O professor e o aluno surdo diante das barreira auditivas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Atualmente discuti-se muito a respeito da inclusão dos indivíduos surdos e no Brasil continua sendo um desafio principalmente quando nos deparamos com a realidade do professor e o aluno surdo diante das barreiras auditivas.
Várias são as dificuldades para se desenvolver tal atividade educativa do ponto de vista social. Diante desse contexto, o problema que se define nesseestudo é o seguinte: Na atual formação educacional os professores habilitados para atendimento às crianças surdas consideram-se realmente capacitados para atender seus alunos? Há indícios de que os números de profissionais capacitados para essa área de ensino consideram-se despreparados para receber seus alunos.
A escolha desse tema se deve justamente para investigar a capacitação doseducadores e tem como objetivo geral analisar na perspectiva do professor a inclusão do aluno surdo em uma escola pública em Santo Antônio Descoberto-G.O. Especificamente o estudo ainda objetiva: Apresentar o histórico da educação especial;Apresentar o histórico do atendimento a pessoa surda;Mostrar a legislação a cerca desse atendimento;Definir a deficiência auditiva;Apontar os recursos paracomunicação com o surdo;Analisar o papel do professor para inclusão do aluno surdo. O caminho metodológico utilizado na elaboração desse trabalho é a pesquisa qualitativa. Para coleta de dados foram utilizadas estratégias da pesquisa bibliográfica e da pesquisa de campo com professores de uma escola pública municipal do GO.
A pesquisa bibliográfica foi embasada por autores como: MAZZOTTA, Marcos Joséda Silveira; RINALDI, Giuseppe; BUENO, José Geraldo Silveira;CARVALHO,Rosita Edler entre outros,sendo organizado por capítulos.

.


1)Breve histórico de educação especial
De acordo com MAZZOTA (2003,p. 11) defini-se como educação especial:
“... a modalidade de ensino que se caracteriza por um conjunto de recursos e serviços educacionais especiais organizados paraapoiar,suplementar e,em alguns casos,substituir os serviços educacionais comuns de modo a garantir a educação formal dos educandos que apresentem necessidades educacionais muito diferentes das da maioria das crianças e jovens ,Tais educandos ,também denominados de "excepcionais",são justamente aqueles que hoje têm sido chamados de alunos com necessidades especiais decorrem da defrontação das condiçõesindividuais o aluno com as condições gerais da educação formal que lhe é oferecida.”
Para Bueno por Alencar (1994, p.35) a educação especial definiu-se como:
“A Educação Especial tem cumprido, na sociedade moderna, duplo papel de complementaridade da educação regular. Isto é, dentro de seu âmbito de ação,atende, por um lado, à democratização do ensino, à medida que responde às necessidades deparcela da população que não consegue usufruir dos processos regulares de ensino; por outro, responde ao processo de segregação da criança "diferente” legitimando a ação seletiva da escola regular.”
Entretanto, somente no final dos anos 50 e início do século XX a inclusão da educação especial para o grupo dos surdos em geral ocorre para instruir de forma básica,na opinião deFERNANDES(2002,P.33):
(...)os conceitos de norma e normalidade ,são socialmente estabelecidos pela maioria representada pelo conjunto de indivíduos (...)é esta maioria que estabelece as normas entendidas estas como aquilo que se observa com mais freqüência e com as quais cada qual será contrastado ,derivando daí que os indivíduos resultem classificados e etiquetados como normais ou anormais.
Observa-sea partir desta perspectiva a importância do histórico realizado nesse capítulo sobre educação especial,nesse âmbito têm-se que a educação especial é considerada como educação para pessoas com deficiências podendo ser elas:auditivas,visuais,múltiplas ou até mesmo decorrente de distúrbios invasivos do desenvolvimento ,isso em se tratando também dos superdotados.
Por essa perspectiva temos...
tracking img