O papel dos governos no fomento à atividade produtiva de pequeno porte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“O PAPEL DOS GOVERNOS NO FOMENTO À ATIVIDADE DE PEQUENO PORTE”

RESUMO
O Brasil, maior portador de micro e pequenas empresas no mundo, e como números mostrando que esse setor vem aumentando cada vez mais, o acesso ao microcrédito produtivo não acompanha tal crescimento. As pequenas empresas são responsáveis por cerca de 52% dos trabalhadores no país e 20% do total do PIB, e correspondem a97% de todas as empresas no país.
Devido a burocracias excessivas em alguns aspectos, algumas empresas acabam por trabalhar informalmente e após certo tempo passam a concorrer com outras empresas de maior porte (que possuem acesso mais facilitado ao crédito), e passam por casos até de serem forçados a fecharem as portas.
Visto isso, o Governo criou em 2005, um programa que facilitasse talacesso e auxiliasse financeiramente as suas atividades, para empresas com até R$ 120 mil de renda brutal anual. O PNMPO (Programa Nacional do Microcrédito Produtivo Orientado), que em 2011 passaria a se chamar de Programa Crescer, devido às mudanças que diminuíram as tarifas e juros, o que facilitou e viabilizou o acesso ao microcrédito produtivo orientado.INTRODUÇÃO
Em um país muito motivado economicamente pelas micro e pequenas empresas, o acesso ao crédito está aquém do necessário, ainda mais visto o crescimento desse setor no Brasil.
Por isso, o Governo Federal em 2005, criou um programa com intuito de facilitar o acesso ao crédito produtivo e que pudesse atender às necessidades financeiras dessas empresas, chamado de PNMPO (ProgramaNacional do Microcrédito Produtivo Orientado).
Porém, após alguns anos de instituído, notou-se que o acesso ao crédito ainda estava abaixo do esperado mesmo após a criação do programa. Então, o governo modifica as formas de pagamento, diminuindo os juros, tarifas e taxas, tornando assim, o acesso ao crédito das menores empresas, mais viável que anteriormente.DESENVOLVIMENTO
No Brasil, nota-se que o número de microempresas vem crescendo continuamente há alguns anos. Uma pesquisa recente feita pelo SEBRAE, mostra que o Brasil já possui aproximadamente 6 milhões de micro e pequenas empresas, correspondendo a 97% de todas as empresas no país, sendo então o país com maior número desse tipo de empresas no mundo.
Como consequência,influenciam fortemente na economia do país, gerando empregos e faturamento. Somente as pequenas empresas no Brasil empregam cerca de 52% de todos trabalhadores urbanos, e o seu faturamento corresponde a aproximadamente 20% do PIB nacional.
Mas em um país tão grande como o Brasil, e que há uma grande diversidade de empresas e meios de comércio, as pequenas empresas não estão isentas de concorrência.Por vezes, as pequenas e microempresas estão sujeitas a concorrer não somente com outras empresas do mesmo porte, mas também com empresas de médio e grande porte, que por sua vez possuem maior poder econômico e conseguem comercializar seu produto de forma mais barata devido à quantia de vendas realizadas, como também conseguem acesso a créditos com mais facilidade.
Assim, as empresas menoresque por vezes trabalham na informalidade, são obrigadas a reduzir custos e cortar gastos, visto à concorrência com as grandes empresas, como também a burocracia excessiva, e a dificuldade de acesso a créditos e microcréditos, que em alguns casos podem interferir fortemente no funcionamento das atividades das mesmas, e em grande parte leva a um risco até de fecharem as portas.
De face da pesquisa,Felipe Veronezzi (2009) conclui que:
“Segundo a pesquisa, plano de negócios, planejamento de longo prazo, controle de riscos, controle patrimonial e reinvestimento são conceitos de administração de empresas que devem ser aplicados sistematicamente nas micro-empresas.”

Visto a dificuldade dos microempreendedores para abrirem novas empresas, ou continuarem nas suas atividades, o governo...
tracking img