"O que é poder" gérard lebrun

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO







1. INTRODUÇÃO..............................................................04


2. APRESENTAÇÃO DO MONSTRO............................04


3. O LEVIATÃ CONTRA A CIDADE GREGA.............05


4. O “LEVIATÔ E O ESTADO BURGUÊS..................07




5. A COMÉDIA LIBERAL...............................................08


6. O ÚLTIMOCHEFE......................................................10






O QUE É PODER
Gérard Lebrun
Introdução
O livro trata de uma discussão do papel do Estado sobre os cidadãos. Ao organizarem-se em sociedades, os homens necessitam de um soberano que detenha, de modo complacente, todo o poder em suas mãos, para que, em troca, tenham sua segurança e proteção garantidas. Mas, mesmo que os próprios cidadãossejam os atribuidores do poder nas mãos de um único homem, eles temem que tal poder lhes seja prejudicial, sendo adotado de maneira incontestável e soberana. O autor diz que sua intenção ao escrever o livro é tentar fazer com que se abandonem determinados preconceitos que se tem com a palavra poder. A sua argumentação é toda baseada em sua própria ideia da significação da palavra, assim como naideia de vários outros filósofos e estudiosos de inúmeras correntes diferentes. O autor não pretende fazer apologia ao poder, como também não pretende combatê-lo. Sua intenção é apenas fazer com que o poder não seja subestimado.


Apresentação do Monstro

O capítulo começa com o autor fazendo uma caracterização da palavra potência - capacidade de efetuar um desempenho determinado, aindaque o ator nunca passe ao ato (LEBRUN, Gérard, O QUE É PODER, p. 10). Ele a divide em duas designações: “potência virtual” (ou, como definiu Aristóteles, dunamis) e “potência em condições de ser exercida a qualquer momento” (ergon). A primeira diz respeito a alguma coisa que, eventualmente, pode vir a acontecer, algo que por mais que não seja impossível, não necessariamente acontecerá. Já osegundo conceito, que no domínio das relações políticas é o conceito que nos interessa, trata-se de uma potência efetiva, que está em condições de ser exercida a todo o momento.

A discussão segue com a definição do termo política, o qual, segundo Lebrun seria impossível atribuir qualquer sentido não defeituoso se não se fizesse presente o uso da noção de força. Força essa que não significanecessariamente a posse de meios de coerção violentos, mas a posse de meios que permitam a alguém influir no comportamento de terceiros. Existem diversos tipos de força, e, independente do meio pelo qual esta se manifeste, ela nada mais é do que a canalização da potência, sua determinação.

Citando Max Weber, que, na opinião do autor, traz a melhor definição do poder, enquanto fatorsócio-político, ele faz uma diferenciação entre o sentido de poder e potência. O poder é mais do que a potência, ele inclui um elemento que está ausente desta. O poder existe quando a potência, através de uma força determinada (que difere da ameaça de da chantagem) se explicita de um modo preciso. Nesses aspectos, diria Weber, poder seria igual dominação (Herrschaft).

Lebrun discorre tambémsobre as diferentes traduções atribuídas ao termo weberiano, anteriormente citado. Talcott Parsons o traduz como imperative control, o que, segundo o sociólogo Raymond Aron, é bastante contestável por obscurecer o confronto entre quem comanda e quem é comandado. Ainda segundo o autor, Parsons diz que não se pode resumir o poder a uma situação conflituosa marcada pela desigualdade; poder é, acima detudo, a disposição de um capital de confiança por parte dos governados no governante (dissolução do poder weberiano). Hegel, de certa forma, também partilha desta ideia, onde diz que poder de Estado e despotismo tem significações diferentes. Após apresentar essas teorias, o autor confessa não ser de muita importância discorrer sobre elas, pois esse tipo consensual de poder não é suficientemente...
tracking img