O novo mercado mundial.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Pag. 345 O Toyotismo como uma nova forma do envolvimento operárioCom o toyotismo tende a ocorrer uma nova racionalização do trabalho, constituindo-se por meio da inserção engajada do trabalho assalariado na produção docapital. Ocorre uma nova orientação na constituição da racionalização do trabalho, com a produção capitalista, sob as injunções da mundialização do capital, exigindo, assim a captura integral dasubjetividade operária, sendo ela posta e reposta pelo modo de produção capitalista e sendo intrínseca à subjunção do trabalho.
Pag.346
Só que é sob o toyotismo que a captura da subjetividadeoperária adquire o pleno desenvolvimento, mesmo pertencendo à lógica de racionalização do trabalho do taylorismo/fordismo, ele tenderia em contrapartida, a surgir como um controle do elemento subjetivo daprodução capitalista que estaria posto no interior de uma nova subjunção real do trabalho ao capital. O surgimento de uma nova base técnica do sistema sociometábolico do capital, que propicia essasubjunção, é que exige como pressuposto os princípios do taylorismo.
Ainda no toyotismo, a alienação do trabalho encontra-se preservada, mesmo que minimizada pela redução entre o elaborado e oexecutado, a subjetividade que emerge na fábrica tende a ser a expressão de uma existência inautêntica, o operário da fábrica toyotista conta com uma maior participação nos projetos, com esse maiorenvolvimento dos trabalhadores a subjetividade encontra-se estranhada com relação ao que se produz e para quem se produz.
Pag.347
O fordismo transferiu o “savoir-faire” do operário para a esfera dagerência cientifica para os níveis de elaboração, o toyotismo tende a re-transferi-lo para a força de trabalho, mas faz visando a apropriar-se crescentemente da sua dimensão intelectual, procurando...
tracking img