O principe maquiavel

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (302 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 - Carlinhos - É o narrador do romance. Órfão aos quatro anos, tornou-se um menino melancólico, solitário e bastante introspectivo. De sexualidade exacerbada, mantém, aos doze anos, asua primeira relação sexual, contraindo “doença-do-mundo” - a popular gonorréia.

2 - Coronel Zé Paulino - É o todo-poderoso senhor de engenho - o patriarca absoluto da região. Era umaespécie de prefeito - administrava pessoalmente, dando ordens e fazendo a justiça que ditava a sua consciência de homem bom e generoso.

3 - Tia Maria - Irmã da mãe de Carlinhos(Clarisse), torna-se para este a sua segunda mãe. Querida e estimada por todos pela sua bondade e simpatia, era chamada carinhosamente de Maria Menina.

4 - Velha Totonha - É uma figuraadmirável e fabulosa. Representa bem o folclore ambulante dos contadores de histórias.

5 - Antônio Silvino - Representa bem o cangaceiro sempre temido e respeitado pelo povo, em virtude de seusenso de justiça, tirando dos ricos e protegendo os fracos. Compõe bem a paisagem nordestina.

6 - Tio Juca - Não chega a representar um papel de destaque no romance. Por ser filho dosenhor de engenho, fazia e desfazia (sobretudo sexo com as mulatas), mas não era punido. De certa forma, representa o papel de pai de Carlinhos.

7 - Lula de Holanda - Embora ocupe poucoespaço, o Coronel Lula é uma personagem relevante, pois representa o senhor de engenho decadente que teima em manter a fachada aristocrática.

8 - Sinhazinha - Embora não fosse a donada casa (era cunhada do Coronel), mandava e desmandava no governo da casa-grande. Era odiada por todos por seu rigor e carranquice, e pode ser identificada com as madrastas ruins doscontos populares.

9 - Negras - Restos do tempo de escravidão, destacam-se a negra Generosa, dona da cozinha, a vovó Galdina, que vivia entrevada numa cama e Maria Gorda, uma demonia.
tracking img