O rosto como elemento diferenciador entre homem e máquina em joão de fernandes teixeira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2894 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O ROSTO COMO ELEMENTO DIFERENCIADOR ENTRE HOMEM E MÁQUINA EM JOÃO DE FERNANDES TEIXEIRA

Elias S. Gonçalves
Graduando em de Filosofia, SDNSR (2010)
E-mail: eliasouz@hotmail.com

Resumo

O trabalho apresenta o pensamento do filósofo brasileiro João de Fernandes Teixeira em relação ao convívio de seres humanos com as máquinas. Tratando-se de uma abordagem atual da filosofia da mente, o temaproposto provoca reflexões sobre a atuação dos novos serviços de tecnologia na sociedade e também sobre a forma de convívio do homem, em vista que o rosto é um elemento específico de seres humanos. Ele é a grande diferença entre humanos e máquinas, pois, é por meio dele que a forma de expressar do homem é facilmente percebida, seja ela falsa ou verdadeira, uma vez que o rosto apresenta taiscaracterísticas.

Palavras-chave: João de Fernandes Teixeira. Filosofia da Mente. Rosto.

Introdução

O homem é determinante da história. A capacidade de reflexão o torna cada vez mais responsável pelo bom êxito de suas ações, por isso ele é reconhecido por aquilo que faz e que representa na sociedade, deixando suas marcas.
A sociedade atual, na qual o homem está inserido, apresenta diversasalternativas para que essas marcas construídas por ele sejam esquecidas. Uma das alternativas (sobre essa o trabalho se aterá) é o advento das tecnologias, o próprio homem é o responsável pela sua gênese. A inteligência artificial aparece nessa linha. Nela teóricos da mente procuram dar à máquina características puramente humanas.
No presente trabalho algumas informações do filósofo João deFernandes Teixeira apontam que, embora em tempos de convívio com elementos da inteligência artificial, o homem ainda continua a ser ele mesmo, não perdendo sua identidade, isto é, seu rosto.

O ROSTO COMO ELEMENTO DIFERENCIADOR ENTRE HOMEM E MÁQUINA EM JOÃO DE FERNANDES TEIXEIRA

1 Biografia do filósofo

Conforme no portal Filosofia da Mente no Brasil (2010), João de Fernandes Teixeira é apresentado como ensaísta e professor universitário. Bacharelou-se em Filosofia na USP e obteve o grau de Mestre em Lógica e Filosofia da Ciência na UNICAMP. Doutorou-se em Filosofia e Ciência Cognitiva (Ph.D) na University of Essex, Inglaterra, onde viveu por quatro anos. Pós doutorou-se no Center for Cognitive Studies da Tufts University (1995 e em 1998) em Boston, Estados Unidos, tendo comoorientador o Prof. Daniel Dennett. É professor titular da Universidade Federal de São Carlos,  e pesquisador do CNPq.
O filósofo escreveu vários livros sobre filosofia da mente, ciência cognitiva e inteligência artificial. Sobre suas obras a próxima seção melhor apresentará.

2 As obras do filósofo da mente

Apresentar-se-á na sequência as obras filosóficas de João de Fernandes Teixeira. Cadaqual acompanhada de uma breve introdução.
Ainda em conformidade com o portal Filosofia da Mente no Brasil (2010), os livros de João Teixeira publicados somam-se onze. Publicado recentemente, o livro A mente pós-evolutiva: filosofia da mente no universo do silício traz reflexões sobre o mundo pós-humano. Olhando filosoficamente sob a perspectiva da filosofia da mente, o autor analisa o cenário dofuturo no qual a relação do homem com as máquinas será mais concisa.
O livro Inteligência Artificial: uma odisseia da mente publicado em 2009, fala da associação entre corpo e máquina. Essa é destacada e apresentada não mais como novidade. Desde que o homem necessita de próteses já se percebe essa associação. A perspectiva é de que em breve haja uma mistura de humanos com máquinas. Outro livropublicado em 2009, A mente segundo Dennett foi escrito por João Teixeira de forma clara e vívida para expressar seu profundo entendimento filosófico acerca da filosofia de Daniel Dennett.
Em Como ler a Filosofia da Mente, João Teixeira introduz a filosofia da mente como uma porta de entrada para os estudos filosóficos. Nesse livro, ele aborda problemas clássicos colocando-os no contexto da...
tracking img