O mundo em que vivemos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2225 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL Secret ar ia de Est ado de Educação Subsecret ar ia de Educação Básica Coordenação de Educação Infant il
A Construção do Relatório Descritivo Individual do Aluno Eu vi um menino correndo, eu vi o tempo brincando ao redor do caminho daquele menino... Caetano Veloso Relatório é uma narração ou descrição verbal ou escrita, ordenada, sucinta ou minuciosa de um determinadofato ou ser que se viu, ouviu ou observou. A descrição é a construção de uma imagem verbal capaz de tornar o fato descrito em um fato singular, mediante a enumeração de suas características. A necessidade de registrar em relatório a aprendizagem e o desenvolvimento da criança justifica-se pela precariedade da memória humana, que não é rigorosa. A linguagem escrita, mais reflexiva, dispõe-se comoum arquivo sobre a criança por reconstituir o crescimento vivenciado, sua interação com os professores e colegas e sua convivência social no ambiente escolar. Na pedagogia atual, não há espaço para listagem de critérios uniformes de desempenho, a partir de roteiros pré-fixados. A construção do Relatório Descritivo deve ser fundamentada em coerência com a postura pedagógica do professor em umaavaliação processual e contínua. É fundamental a consciência do professor de que a criança “está” em processo e nada pode ser considerado definitivo, estático, uma vez compreendida a aprendizagem como fenômeno dinâmico e transformador. “Não há como uniformizar relatórios de avaliação, se eles contemplarem as crianças em seu ambiente próprio e espontâneo, numa postura não diretiva do professor.”(Hoffmann, 1993) O ato de escrever deve ser precedido pelo ato de pensar. Antes de iniciar a escrita, o professor deve organizar suas ideias. Dessa maneira, poderá dedicar-se a sua redação, zelar pela clareza do texto, pela correção do vocabulário escolhido, a sequência lógica dos conceitos e impressões, esmerando-se para dar graça e estilo apropriado ao seu relatório. Nessa linha de raciocínio, a açãoprimeira do professor deve ser a de observar a sua criança, procurando conhecê-la em suas dimensões afetiva, cognitiva, física, social, entre outras. “A observação é uma ação estudiosa da realidade. Estudo quando tenho uma pauta, quando direciono o meu olhar. Quando observo, eu ordeno, seleciono, diagnostico significados, classifico questões. É uma ação altamente reflexiva. É diferente do queregistrar mecanicamente tudo o que vê ou estar ali, olhando.” (Madalena Freire)
Secretaria de Estado de Educação Setor Bancário Norte (SBN) Quadra 02 Bloco C Ed. Phenícia - 7ºandar CEP 70.040-020 Telefone: 3901-3276

GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL Secret ar ia de Est ado de Educação Subsecret ar ia de Educação Básica Coordenação de Educação Infant il
A observação: Esta forma de acompanhamentoacontece durante a rotina pedagógica. Desde o primeiro dia de aula, o professor deve dar início à observação de cada uma de suas crianças, de forma a analisar as reações emocionais de cada um deles, a participação no grupo e suas demonstrações individuais de interesse, de modo a ir tomando nota de todos esses acontecimentos. Dessa forma, sugerimos a utilização dos espaços destinados a “observaçõesindividuais do aluno” e ao “relatório inicial da turma”, presentes no Diário de Classe do professor, para o registro dessas percepções. A observação dirigida serve para preencher as lacunas desapercebidas. Ao manter objetividade naquilo que se deve observar, o professor avaliará os avanços alcançados e as dificuldades que requerem sua intervenção. Esta postura abre a possibilidade de uma análisecrítica e reflexiva do processo educativo vivido no ambiente escolar. Algumas questões são fundamentais em relação às crianças: 1.Como chega à escola? 2.Como se adapta ao ambiente? 3.Como se alimenta? 4.Como brinca? 5.Como se relaciona com colegas e adultos? 6.Como está se movendo? 7.Como se comunica? 8.Atende as solicitações dos adultos? 9.O que faz quando contrariada? 10. Reconhece a si mesma e aos...
tracking img