O parasito discreto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (354 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O PARASITA DISCRETO


Durante décadas o protozoário Trypanosoma cruzi vem sendo estudado por diversos profissionais em todo o mundo. Os estudos realizados chegam a conclusão de que oprotozoário coloca os mecanismos de reparo celular para funcionar ao seu favor, explicando, dessa forma, a afinidade do parasita pelas células musculares.
Dois pesquisadores brasileiros, BecharaKachar e Leonardo Rodrigues de Andrade, auxiliam pesquisadores norte-americanos a monitorar a invasão e ocupação celular pelo T. Cruzi. A partir desse experimento observaram que o parasita, devido à suaintensa movimentação, lesiona a membrana externa da célula, formando um pequeno buraco. Por meio desse buraco entram íons de cálcio, estes ativam a fusão de lisossomos com a membrana externa dacélula ao redor do minúsculo buraco. Ao se fundirem com a membrana, os lisossomos liberam uma enzima chamada esfingomielinase, que induz à formação de ceramida. A ceramida, por sua vez, remove a regiãolesionada e concerta a membrana da célula, facilitando, assim, a entrada do parasita.
O T. cruzi tem afinidade pelas células musculares pois estão mais sujeitas à lesões e, dessa forma, acionam commaior frequência os mecanismos de reparo da membrana externa, a ceramida, que é benéfica ao protozoário.
Segundo Mortara, a intensa movimentação atrai outros parasitas para célula, porém, o T.cruzi libera toxinas que lhe permitem escapar. Começa então, a se multiplicar intensamente até o rompimento da célula.
Cada microrganismo sobrevive através de formas próprias de fazer com que ascélulas trabalhem a seu favor. A doença de Chagas pode ser contraída por conta da falta de higiene e de atenção, por meio do consumo de açaí ou caldo de cana contaminados ou, raramente, portransfusão de sangue e por transplante de órgãos.
Essa doença é difícil de ser detectada, mais de 40% de pessoas portadoras de T. cruzi não apresentam sintomas. Apenas em 45% dos infectados o coração...
tracking img