O que é ong?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1751 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
5º período

3º SETOR – DISCIPLINA OPTATIVA II
Prof. André Prado


Ribeirão Preto
Março/2011

1. O que é uma ONG?

ONG é um acrônimo usado para as organizações não governamentais (sem fins lucrativos), que atuam no terceiro setor da sociedade civil. Estas organizações, de finalidade pública, atuam em diversas áreas, taiscomo: meio ambiente,combate à pobreza, assistência social, saúde, educação, reciclagem, desenvolvimento sustentável, entre outras.

As ONG’s possuem funções importantes na sociedade, pois seus serviços chegam em locais e situações em que o Estado é pouco presente. Muitas vezes as ONG’s trabalham em parceria com o Estado e obtêm recursos através de financiamento dos governos, empresasprivadas, venda de produtos e da população em geral (através de doações). Grande parte da mão-de-obra que atua nas ONG’s é formada por voluntários.

Podemos dizer que as ONG’s são grupos sociais organizados que:

➢ Possuem uma função social e política em sua comunidade ou sociedade;
➢ Possuem uma estrutura formal e legal;
➢ Estão relacionadas e ligadas àsociedade ou comunidade através de atos de solidariedade;
➢ Não perseguem lucros financeiros (sem fins lucrativos);
➢ Possuem considerável autonomia.

2. Surgimento de ONG’s no Brasil

As primeiras ONG’s criadas no Brasil surgiram na década de 1970, para apoiar movimentos populares de promoção da cidadania e luta pela democracia política e social.
O início da décadade 1970 foi traumático para a sociedade brasileira. Em vigor o Ato Institucional número 5, emitido pelo Regime Militar, os primeiros anos dessa década importaram na censura da imprensa, das manifestações culturais, da música, da arte, da literatura. Muitos intelectuais da época foram exilados para outros países, em notória represália política. Diante de um quadro em que a sociedade pouco podiaparticipar dos atos de Governo, as ONG’s surgem como alternativa. Nesse momento, elas são a saída da sociedade para apoiar ideais como a democracia, a liberdade da comunicação, a participação popular, o exercício pleno da cidadania. Em 1978, o então Presidente Ernesto Geisel revogou o AI-5, que proporcionou a abertura democrática e a liberdade de expressão e associação popular. Através da atençãodestinada às relações internacionais brasileiras, houve a queda da barreira social que vigorou no Brasil nos anos anteriores. Em obra publicada em 2002, o doutor em administração Takeshi Tachizawa explica que as ONG’s (...) começaram a existir em anos de regime militar, acompanhando um padrão característico da sociedade brasileira, onde o período autoritário convive com a modernização do país e como surgimento de uma nova sociedade organizada, baseada em ideários de autonomia em relação ao Estado, em que a sociedade civil tende a confundir-se (...) com oposição política. Segundo estudo da Associação Brasileira de ONG’s, “as primeiras ONG’s nasceram em sintonia com as demandas e dinâmicas dos movimentos sociais, com ênfase nos trabalhos de educação popular e de atuação na elaboração econtrole social das políticas públicas”. As atividades associativas e baseadas no voluntariado começaram a ganhar impulso nos anos 70 e conquistam força renovada nas últimas décadas. Tornaram-se expressivos os movimentos e organizações de mulheres, de indígenas, de minorias étnicas, de consumidores, de ecologistas. A defesa das diferenças e da equidade foram marcas da segunda metade do século XX. AsONG’s surgem no contexto de apoio aos Movimentos Sociais, direcionando seus planos de ação especialmente para o campo da educação, da informação e da assessoria. Eram elas instrumentos de fortalecimento das lutas populares, visando à democratização brasileira após anos de censuras. Se nas décadas de 70 e 80 as ONG’s se compreendiam sobretudo a serviço do Movimento Popular, privilegiando as ações e...
tracking img