O mundo codificado - vilem flusser

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (557 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL

Design de Moda – Tecnologia
Joice Oliveira

Resenha crítica dos textos “Sobre a Palavra Design” e “O Modo de ver do Design”, do livro “O Mundo Codificado” de VilemFusser

No livro "O Mundo Codificado", Vilem Flusser desmascara a "trapaça" que está por trás de toda técnica, toda arte e todo o design e ao mesmo tempo confere valor aos objetos. Não se livranunca de ser uma trapaça, que retira das coisas sua verdade e autenticidade para transformá-las em objetos falseados e descartáveis. Coloca em pauta que o design tenta enganar a natureza, e atésubstituí-la, deixando essa ideia em evidência falando sobre a alavanca que imita o braço humano. Fala sobre objetos de uso que foram colocados em nosso caminho para facilitar, porém tornam-se obstáculos, nosfazendo projetar novos objetos de uso que poderão ser obstruções no caminho de nossos sucessores.
O autor coloca o designer como um visionário, modificador e inventor das fórmulas do mundo. Seu olhoestá sempre inventando formas e modelos "eternos" e "imutáveis" que caminham, para a eternidade, o que o aproxima dos antigos profetas mesopotâmicos. Fala que a palavra design está no contexto deastúcias e fraudes, sendo assim seu feitor é um conspirador dedicado a inventar armadilhas. No texto “O Modo de ver do Designer”, Flusser fala sobre obstáculos para remoção de obstáculos. Por exemplo,nossos antecessores projetaram um objeto para minimizar os problemas de sua geração, porém uma nova geração está por vir e aquele objeto se torna um novo “problema”, ou melhor, se torna um obstáculo. Sendoassim, a nova geração irá criar um segundo objeto para obstruir estes novos problemas. E isso se torna um ciclo vicioso, fazendo com que o design seja sempre necessário.
Flusser designa máquina comoum dispositivo de enganação, que potencializa as capacidades humanas, porém descarta outras funções. Ele dá o exemplo da alavanca, que engana a gravidade, tira de órbita o que é verdadeiro (neste...
tracking img