O seminarista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4426 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O SEMINARISTA
BERNARDO GUIMARÃES |
|
|
|
|
A época: contexto histórico do Romantismo |
Voltar ao topo |
O período de maior vigor da estética romântica corresponde à primeira metade do século XIX, época em que a civilização ocidental vive profundas contradições, grande parte delas trazida pela Revolução Industrial e pelo aumento de complexidade social determinado por ela.Assim,a estética romântica vai expressar os sentimentos dos descontentes com as novas estruturas: a nobreza, que já caiu, e a burguesia, que ainda não subiu. Resultam daí as atitudes saudosistas ou reivindicatórias que pontuam todo o movimento.A Europa vivenciava grandes mudanças já desde a segunda metade do século XVIII. Entre elas, cabe destacar a crise das monarquias nacionais absolutistas e aRevolução Francesa, com a disseminação dos seus ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade. Assiste-se também ao surgimento do Liberalismo em política, moral, economia e arte e a uma nova escala de valores em que predomina o interesse pelo enriquecimento.Tantas transformações históricas, sociais e culturais exigem a compreensão global do complexo romântico, para que se possam entender os váriosníveis de abordagem do movimento e sua riqueza de motivos e temas: o amor, a saudade, a dor, a infância, a pátria, a natureza, a religião, o passado são apenas alguns dos principais.O Brasil também vive uma fase peculiar; a vinda da família real, em 1808 — e sua permanência na colônia até 1821 — determinaria profundas mudanças e marcantes ocorrências políticas e sociais, entre as quais se destacam:Numprimeiro momento: * a abertura dos portos; * a criação da Imprensa Régia; * a fundação do Banco do Brasil; * a Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios.Em 1822: * a Independência do Brasil, que teve como conseqüência direta na arte um clima de euforia e ufanismo patriótico, com a exaltação da pátria, da terra, da gente e da natureza brasílicas; * início do Primeiro Reinado, que seestenderia até 1831, com a abdicação de D. Pedro I.De 1831 a 1840: * Período Regencial; * em 1835, o início da Guerra dos Farrapos, que se estenderia até1845. * Em 1840, a Proclamação da Maioridade de D. Pedro II, sagrado e coroado Imperador do Brasil no ano seguinte.De 1841 a 1889, o Segundo Reinado, marcado pelas seguintes contingências: * de 1841 a 1851, período de fortalecimento do regimee pacificação do país; * de 1850 a 1889, fase de estabilidade política e intervenções militares em países vizinhos; * de 1864 a 1870, a Guerra do Paraguai; * em 1870, o início do processo de decadência do Império, que culminaria com a Proclamação da República em 1889.A sociedade brasileira não assistia, ainda, à época do Romantismo, ao processo industrial vivenciado na Europa. Dessa forma,nossa intelectualidade era formada pelos filhos das famílias ricas do campo, que iam estudar em São Paulo, Recife e Rio — como Joaquim Manuel de Macedo, José de Alencar, Álvares de Azevedo, Fagundes Varela, Bernardo Guimarães, Franklin Távora — ou os filhos de comerciantes luso-brasileiros e de profissionais liberais — como Gonçalves Dias, Casimiro de Abreu, Castro Alves e Sílvio Romero. Constituemexceção os escritores de origem humilde: Manuel Antônio de Almeida é um deles. |
|
A estética romântica: riqueza de motivos e abordagens |
Voltar ao topo |
O fulcro da cosmovisão romântica é o sujeito. O eu romântico, objetivamente incapaz de resolver os conflitos com a sociedade, lança-se à evasão, foge à realidade. Assim, podem-se evidenciar, no movimento, algumas constantes: * oegocentrismo, o narcisismo, que em determinados momentos — como no Ultra-Romantismo — assumem a forma de verdadeira egolatria; * predomínio da emoção e do sentimento sobre a razão, dando vazão a um verdadeiro derramamento de emoções a ao excesso de sentimentalismo; * desequilíbrio, a anarquia, o ilogismo; * a prevalência da imaginação e do idealismo sobre o plano do real e do concreto; * a...
tracking img