O que é cultura - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 23 (5734 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 27 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA E DIVERSIDADE:
 A preocupação com a cultura é um fato permanente da humanidade. Todos querem entender os caminhos que levaram as civilizações a se constituírem, bem como, entender, a partir daí, as perspectivas futuras de relacionamento entre elas.
Os contatos entre diferentes grupos marcaram as civilizações ao longo da história promovendo as transformações culturais tanto pelosmovimentos internos quanto pelos conflitos internos.  Portanto, sempre que pensamos em cultura temos que considerar a multiplicidade e a riqueza dos seus elementos, a realidade dos grupos e ainda as características que os unem e os diferenciam. Tudo isso expressa o que sintetizamos como cultura.
A lógica interna de cada realidade cultural é traduzida nos costumes, nas formas de habitação, no vestuário,no trabalho e em tantas outras expressões.
Quando entendemos as diferenças entre os grupos como questões culturais passamos a compreendê-los de forma ampla e menos preconceituosa o que enriquece as relações humanas. As ações do grupo sempre têm um sentido quando historicamente contextualizadas.
Temos que considerar também que as diferenças culturais ficam evidentes por efetuarmos comparaçõesentre elas. Se adotássemos outra postura, se não tomássemos por referência um modelo cultural, não perceberíamos as diferenças nem haveria motivos para tentar entendê-las.
Outra reflexão que a análise sobre a cultura nos permite é a visão de nós mesmos como seres sociais. A partir da percepção de outras culturas podemos ampliar nossa visão enquanto membros de um grupo social, as razões da realidadesocial onde estamos inseridos, como ela é mantida e a possibilidade de transformá-la.
Mais questões importantes relacionadas à cultura podem ser entendidas a partir da forma ou da tendência do grupo em utilizar e modificar os recursos naturais disponíveis. Assim, territórios idênticos foram ocupados por populações diferentes dando origem a culturas e civilizações com características próprias eformas particulares de organização social. Estas culturas estiveram e estão sujeitas a mudanças ou transformações históricas como reflexo da atitude do grupo social ou ainda por imposição, inclusive pela força, de culturas externas.

CULTURA E EVOLUÇÃO:
Estudos efetuados no século XIX pretendiam colocar as culturas humanas em escalas hierárquicas. Segundo estes estudos haveria escalas sucessivasde evolução social pelas quais as populações passariam, primeiramente se diferenciando de outras espécies animais até alcançar o índice de evolução conhecido na Europa Ocidental da época. Sendo assim as sociedades todas fariam parte desta escala de evolução em linha única.
Com base nesta proposta as diversas sociedades do século XIX estariam inseridas em diferentes estágios da evolução humanaquando as civilizações indígenas seriam classificadas como “selvagens”, as tribos africanas como “bárbaras” e as populações européias como “civilizadas”.
Obviamente que nesta concepção de evolução hierarquizada há todo um critério europeu de visão da humanidade. Isto serviria inclusive como forma de consolidação do domínio de países capitalistas sobre os demais povos.
Esta concepção linear deevolução foi combatida com base no princípio que cada cultura tem suas características próprias e múltiplos critérios a serem considerados.
Acima de tudo, estas classificações tinham como função principal considerar os povos não-europeus como inferiores e passíveis de domínio e exploração.
Estudos contínuos permitiram derrubar os argumentos tendenciosos e preconceituosos.
“Não existe relaçãonecessária entre características físicas de grupos humanos e suas formas culturais, nem tampouco a multiplicidade das culturas implica quebra da unidade biológica da espécie humana.”  (SANTOS, 1994, p.15)
Podemos concluir que o princípio de uma linha evolutiva única para os grupos humanos implicava em considerações racistas e preconceituosas. Concomitantemente, este “enquadramento” cultural aos...
tracking img