O principe de maquiavel cap 19

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Príncipe , Maquiavel Resumo - Capítulo 19: Como se pode evitar o desprezo e o ódio

Os Príncipe s devem tomar o cuidado que suas decisões sejam irrevogáveis, e que as sustente de tal forma que aninguém ocorra enganá-lo ou deslocá-lo.
Os Príncipe s devem se acautelar contra duas coisas: seus súditos e as potências estrangeiras. Contra as potências estrangeiras lhe servirá boas armas e bonsamigos; contra as conspirações dos súditos lhe servirá não ser odiado, visto que o conspirador só executará seu plano se pensar que a morte do soberano satisfará o povo.
"Em poucas palavras, do ladodo conspirador estão o medo, os ciúmes, as suspeitas, o receio do castigo; do lado do Príncipe há a majestade do poder, as leis, a proteção oferecida pelos amigos e pelo Estado. Quando a esses fatoresse acrescenta a estima do povo, é impossível que alguém cometa a temeridade de conspirar."
Os Príncipe s sábios tentam sempre não aborrecer os grandes e agradar o povo. Pode-se fazer isso deixandoreservado aos grandes as tarefas como os julgamentos isso pra eles é estima, todavia o monarca deve ele mesmo fazer os favores. O Príncipe deve sempre tomar cuidado para não injuriar alguém de cujosserviços se utilize.


Sempre o que conta para o Príncipe é o que seus súditos sentem por ele; se o povo sente ódio ou desprezo, e ainda por cima, não o temem, o Estado será perdido facilmente.

OPríncipe , Maquiavel Resumo - Capítulo 20: A utilidade de construir fortalezas e de outras medidas que os Príncipe s adotam com frequência
Quando um Príncipe novo chega ao poder deve armar seussúditos, o que lhes imporá que o Príncipe lhes tem confiança, eles assim se tornam leais e os que já eram leais matem sua lealdade. Se o Príncipe novo desarma seus súditos, lhes imporá que não lhes temconfiança, o que provoca ódio contra o soberano.
Todavia se um Príncipe adquire um Estado o adicionando ao seu, é necessário que o desarme, com exceção dos habitantes que estiveram do seu lado na...
tracking img