O problema dos bairros de lata e dos squatter

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1011 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PROBLEMA DOS BAIRROS DE LATA E DOS SQUATTER

Um dos problemas que se coloca nas grandes cidades, principalmente nas cidades Africanas, são os bairros de lata que os rodeiam.

BAIRROS DE LATA
Segundo a Organização das Nações Unidas, a percentagem da população urbana que vive em favelas diminuiu de 47% para 37% no mundo em desenvolvimento, no período entre 1990 e 2005. No entanto, devido aocrescimento populacional e ao aumento das populações urbanas, o número dos moradores de favelas ainda é crescente.
Tal como definido pela agência das Nações Unidas, UN-HABITAT, BAIRROS DE LATA é uma área degradada de uma determinada cidade caracterizada por moradias precárias, falta de infraestrutura e sem regularização fundiária.
Existem três conceitos de bairros de lata, aparentemente sãodefinidos de modo igual, mas na realidade as suas características são diferentes.
* Brasil – FAVELAS;
* Portugal – BAIRROS DE LATA;
* Angola – MUSSEQUES.

CARACTERISTICAS DA CONSTRUÇÃO;

* As ruas são estreitas, verdadeiros corredores ou espaços de passagem com a largura de um homem;
* O aspeto construtivo diferenciado surge de acordo com a origem dos seus habitantes, a suaocupação e o grau de adaptação à cidade; existe sempre um traço comum - a organização do espaço;
* Os elementos construtivos são fornecidos principalmente pelas lixeiras ou oriundos das sobras das obras circundantes.
* Desconhecendo qualquer tipo de planeamento, respondendo apenas à possibilidade de acesso pedonal aos espaços mais recônditos do coração do bairro.
* As "habitações"ocupam apenas os pequenos espaços sobrantes entre cada construção.
* Corredores são delimitados pelas próprias construções e por vedações, sustentadas por estacas, e fechadas com diversos materiais recuperados nos lixos e abandonados nas obras (lata e desperdícios), fazendo lembrar verdadeiras paliçadas, interrompidas por janelas e portas com as mesmas características.
* O Saneamento a céuaberto geralmente é feito por valas no eixo destas ruas de acessos pedonais.

PRINCIPAIS FACTORES PARA O APARECIMENTO DOS BAIRROS DE LATA

* Más opções de desenvolvimento, causada pela crise da agricultura, fenómenos naturais e o êxodo Rural;
* Procura de Emprego e de melhorias de condições de vida;
* As recentes destruições causadas pela guerra civil, os massacres, e o êxodo daspopulações do interior, à procura de refúgio dos combates, transformam completamente o aspeto dos musseques de Luanda

CONSEQUÊNCIAS SOCIAIS PARA O APARECIMENTO DOS BAIRROS DE LATA

Analfabetismo/ Desemprego/ Emprego Precário

Consumo de Drogas
Delinquência/Violência

Criminalidade

DESENVOLVIMENTO PRECÁRIO E ACELARADO DOS BAIRROS DE LATA ( Caso Luanda)
A partir de 1962, a febre daconstrução civil e o lançamento da indústria, fascina cada vez mais as populações rurais que abandonam os seus locais de origem e migram para a cidade grande, Luanda. Estas gentes instalam-se nos musseques e reagrupam-se segundo as suas origens. Os musseques passam a designar o espaço social dos colonizados, assalariados, reduto da mão de obra barata e de reserva, ao crescimento colonial, colocados àmargem do processo urbano, surgindo como espaço dos marginalizados, e cuja fisionomia está em constante transformação.
Ao longo de três décadas, os musseques deixam de ser bolsas da malha urbana Luandense, passando a grandes manchas disformes, ao redor do núcleo urbano, que foram crescendo desordenadamente, sem qualquer controle, ignorando qualquer
determinação urbanística (não existe umapolítica de desenvolvimento urbano), absorvendo cada vez mais pessoas, e sem condições de salubridade.
Esta situação agrava-se com o aparecimento da guerra civil que fez com que a população refugia-se na capital deixando para trás as suas habitações, os seu pertences. Absorvendo grande parte dessa migração e sem alternativas nem condições para os alojar condignamente, Luanda assiste assim a mais um...
tracking img