“O novo direito empresarial, com ênfase na função social e na capacidade contributiva, é coerente e adequado à atualidade?”.

Universidade Anhanguera – Uniderp
Centro de Educação a Distância

ATPS – ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

Direito Empresarial e Tributário

Antoniel Rodrigues de Abreu - RA: 293375
Maria dasGraças Correia Ribeiro – RA: 287157
Maria do Desterro Correia Ribeiro – RA: 287158
Rosilane Maria de Deus Silva – RA: 293387

Curso: Ciências Contábeis
Polo Teresina – PI
4° Período
Teresina – PI22/11/2012


Orientador (a): Maria Juliana Leite Kirchner

ETAPA 01
PASSO 01

A palavra comércio tem sua origem no latim commutativomercium, que significa troca de mercadorias por mercadorias. Tal troca tornou-se um elemento fundamental para o convívio em sociedade os tempos mais remotos, porquanto era cada vez mais difícil aauto-satisfação de todas as necessidades de uma pessoa pertencente a um determinado grupo social, ou ao menos mais cômoda à troca. Os produtos e serviços de que toda a humanidade precisa para se sustentare viver são produzidos em organizações econômicas especializadas e negociadas no mercado. Quem participa dessas organizações são pessoas que tem habilidade de combinar os fatores de produção para aobtenção desses produtos ou serviços e visam com isso à obtenção de lucro ou riqueza.
Os fenícios acabaram por ter um destaque pela intensificação com que faziam as trocas com outros povos e, com isso,estimulavam a produção de bens que eram vendidos. Isso fez com que a atividade com fins econômicos se espalhassem, criando a figura do comércio. Por força do comércio, foram estabelecidosintercâmbios entre povos de culturas distintas, tecnologias e meio de transporte foram desenvolvidos, fortalecendo, assim, Estados. Assim como houve progressos, houve guerras, escravidão e exaurimento de recursosminerais por força dessa atividade.

Direito comercial ou Direito empresarial
É um ramo do direito privado que pode ser entendido como o conjunto de normas disciplinadoras da atividade negocial...