O que pode acontecer com o brasil com a valorização do real

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1539 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O QUE PODE ACONTECER COM O BRASIL COM A VALORIZAÇÃO DO REAL?
Com a valorização do real em comparação com outas moedas, em principal instancia o dólar, podemos perceber que não só o Brasil, mais os outros países, que tem grande volume de exportação, viram suas receitas caírem, pela grande dificuldade em colocar os seus produtos para fora do país.

É importante lembrar, que há um movimento dequeda do dólar em vários países. Portanto, a exportação brasileira cotada em outras moedas não está sofrendo os efeitos da queda do dólar.

Com a crise mundial que derrubou os preços dos produtos em dólar, ficou mais edifício para os países que a moeda esta se valorizando, como a do Brasil, ter força para enfrentar a grande disputa que ocorre entre as empresas. Com os nossos produtos mais carosem relação as outros a disputa fica mais dificio.

Com a valorização do real afeta principalmente as receitas das vendas que estão vinculadas à moeda norte-americana. Para aumentar as receitas será preciso vender mais, como saída para garantir a ampliação do mercado e produtos nacionais.

Em relação à importação temos o lado bom e o ruim. O lado bom e que o valor das matérias primas vindas dosoutros países vem caindo cada dia mais e o lado ruim é a enxurrada de produtos importados que vem adentrando o país sem nenhum controle.

Com a valorização do real reduz os custos de importação para a indústria. Isso significa poder comprar produtos e serviços mais baratos, contribuindo para eventual ampliação da produtividade de alguns setores. Várias empresas sediadas no Brasil e que atuam emcadeias produtivas internacionais, por exemplo, vêm recorrendo ao sistema de drawback, isto é, vêm aumentando o conteúdo importado do produto final como forma de ganhar competitividade e ampliar lucros no mercado interno. Por outro lado quem utiliza insumos nacionais perde o poder competitivo.

SALARIO MINIMO E PRODUTIVIDADE – INFLAÇÃO DE CUSTOS

Todo período de inicio de ano ou troca degoverno no Brasil, atualmente vem trazendo discussão de quanto deve ser fixado o salário mínimo, já que no país grande parte dos trabalhadores é afetada com o aumento do mesmo.

Na verdade para estes demagogos é puramente conveniente desconsiderar o efeito negativo que poderá acarretar um aumento salarial, sem ao menos um estudo profundo e estrutura para o mesmo. Poucos sabem da associação que existeentre aumento da produtividade e o aumento do salário. Sendo que o segundo depende do primeiro.

Quando é dito produtividade entende-se o sentido real da palavra, o emprego dos fatores de produção (humano, matéria prima, maquina) de forma harmônica e eficiente. Se ocorrer um aumento salarial, sem um estudo profundo poderá apontar problemas estruturais como, por exemplo, inflação de custo. Ainflação de custo assim pode ser explicada pelo aumento do custo de produtos, bens ou serviços, devido o aumento do salário mínimo não acompanhado do ganho da produtividade, ou seja, os empresários são obrigados a aumentar o valor dos produtos, pois estes fabricados da mesma quantidade de produtos com a mesma capacidade produtiva com um diferencial pagando mais caro. Aumenta-se preço diminui oconsumo, consequentemente empresas são forçadas a reduzir sua força de trabalho, criando uma cadeia de desemprego, inflação e caos.

Se o mínimo continuar crescendo nesse ritmo sem o aumento da receita, o déficit da Previdência será intratável, num momento em que a população idosa ainda é pequena. Esse, sem dúvida, será o grande desafio do País no futuro, mas também é completamente negligenciado pelogoverno.

O IMPACTO DO DESEMPREGO NO CRESCIMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO.

Levando em conta o crescimento do salário mínimo que sofre impacto devido ao desemprego, pois essa consequência leva a diminuição do número de trabalhadores que as empresas estariam dispostas a contratar. Sendo assim, a diferença do número de contratados e dos que querem trabalhar por este valor é o que chamamos de...
tracking img