O processo da imagem radiologica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2387 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Já na extorsão, o marginal precisa da colaboração da vítima para alcançar seu objetivo. Por exemplo: sacar dinheiro no caixa eletrônico. Não há como o marginal retirar o dinheiro sem saber a senha, que só a vítima conhece. O marginal pode até matar a vítima, mas será impossível que ele consiga sacar o dinheiro sem que a vítima forneca a senha. Em outras palavras, na extorsão, a vítima é forcada acolaborar e sem sua colaboração o marginal não consegue atingir seu objetivo. Obviamente a colaboração é obtida mediante violência ou grave ameaça (contra a vítima ou contra outra pessoa).

Ambos os crimes acima são crimes contra o patrimônio, ie, contra os bens da pessoa. A violência é apenas o meio utilizado pelo criminoso para alcançar os bens da vítima.

Sequestro, por outro lado, é umcrime contra a liberdade pessoal. Sequestro não é mais do que, ilegalmente, impedir que alguem exerça sua liberdade de ir e vir. Na maior parte das vezes que ouvimos falar do crime de sequestro no jornal, na verdade, estamos tratando de um outro crime: a extorsão mediante sequestro, que é um crime muito mais grave.

A extorsão mediante sequestro é um crime contra o patrimônio, e se origina dajunção de dois crimes: a extorsão (forçar a família a entregar um valor/dinheiro), utilizando-se da privação de liberdade como meio para alcançar aquele objetivo.

O que chamamos normalmente de seqüestros-relâmpagos nos jornais são, do ponto de vista jurídico, classificados como roubos qualificados (inciso V do §2º: “se o agente mantém a vítima em seu poder, restringindo sua liberdade”) ou extorsão,dependendo da interpretação do magistrado se havia ou não necessidade da cooperação da vítima.

No caso da matéria acima, se a intenção era pedir um resgate, trata-se de extorsão mediante sequestro. Se a intensão era forçar a vítima a sacar dinheiro do caixa eletrônico, trata-se de um crime de extorsão. Se a intensão era apenas levar os bens que estavam no carro, trata-se de roubo. A única coisaque aparentemente não pode ter sido é um simples sequestro, como indicou o título da material.
http://direito.folha.uol.com.br/1/post/2010/03/sequestro-x-extorso-mediante-sequestro.html

Extorsão mediante seqüestro -  Crime consistente em seqüestrar pessoa com o fim de obter, para si ou para outrem, qualquer vantagem, como condição ou preço de resgate. Não se confunde com o rapto, que é crimecontra os costumes e que se configura com a retirada ou detenção de mulher, mediante violência ou grave ameaça ou fraude, para fim libidinoso.

http://www.jusbrasil.com.br/topicos/297700/extorsao-mediante-sequestro

O professor de matemática de uma escola estadual de Santos, na Baixada Santista (SP), está sendo acusado de apologia ao crime por passar aos alunos do primeiro ano do ensino médioseis problemas que citam temas como tráfico de drogas, prostituição, roubo de veículos, assassinato e uso de armas de fogo. Nas questões, o professor pergunta, por exemplo, qual a quantidade de pó de giz que um traficante deverá misturar para ganhar 20% na venda de 200 gramas de heroína ou quantos clientes cada prostituta deverá atender para que o cafetão compre uma dose diária de crack.
O casofoi denunciado à polícia na última quarta-feira pelos pais de uma aluna de 14 anos da Escola Estadual João Octávio dos Santos, no morro do São Bento, periferia da cidade. Dois dias antes, a adolescente comentou com a mãe que não havia conseguido responder a um exercício com seis questões de matemática aplicado em sala de aula. Ao ver as questões no caderno da filha, a mãe se surpreendeu com oconteúdo do texto e decidiu procurar a diretoria do colégio.
Exame da discórdia
Veja as questões da prova de matemática:
- 1) Zaróio tem um fuzil AK-47 com carregador de 80 balas. Em cada rajada ele gasta 13 balas. Quantas rajadas poderá disparar?
- 2) Biroka comprou dez gramas de coca pura que misturou com bicarbonato na proporção de quatro partes de pó e seis de bicarbonato. A seguir vendeu...
tracking img