O papel dos jogos no ensino da matemática

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2502 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O PAPEL DA RECREAÇÃO E DO JOGO NO ENSINO DA MATEMÁTICA

* Edila Dutra da Silva-
Rua Dom Pedrito ,55- Bairro Gonçalves- Cachoeira do Sul
**Luiz Sílvio Scartazzini-
* Mestranda do curso de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática da ULBRA – Campus de Canoas.
** Orientador, Dr. em Engenharia, Professor da ULBRA – Campus de Canoas e Cachoeira do Sul







1. INTRODUÇÃOA recreação, as brincadeiras e os jogos existem desde a pré-história e não são exclusivos dos humanos. Quem possuir mais de um cão em casa pode observar bem, eles brincam, correm e mordem uns aos outros de maneira lúdica, sem violência. Observando a jaula dos símios, no zoológico, vemos claramente que eles se divertem com brincadeiras e jogos.


Os seres humanos desde a maistenra idade, inventam brincadeiras próprias que os divertem e as mães aproveitam estas brincadeiras para ensinar às crianças tudo que lhes interessa de maneira agradável e atraente.


Quando a criança chega na escola se depara com uma situação totalmente diferente: é a hora do trabalho, com horários definidos para tudo, inclusive para o brinquedo. Durante as horas que está na escola a criançase vê privada das atividades que lhe davam tanto prazer, então a aprendizagem que devia ser uma coisa muito agradável, pois iria satisfazer sua curiosidade natural, torna-se maçante e pesada.


Quando se fala em recreação, logo se pensa em futebol, cinema, televisão, videogame, quadrinhos, etc., mas, um exercício de fixação de conteúdo pode ser tão agradável quanto qualquer uma destasdiversões dependendo apenas da forma que é apresentado e da criatividade do professor.


O jogo é uma atividade natural da criança que pode ser direcionado para educar e desenvolver o raciocínio, pode ser um agente de transmissão de idéias e sentimentos, pois completa e equilibra a educação.


Quando se traz o jogo e a brincadeira para a sala de aula, está se associando a hora dotrabalho com a hora do recreio e tornando a vida na escola tão divertida como a vida fora da escola.


O uso de jogos nas aulas de matemática tem tornado a disciplina cada vez mais agradável e os professores sabem que, se ela fizer parte do lazer do aluno através de brincadeiras desafiadoras, passarão a colher bons frutos.


O trabalho aqui desenvolvido apresenta o resultado deoficinas realizadas com professores de matemática no ensino fundamental, onde foram abordadas técnicas de ensino lúdico desta disciplina. Nestes encontros procurou-se auxiliar o trabalho docente com a pesquisa, coleta e criação de vários jogos que foram confeccionados, testados e apresentados a professores de diversas escolas do município de Cachoeira do Sul em oficinas onde cada um confeccionouseus próprios jogos e opinou sobre adaptações que poderiam ser feitas.





2. METODOLOGIA


A Secretaria Municipal de Cacheira do Sul promoveu mensalmente, durante o ano de 2002, reuniões com os professores de matemática da rede municipal, para aperfeiçoamento, motivação e redirecionamento de técnicas de ensino.


Destes encontros, três deles foram desenvolvidos pela autora nosquais abordou-se o papel do jogo na metodologia de matemática, a confecção e utilização de jogos para a sala de aula. No final de cada encontro foi aplicada uma ficha de avaliação sobre o trabalho realizado.


Posteriormente, a convite das Escolas Estaduais, a autora desenvolveu oficinas semelhantes para professores da área. Foram realizados 9 encontros nas Escolas, desenvolvendo as mesmastécnicas anteriores.


No total dos 12 encontros, participaram 131 professores, sendo 56 das séries iniciais e 59 das séries finais do Ensino Fundamental e ainda 16 do Ensino Médio.


Das oficinas realizadas, o presente trabalho abordará apenas os instrumentos da avaliação apresentados pelos 59 professores das séries finais do ensino fundamental






3. RESULTADOS...
tracking img