O que faz a sociedade brasileira ser o que é?

Mercantilistas
O Mercantilismo foi a filosofia econômica adotada pelos comerciantes e estadistas durante o 16º e 17º séculos. Os mercantilistas acreditavam que a riqueza das nações vinha daacumulação de ouro e prata, as nações que não possuíam minérios poderiam obter ouro e prata apenas vendendo mais mercadorias do que eles compravam de fora. Consequentemente, os líderes daquelas nações interviamintensivamente no mercado, impondo taxas sobre as mercadorias estrangeiras para restringir as importações, e concedendo subsídios para aumentar a capacidade de exportação de mercadorias nacionais. Omercantilismo representou a elevação dos interesses comerciais ao nível da política nacional.

Fisiocratas
Fisiocratas, um grupo de filósofos franceses do século 18, desenvolveram a idéia daeconomia como fluxo circular de renda e produção. Eles eram contra a política Mercantilista de promover o comércio nos gastos da agricultura porque eles acreditavam que a agricultura era a única fonte deriqueza de uma economia. Como reação contra os regulamentos mercantilistas de comércio os Fisiocratas defendaram a política do laissez-fare, que invocava por uma mínima interferência do governo naeconomia.

http://www.hpe.kit.net/cp.htm


Adam Smith

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Adam Smith (provavelmente Kirkcaldy, 5 de junho de 1723 — Edimburgo, 17 de Julho de 1790) foium economista e filósofo escocês. Teve como cenário para a sua vida o atribulado século das Luzes, o século XVIII.[1]


É o pai da economia moderna, e é considerado o mais importante teórico doliberalismo econômico. Autor de "Uma investigação sobre a natureza e a causa da riqueza das nações", a sua obra mais conhecida, e que continua sendo usada como referência para gerações de economistas, naqual procurou demonstrar que a riqueza das nações resultava da atuação de indivíduos que, movidos apenas pelo seu próprio interesse (self-interest), promoviam o crescimento econômico e a inovação...