O papel da escola e do professor como agente de transformação da sociedade.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1546 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]





















































































INTRODUÇÃO

Falar de educação é refletir desde a origem da humanidade. O presente trabalho tem como objetivo abordar este tema para que se possa avaliar o processo educativo nos dias de hoje tendo como foco: a escola, o professor e o Estado. Evidenciando a diferença entre os métodos tradicional ehistórico crítico utilizados pelo professor, bem como a função da escola e o papel do docente como agentes necessários para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e democrática.
A escola enquanto instituição de ensino presente na sociedade, com seus objetivos e metas a serem alcançados, uma vez que educação tem uma função social importante quando por ela o individuo deve ter acesso coma mesma igualdade dos demais.
O professor, visto como peça chave do processo precisa está ciente de sua responsabilidade perante a sociedade na formação de sujeitos éticos políticos.
E o Estado como agente provedor do processo, que deve garantir as condições adequadas e necessárias ao aluno no que diz respeito ao acesso e a permanência em escolas dignas bem como ao professor com avalorização necessária para a realização do seu trabalho.


Desenvolvimento


A história do homem, da sociedade e da cultura é evolutiva, o pensamento também deve sê-lo, ou seja, deve estar constantemente superando paradigmas ultrapassados e contribuindo para o progresso da humanidade.
Neste contexto encontra-se a escola e o ambiente escolar como um todo, cujo papel é a partirdaquilo que presencia e vivencia da sociedade a que está inserida, determinar suas práticas pedagógicas a quem ela quer formar, como ela que formar e dentro de que qualidade. Sendo que no centro desse processo está o aluno e o professor. O aluno a razão da existência da escola, aquele que será “moldado” para exercer uma função na sociedade e consequentemente é o professor, quem irá realizar o trabalhode “moldar” o aluno.
Esse processo educacional já vem sendo discutido e reelaborado por inúmeros pesquisadores, estudiosos e escritores durante anos em todo mundo, onde a educação brasileira em particular, passou por mudanças sociais e políticas, como por exemplo, diante de uma ditadura militar e de uma sociedade de classes escravistas, que iniciou seu rompimento com a chegada de movimentorenascentista, e nascia então uma educação histórica critica.
A educação tradicional aquela em que o professor é o centro de tudo, visto como autoritário e não como autoridade, o aluno não tem liberdade de expressão, apenas ouve que o professor ensina e deve respeita-lo sem questionar sua forma de ensinar. Sendo seguido a risca os conteúdos programáticos estabelecidos pelas instituições deensino e não trabalham para promover uma aula criativa e inovadora, onde o aluno fique estimulado, goste do ambiente e tenha vontade de aprender.
Já na educação que utiliza o método histórico critico o maior desafio do professor é aprender com seus alunos, ele não será, mas o centro de tudo, mas sim um mediador de conhecimento, o aluno precisa compreender e saber refletir criticamente sobre omundo que o cerca.
Hoje no processo educacional, o professor não é mais o eixo da ação educativa, mas o educando por estruturas dinâmicas é um ser ativo procedente das experiências vivenciadas em seus múltiplos aspectos de conhecimento, tornando-se assim o centro da prática pedagógica.
De acordo com Paulo Freire (1920) “Ensinar não é transferir conhecimentos”. É preciso insistir: estesaber necessário ao professor, que ensina não é transferir conhecimento, não apenas precisa ser apreendido por ele e pelos educandos nas suas razoes de ser, antológica, política, ética, epistemológica, pedagógica, mas também precisa ser constantemente testemunhado, vivido. (FREIRE, 1996 p.52)
O compromisso que a escola tem com a construção da cidadania exige necessariamente a compreensão...
tracking img