O rei da vela.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O rei da vela.
Oswald de Andrade.

Resumo da obra.

O ano é 1933.
Abelardo 1, protagonista, trata-se de um agiota, que cuida de seus negócios com extrema frieza emocional, tratando com grande desdém seus devedores, que após grande tempo de espera imploravam o refinanciamento de suas dividas dentro de uma jaula.
Ao mesmo tempo em que presta seus serviços de agiotagem usurpando uma parcelacalamitosa da sociedade, é também dono de uma fábrica de velas.
Abelardo 1 é um típico oportunista capitalista, havia ele aproveitado -se de momentos de declínio financeiro para se beneficiar de grandes fazendeiros (quanto a compra de sacas de café) na época do crash da bolsa americana (1929), assim como viu a pujança de sua fábrica de velas devido ao alto custo da energia elétrica proveniente arecente crise, além de haver ainda um grande mercado consumidor de velas intimamente ligado ao tradicionalismo religioso Brasileiro, que consistia (e consiste) em acender uma vela votiva em momentos fúnebres.
Assim, Abelardo ascendia cada vez mais socialmente sobre a decadência ou as lástimas da população.
Com uma destreza atípica, se utilizou de inúmeras formas despudoradas para fazer suafortuna, via em tudo e em todos um grande negócio, incluindo seu noivado com Heloisa, à quem lhe presenteara com uma ilha na Baía da Guanabara.
Heloisa provinha de uma família tradicional, seu pai, Coronel Belarmirno, era um grande latifundiário agora falido, e Abelardo 1 viu grande conveniência por questões nobiliárquicas em negociar um casamento com Heloisa de Lesbos, que tinha “sangue azul”, logo,lhe beneficiando em possíveis facilitações de futuros acordos devido ao status social que tal união lhe proporcionaria.
Heloisa tinha um irmão homossexual apelidado de Totó fruta do conde (personagem extravagante), uma tia (irmã de Belarmino) Dona Poloca ou Poloquinha (o termo aludido a denominação de prostitutas), e uma irmã, Joana, conhecida com João dos Divãs, que também era homossexual,Perdigoto era o irmão de Heloisa, militar, tido por Abelardo como crápula e fascista, viciado em jogos de azar, além de sua mãe Cesarina. Em suma, sua família era também atípica. Depois da metade do 1º ato, surge a figura da secretária (nº 3), jovial, cabelos loiros alta e esguia, uma mulher descritivamente bonita, que Abelardo não poupa esforços em corteja-la, porém sem sucesso pelo fato de sernoiva, e declarar-se uma romântica.
Em meio ao desenrolar do primeiro ato, surge um sujeito denominado Pinote, este, dizia ter o escopo de escrever uma biografia de Abelardo 1, conotando-se como intelectual, e escritor de profissão, já tendo publicado um livro e com um segundo sendo produzido. Todavia, por divergências ideológicas, Abelardo 1 se exalta (como é de costume) com o escritor, e omanda sair de seu escritório humilhando-o e rechaçando o dito biografista.
Abelardo 2 era braço direito de Abelardo 1, agia com a legitimidade de um capataz, um jagunço.
Intimidava os “clientes” de seu patrão vestido caracterizadamente como um domador de leões, com acoite na mão, e cumprindo à perfeitamente os mandos de Abelardo 1 no ato de intimidar os clientes na jaula.
Abelardo 2 dizia-se umsocialista, todavia, não escondia do rei da vela que sua vontade era a de ocupar seu posto, no comando da fábrica, e tomando a mão de sua noiva Heloisa.
No fim do primeiro ato, surge um banqueiro estadunidense, com qual Abelardo queria estreitar suas relações empreendedoras, banqueiro este que é recepcionado e coberto de gracejos por Abelardo e pela família de Heloísa, tal qual como a própria.
Osegundo ato passa na dita ilha que Abelardo havia comprado em prol de Heloisa, por conseguinte, sua família também a usufruía.
Na ilha, descritivamente bela e paradisíaca, Abelardo demonstra seus dotes profanos, cortejando a mãe de Heloísa e a tia sexagenária (tida como virgem).
Abelardo em meio a diálogos com todos os personagens demonstra mais uma vez a sua linha de raciocínio capitalista e...
tracking img