O principe da casa de davi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2149 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Príncipe da Casa de Davi
por J.H. Ingraham
Pudney & Russell
N.Y.
1859
Adina, a escritora das seguintes cartas, era a única filha de Manassés Benjamin, que, embora fosse uma israelita da tribo de Judá, era uma nativa da cidade grego-romana de Alexandria. Seu ancestral foi o erudito David Esdras; Manassés, um dos septuagenários estudantes judeus (ou LXX) apontado por PtolomeuPhiladelphus no ano 277 a. C. a traduzir a Bíblia do hebreu original ao Grego.
Esdras com suas companhias, tendo terminado esta importante obra, foi convidado pelo rei a permanecer no Egito, onde ele morreu farto de dias, tendo um cargo de confiança e honra. Seus descendentes por cinco gerações foram homens eminentes, e compartilharam a confiança dos governantes do Egito, sob os quais eles acumularamriquezas as quais foram finalmente herdadas por Manassés Benjamin, um homem não desmerecedor de tão eminente ascendência. Ele foi venerado na Alexandria por sua integridade, sabedoria e distinção, como também por sua instrução e riqueza, e foi honrado com a amizade do Pró-consul romano, Rufus Lucius Paulinus. Seu amor e veneração pela terra de seus pais, pela Cidade Santa e o Templo de Jeová, nãodiminuiu sua natividade como um judeu egípcio, e como fora em sua juventude enviado a Jerusalém pelos seus pais, para ser ensinado nas leis de Moisés, assim ele resolveu que sua filha deveria partilhar do mesmo privilégio, ser ensinada como se tornar uma mulher Judia, e ser inerente de seu nome e riqueza.
 
Depois de uma tediosa jornada de setenta dias pela faixa de Gaza, a querida Adina vagarosamenteavistou os muros e a torre da cidade de Sião. A caravana parou sobre o cume, e os viajantes judeus compondo isto se alinharam e prostraram-se em adoração diante da cidade de Davi, o monte Moriá, ficando sagrado pelas pegadas de Abraão. A moça tirou o véu e inclinou sua cabeça em reverência sagrada. Esta fora sua primeira vista de Jerusalém, a cidade de seus pais, a terra natal de seus pais, osquais, desde sua infância, ela tinha ouvido falar dele com a mais profunda reverência. Enquanto ela observava isto, ela pensou em Isaque, que tinha sido atado sobre um altar àquela altura, agora brilhando com muros revestidos com mármore e ouro; de Isaías, que tinha sido serrado em pedaços no escuro vale a seus pés; de Davi e sua glória; de Salomão e sua sabedoria; do rosto dos profetas que tinhammarchado em suas ruas e passearam sobre suas colinas. Rapidamente sua memória trouxe à mente a história do poderoso passado, dos cercos que a cidade tinha resistido contra os Assírios, os Persas, os Egípcios, e as nações da terra; do levar em cativeiro de seus compatriotas; da demolição de seus muros e de seu Templo; e a reconstrução por Esdras. Porém na maior parte ela deu muita atenção com santotemor ao pensamento da presença de Deus, de Jeová, que habitara ali século após século, visivelmente, em Fogo insuportável, dentro do santuário interior do Templo, e que ali Ele falava com o homem, como era isto! face a face. Ela pensou também acerca da Arca do Pacto, as Mesas de Pedra, da vara de Aarão que brotou, e a serpente de bronze que foi colocada em cima no Templo; e seu coração bateu comemoção de tal forma como ela nunca tinha sentido antes. Abaixando, e com terrível veneração, ela inclinou sua cabeça em grata reverência Àquele que tinha tanto se distinguido acima de todas as nações sua nação, sobre todas as cidades da cidade de seus pais e dos Profetas! Então ela elevou seus olhos em orgulho por ser uma judia, em sua imaginação, isto parecia que podia ser tão familiar para osolhos de anjos como de homens, tão próximo tinha o Céu se ligado com aquele lugar escolhido.
Os árabes, seus criados, também tinham se inclinado e ajoelhado na presença das torres sagradas: mas isto foi em honra a Abraão e os patriarcas, seus ancestrais através de Ismael, que eles criam que estavam com Isaque e Jacó nos sepulcros sobre o Monte Sião.
O orgulhoso relance de Adina foi detido por...
tracking img