O que é pedagogia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1371 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CONCLUSÃO

INTRODUÇÃO
Este trabalho tem como objetivo abordar O que é Pedagogia, levando em conta a Pedagogia como utopia, ciência e filosofia. Dizendo como é a relação da infância nos dias atuais. Mostrando um pouco da questão da “crise da pedagogia.” Tendo como questões, por exemplo, se a escola deve ser um ambiente de preparação para a vida, ou apenas se preocupar emformar mão-de-obra. Se o ensino deve apenas ficar centrado na atividade do professor ou considerar o aluno como centro do processo de educação. Aborda também a questão da pedagogia desde os tempos antigos até o mundo atual, detalhando a importância do desenvolvimento, apontando qual seria o papel da pedagogia, de sua função econtribuição para a educação.



Pedagogia: Utopia, ciência, filosofia
Na Grécia antiga o paidagogo (condutor da criança) tinha a atividade especifica em guiar as crianças à escola. Sendo que nos tempos modernos a pedagogia ganha outros significados.
Durkheim define educação como um fato social pelo qual uma sociedade transmite o seu patrimôniocultural, experiências de uma geração mais velha para uma mais nova, assim, garantindo uma continuidade histórica. Pedagogia por sua vez é vista como literatura de constentação da educação em vigor.
A contribuição para a discussão filosófica contemporânea é a idéia tradicional de verdade “a verdade é o útil”. Os estudiosos contemporâneos da educação utilizam-se do termo pedagogia como sendouma utopia educacional, como ciência da educação e como filosofia da educação.
A pedagogia hoje se define a partir da infância. No século XVI, ocorre uma alteração em relação ao tratamento com as crianças antes tratadas com diferença e paparicação. Sendo objetos de discursos para convencer os pais e a sociedade a ter um comportamento mais racional. Assim Montaigne argumenta “que a atençãoque os pais demonstram pelas crianças pequenas, como beijando, abraçando, não revelaria outra coisa senão uma busca de prazer para si próprios, e não uma disposição de afeto voltada para as crianças.” Então a escola acaba se reorganizando com algo parecido com o que é hoje: um local com divisões internas para o estudo e para o lazer, por séries a partir das diferenças de idades e do grau dedificuldade do conteúdo do ensino.
No séc. XVIII Rousseau se preocupa no sentido de uma melhor estruturação da noção de infância. A infância séria a época em que estamos de posse do melhor de nós, porque não entramos ainda em contato com a realidade social e cultural corruptora, sendo também a fase sobre a qual qualquer esforço pedagógico deveria estar direcionado para cultivo da intimidade.
Ainfância e a pedagogia na “sociedade do trabalho
No inicio do século XX a escola torna-se de direito o lugar da infância. A
pedagogia manifesta-se por meio de uma nova linguagem: a escola está separada da vida, está apartada da realidade.
Subjetividade, infância e pedagogia
Os antigos consideravam o existente como presença, os modernos irão entendê-locomo representação, ou seja, se a verdade para os antigos é algo que se desvela, os modernos irão tomá-la como certeza, a verdade para os modernos, depende da subjetividade (espaço intimo do individuo., mundo interno)
Pedagogia e didática
A pedagogia, tomada como utopia educacional, ciência ou filosofia da educação, diz respeito em geral, à teoria da educação, enquanto a didática dizrespeito aos procedimentos que visam fazer a educação acontecer segundos os princípios extraídos da teoria.
Didática Herbartiana nela o processo de ensino-a aula- seguiria cinco passos: preparação, apresentação, associação, generalização e aplicação, sendo assim, ela concentra no professor, ele domina o saber e deve transmiti-lo, esse procedimento é reconhecido como “aula tradicional”....
tracking img