O radio no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PAULISTA - UNIP

Bianca Garcia Scapin – RA B2422J-6
Fernando Costa Paulino – RA
Leonardo Giovanni - RA

A História do Rádio

SÃO PAULO
2013
Bianca Garcia Scapin – RA B2422J-6
Fernando Costa Paulino – RA
Leonardo Giovanni - RA

A História do Rádio

Trabalho apresentado à disciplina de Criação
e Produção de Áudio e César Belardi, ministrada
pelo Professor RobertoVaz Velota aos alunos de
Comunicação Social – Publicidade e Propaganda

SÃO PAULO
2013

Bianca Garcia Scapin – RA B2422J-6
Fernando Costa Paulino – RA
Leonardo Giovanni - RA

A História do Rádio

Trabalho apresentado à disciplina de Criação
e Produção de Áudio e César Belardi, ministrada
pelo Professor Roberto Vaz Velota aos alunos de
Comunicação Social – Publicidade ePropaganda

Aprovado em:

_______________________
Prof. Roberto Vaz Velota
Universidade Paulista - UNIP

_______________________
Prof. César Belardi
Universidade Paulista - UNIP

SÃO PAULO
2013
RESUMO
.
A pesquisa cientifica em busca da transmissão de sons e sinais sem o uso dos fios levou a um tipo particular de tecnologia, conhecida como radiofônica, á qual a mensagem tem de seadaptar. Os antecessores do rádio meio de comunicação de massa nasceriam, portanto, na forma da radiotelegrafia e da radiotelefonia, em que a linha física dava lugar as ondas eletromagnéticas.

Desta fase inicial até o nascimento da radiofusão sonora, foi necessária uma mudança de enfoque no uso da tecnologia disponível, ocorrendo uma transição da comunicação interpessoal para a de massa – o rádio.O Rádio começa de forma embrionária, a compartilhar interesses com a produção de discos e de espetáculos. Deste modo, o popular vai substituir o erudito e o interesse comercial passa, em seguida, a ocupar o espaço do idealismo dos pioneiros Edgard Roquette-Pinto e Henry Morize.

O segundo passo para a massificação do rádio dá-se pela busca crescente por verbas de anunciantes. Inicialmentequase amadora, a publicidade é institucionalizada em 1932, com o decreto 21.111, que estipula o Maximo de 10% de veiculação comercial sobre toda a programação da emissora.

Por ser um meio de comunicação de massa, o rádio possui uma audiência ampla, heterogênea e anônima. Sua mensagem é definida por um média de gosto e tem, quando transmitida, baixo retorno.

Palavras-Chave: ondaseletromagnéticas, rádio e comunicação de massa.

ABSTRACT

Scientific research in search of sounds and transmit signals without the use of wires led to a particular type of technology, known as radio, where the message will have to adapt. The predecessors of the radio medium of mass communication would be born, therefore, in the form of telegraphy and radiotelephony where the physical line gave wayelectromagnetic waves.

This initial phase until the birth of broadcasting sound, it took a change of focus in the use of available technology, experiencing a transition from interpersonal communication to mass - the radio.

The Radio begins in embryonic form, to share interests with the production of records and shows. Thus, the popular replace the vai scholarly and commercial interest is then tooccupy the space of idealism pioneer Edgard Roquette-Pinto and Henry Morize.

The second step to massification of radio gives up the search for increased funding from advertisers. Initially almost amateurish, advertising is institutionalized in 1932 with the Decree 21111, which stipulates the Maximum of 10% of commercial broadcasting all programming on the station.

Because it is a means ofmass communication, radio has an audience broader, heterogeneous and anonymous. Your message is defined by a mean of taste and has, when transmitted, low return.

.

Key-words: electromagnetic waves, radio and mass communication.

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO

2. A HISTÓRIA DO RÁDIO: ORIGENS DA RADIOFUSÃO

As origens e o desenvolvimento da radiodifusão sonora percorrem duas linhas de...
tracking img