O mundo segundo a monsanto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 21 (5180 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RELATÓRIO SOBRE FILME: O Mundo Segundo a Monsanto. (2008, “Le monde selon Monsanto”, de Marie-Monique Robin)

Este presente texto visa analisar, tendo como referência o documentário “O mundo segundo a
Monsanto”, realizado pela jornalista francesa Marie-Monique Robin, os problemas
ocasionados pela Monsanto ao redor do mundo, abrangendo um período que inicia na década
de 30 do séculopassado até 2008, relacionando seus impactos sobre as organizações de defesa do meio ambiente, dos direitos dos agricultores, dos consumidores com os tópicos abordados em sala de aula, na disciplina de Geografia Agrária.

O documentário O mundo segundo a Monsanto , enumera de maneira sistemática o elenco de atrocidades cometidas mundo afora pela multinacional Monsanto, uma das maiores empresasquímicas do século XX tendo produzido, ainda nesta fase química, produtos e escândalos ligados, dentre outros, ao PCB, ao desfolhante químico chamado de agente laranja, ao adoçante artificial aspartame e ao herbicida Roundup.
Posteriormente, na condição de maior empresa de biotecnologia (ou Life Sciences Companies) do planeta - vez que responde por 90% dos produtos transgênicos comercializadosno mercado mundial - a Monsanto se apresenta como uma companhia agrícola cujo objetivo é “ajudar os camponeses a produzir alimentos sadios, reduzindo o impacto da agricultura sobre o meio ambiente”. Convenhamos que tal propósito é no mínimo contraditório em se tratando de uma empresa detentora de um passivo sócio, político e ambiental acumulado ao longo de sua existência, conforme o documentárioevidenciará.
Robin concebe o seu filme utilizando como fonte de pesquisa a internet, efetuando o levantamento dos fatos que ela pretende apresentar, os quais virão sempre acompanhados e enriquecidos pelos depoimentos dos atores sociais envolvidos. Tal procedimento serve a dois propósitos. De um lado, ao realizar a consulta na internet de forma simples e clara aos documentos cujos conteúdosanalisam a trajetória e as ações nas quais se encontra envolvida a Monsanto, a autora busca evitar que a empresa a processe. Em cada parte do documentário leva a autora a viajar para países como Estados Unidos, Inglaterra, Noruega, Itália, Vietnã, Índia, México e Paraguai com o objetivo de colher depoimentos, dentre outros, de cientistas, agricultores, políticos, funcionários de órgãos públicos eadvogados.

O PCB, o agente laranja e suas vítimas
Assim, somos apresentados a fatos considerados estarrecedores relacionados ao
ocorrido com os moradores da pequena cidade americana de Anniston, contaminados com PCB, substância tóxica utilizada como isolante químico nos transformadores elétricos,
produzida por uma fábrica da Monsanto, responsável pelo registro de 450 casos de criançasacometidas com uma doença motora no cérebro, dezenas de mortes por câncer, diabetes, hepatite e de outros tantos moradores contaminados com altos níveis de PCB no sangue.

A empresa, mesmo sabendo dos malefícios do PCB, manteve a fábrica em funcionamento, o que revela a lógica estritamente econômica que preside os interesses da empresa ao afirmar que as indenizações pagas décadas depois nãorepresentam mais que uma fração de seus lucros. Então é rentável manter o segredo.

Além do PCB, a Monsanto produziu para o governo americano, o herbicida
denominado agente laranja, à base de dioxina, substância largamente empregada
durante a guerra do Vietnã onde foram despejados, segundo a autora, 40 milhões de litros
equivalentes a 400 kg de dioxina pura que contaminaram 3 milhões de pessoas,incluídos
milhares de soldados americanos.

O Roundup, os transgênicos e seus riscos
A autora também veicula no seu filme a peça publicitária na qual a Monsanto
apresenta o Roundup, um herbicida utilizado no controle de ervas daninhas, como um
produto “biodegradável, (que) deixa o solo limpo e respeita o meio ambiente”. Por alardear
virtudes inexistentes, a Monsanto foi condenada...
tracking img