O profissional do turismo e as novas exigências da capacitação: o caso senac-ce

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3631 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TURISMO E MEIO AMBIENTE

O PROFISSIONAL DO TURISMO E AS NOVAS EXIGÊNCIAS DA CAPACITAÇÃO: O CASO SENAC-CE

FORTALEZA-CE
2003

LEUMA MARIA DE LIMA ASFOR

O PROFISSIONAL DO TURISMO E AS NOVAS EXIGÊNCIAS DA CAPACITAÇÃO: O CASO SENAC-CE

Projeto de pesquisa apresentado à UniversidadeEstadual do Ceará - UECE, como requisito para a conclusão da disciplina de Metodologia do Trabalho Científico do Curso de Especialização em Turismo e Meio Ambiente, sob a orientação da professora Cilda Damasceno.

FORTALEZA

2003

1. INTRODUÇÃO

Inegavelmente, um dos diferenciais responsáveis na promoção da qualidade na área de Turismo é o bom atendimento ao turista. Bem atender não serestringe somente a dar informações com simpatia, mas também ter preparo técnico e psicológico para proporcionar ao turista um relacionamento humano, cuja qualidade seja complementar à infra-estrutura turística.
Dados da Organização Mundial do Turismo, de 1999, revelam que o Turismo movimenta, em todo o planeta, US$ 4,5 trilhões em faturamento, garantindo emprego a cerca de 192 milhões deprofissionais e uma arrecadação de US$ 792,4 bilhões em impostos diretos.
Vigésimo oitavo no ranking do Turismo Internacional, o Brasil vive hoje um momento de expansão, com o setor crescendo a uma taxa anual de 6% a 7%. Estima-se que, em 1999, as empresas de Turismo e Hotelaria faturaram US$ 31,9 bilhões em todo o país, propiciando o ingresso de divisas na ordem de US$ 4 bilhões ao ano eassegurando emprego a seis milhões de pessoas.
Segundo a Embratur, de 1995 a 1999, os investimentos privados no setor totalizaram US$ 6 bilhões e envolveram a construção de 300 novos hotéis e 10 parques temáticos, além de centros de convenções e pousadas.
Disposto a estimular ainda mais o crescimento do Turismo no Brasil, o governo federal lançou dois novos programas - "Meu negócio éturismo" e "Brasil Empreendedor Turismo", os quais envolveram US$ 3,4 bilhões em investimentos e deverão qualificar mais de 500 mil trabalhadores em diversas atividades ligadas ao setor.
Segundo dados do IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, os jovens brasileiros correspondem a cerca de 30% da população nacional, estimada em 170 milhões. No entanto, apesar do desemprego no paísestar na casa dos 8%, para os jovens, o índice de desemprego está em torno de 17,8% para jovens com idade entre 15 e 17 anos e 13,3% para o grupo de 18 a 24 anos.
No bojo dessas discussões, novos rumos são traçados para a reforma do Ensino Técnico-profissionalizante no Brasil, efetivada, do ponto de vista de sua regulamentação, cerca de dois anos após o surgimento da nova Lei de Diretrizese Bases da Educação (LDB) brasileira, Lei no 9.394/96, aprovada pelo Congresso Nacional em 17 de dezembro de 1996, e promulgada no dia 20 daquele mesmo mês. Por volta deste mesmo ano, o governo brasileiro já havia elaborado sua proposta de reforma para o Ensino Técnico e Profissional, mediante o Projeto de Lei (PL) no 1.603/96 que, em seguida, veio a ser substituído pelo Decreto Lei no 2.208, de14.04.1997. De acordo com diversos autores, este decreto, principal instrumento jurídico-normativo das reformas do Ensino Técnico-profissional em curso, estaria nitidamente influenciado pelas diretrizes do Banco Mundial (BM) e assegurado pelo financiamento conjunto Ministério da Educação / Ministério do Trabalho / Banco Interamericano de Desenvolvimento (MEC/MTb/BID), reestruturando o EnsinoTécnico em três níveis: Básico, Técnico e Tecnológico.
A educação técnico-profissional não se tem colocado à margem dessa discussão e hoje começa a refletir sobre a necessidade de estar articulada à educação geral, para evitar a dualidade histórica entre educação propedêutica X educação profissional-instrumental, dando respostas à dupla dimensão dos objetivos educacionais: preparar o profissional...
tracking img