O sagrado eo profano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (291 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FMU
FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS

O sagrado e o Profano
A essência das religiões

São Paulo
2012

Mircea Eliade

O sagrado e o profano

Lucas Marcone Almeida daSilva
RA: 6180991
Analise do texto: sagrado e o profano
Faculdades Metropolitanas Unidas
Curso: História 1º Semestre Noturno
Profº André

O sagrado e o profano

Mircea EliadeLevando em conta que o homem é um ser intrinsecamente religioso e que o Urbano e o Sagrado foi possíveis quando o homem se organizou a partir de um fenômeno religioso.
( O temponão é para o homem religioso nem homogêneo nem continuo.)
‘’Mircea Eliade’’
A religiosidade sejanos primórdios ou hoje continua fazendo parte da vida humana até porque o homem é o único ser que já nasce no meio pré-estabelecido daí a sedenterização que só aconteceu quando o homemse deslocou da natureza. Assim podemos dizer que a religião é um ato político e humano e que a fé não entra como análise desse texto.
Assim como no passado essa religiosidadecontinua viva seja no sagrado como no Profano, as manifestações religiosas como culto a Maria e aos santos no geral ou até mesmo no ato litúrgico protestante vimos que mesmo passadosséculos e séculos o homem não perdeu sua essência religiosa mesmo que essa pureza que isso significava no passado tenha se perdido em algum momento da história religiosa, continua viva epatente da sociedade contemporânea.
Visto que a religiosidade humana independe de tempo, espaço e até mesmo cultural, é importantíssima para entendermos a evolução humana como serpolítico e religioso que o faz diferente dos outros seres, portanto a religiosidade como mito não é de todo uma mentira e sim um caso a ser estudado e analisado a luz da história.
tracking img