O principe

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2774 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO DO LIVRO: O PRÍNCIPE – Nicolau Maquiavel

[pic]

Nicolau Maquiavel

“Tendo o príncipe necessidade de saber usar bem a natureza do animal, deve escolher a raposa e o leão, pois o leão não sabe se defender das armadilhas e a raposa não sabe se defender da força bruta dos lobos. Portanto é preciso ser raposa, para conhecer as armadilhas e leão, para aterrorizar oslobos” (MAQUIAVEL, 1997).

BREVE COMENTÁRIO SOBRE A OBRA

Em “O Príncipe”, Maquiavel mostra de maneira detalhista o que, em sua opinião, é fundamental para um líder comandar, conquistar e administrar seu Estado evitando, por exemplo, revoltas e manifestações que podem levar o governo de um Estado a entrar em colapso. Maquiavel nos mostra, também, que possuía a idéia de que realmente os finsjustificam os meios para se manter o Estado em ordem. Lembrando que esta obra fora escrita em 1513 e é tida como referência nos dias atuais, e passa com muita sapiência as experiências vividas à época para muitos, assombrosas, para Maquiavel nada mas que a verdade nua e crua dos bastidores do mundo político. Criando assim um verdadeiro "manual da política".

VIDA E OBRA

Nicolau Maquiavel nasceuem Florença em 03 de Maio de 1469, e morreu em 20 de Junho de 1527. Numa Itália “esplendorosa mais infeliz”. Seu pai, advogado como um típico renascentista era um estudioso das humanidades, tendo se empenhado em transmitir uma aprimorada educação clássica para seu filho. Maquiavel aos 12 anos já escrevia no melhor estilo e, em latim.

Ocupa seu primeiro cargo na vida pública em 1498, com 29anos, onde passou a ocupar a segunda chancelaria, era, então, o que chamaríamos de burocrata de 1º escalão. Seu título, secretário, Cumpriu várias missões, tanto fora da Itália como internamente, destacando sua diligência em instituir uma milícia nacional.

Maquiavel casou - se em 1502, com Marietta Di Luigi Corsini, com quem teve quatro filhos e duas filhas.

Com a queda de Soverine, em 1527, adinastia volta ao poder e, Maquiavel é acusado de ligação com o governo republicano, sendo demitido da vida pública. Posteriormente em 1513, é acusado de envolvimento numa conspiração contra o novo governo, foi preso, torturado e deportado. É permitido que se mude para São Cassiano, cidade pequena próxima a Florença, onde escreveu a sua obra prima: O Príncipe.

Em Maio de 1527, tendo os Médici,sido expulso de Florença novamente e a restauração da República, Maquiavel tentou reocupar o seu cargo na chancelaria, mas o posto foi-lhe recusado devido à reputação que, o príncipe, já lhe tinha granjeado. Pouco tempo depois, desgostoso, adoece e morre em Junho.

O Príncipe é um tratado político com 25 capítulos, com uma conclusão que propõem a libertação da Itália das intervenções defranceses e de espanhóis, considerados bárbaros. A obra foi escrita em 1513 e dedicada a Lourenço de Médici.

MAQUIAVEL, NICOLAU. O príncipe. 2 edição. São Paulo: Revista dos tribunais, 1997.

O livro, o príncipe, de Maquiavel, foi escrito em 1513, e posteriormente dedicado a Lourenço de Médici. Podemos considerá-lo como um manual para governantes, pois tenta explicar como conquistar e manterEstados, além de outros temas como alianças, negociações e acordos políticos, relações entre o Estado e o povo, política interna e externa, corrupção, nepotismo e favorecimento.

Maquiavel viveu em uma Itália fragmentada em pequenos estados ou principados, dominada pela influência dos Estados estrangeiros, principalmente França e Espanha que ocuparam vários de seus territórios “sem chefe, sem ordem,vencida, espoliada, lacerada e invadida” (1997 p. 160). Foi nesse contexto que Maquiavel escreveu um dos livros mais lidos e comentados de todos os tempos, onde procura apontar um caminho para a Itália desfalecida. No desejo que a Itália como uma flor possa desabrochar do seu estado de repouso e venha a se tornar grande e conhecida por todos “inteiramente pronta e disposta a seguir uma bandeira,...
tracking img