o ensino à necessidade dos alunos. Esse aprimoramento constante e as dificuldades de adaptação à proposta educacional deescola inclusiva parecem produzir uma intensa mobilização no professor (MARCONDES, 2005). As condições de exercício da docência, principalmente nas escolas públicas, podem reverberar em problemas à saúde mental do professor, desencadeando o aparecimento de sintomas relacionados ao sofrimento psíquico(CODO & BATISTA, 1999; DEJOURS,1994). Essas dificuldades encontradas na prática docente não podem serrelacionadas como exclusivamente resultantes da inserção de alunos com necessidades educativas especiais, em sua sala de aula. Contudo, as exigências provenientes da inclusão, poderiam contribuir para o desgaste da saúde mental dos professores?
Por considerar que o sucesso do processo de inclusão está, também, relacionado ao exercício da docência, o objetivo é conhecer ossentimentos de prazer e sofrimento dos professores na experiência docente da inclusão escolar, elucidando se há relação entre trabalho docente na experiência inclusiva e sofrimento psíquico. Além disso, é também compreender a repercussão da história de vida do professor na relação que ele estabelece com o aluno com deficiência e conhecer como as dificuldades encontradas, na prática docente, podemreverberar na saúde mental do professor. O pedagogo deverá promover a inclusão verdadeira das diferenças, inclusive entre os professores, não permitindo que o preconceito continue a ser transmitido.
Para sustentar a necessidade destas medidas, seus defensores apresentam estatísticas nas quais o país aparece com péssimos indicadores nesta área: muita reprovação, muitoanalfabetismo. E afirmam que tal situação está mudando, afirmação na quais muito professores acreditam, pois gostariam no íntimo de suas almas, que fosse verdade.
Mas, o que significa inclusão? Incluir os alunos aonde? Se for certo que a educação no Brasil sempre foi deficiente e, em geral, as políticas educacionais não estão resolvendo o problema e, muito provavelmente, estão...
tracking img