O monge e o executivo - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 24 (5817 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Prólogo

"As idéias que defendo não são minhas. Eu as tomei emprestadas de Sócrates, roubei-as de Chesterfield, furtei-as de Jesus. E se você não gostar das idéias deles, quais seriam as idéias que você usaria?" - Dale Carnegie

O prólogo deste livro mostra a decisão de John Daily, executivo encorajado pela esposa a passar uma semana em um mosteiro.

John tinha sonhos recorrentes que sempre lhediziam para encontrar um tal de "Simeão". Além disso o relacionamento dele com a mulher e filhos não estava indo muito bem. Igualmente na sua empresa, que estava passando por uma revolta sindical, muito provavelmente afetada pelo modo que ele liderava seus subordinados.

Após uma conversa com a mulher, ele vai de encontro ao padre da igreja local, que o indica para participar de um retiro numpequeno e relativamente desconhecido mosteiro cristão chamado João da Cruz, perto do lago Michigan.

Neste retiro situavam cerca de 40 frades, dentre eles o "lendário" Leonard Hoffman, de quem John tinha conhecimento e dúvidas sobre o que teria acontecido com o paradeiro de "Len Hoffman".

Chegando no mosteiro, John é recebido e conduzido para o seu quarto. Durante uma conversa com o porteiro, ele ficasabendo que há dez anos o reitor do mosteiro, James, tinha dado ao famoso Len Hoffman o nome de irmão Simeão.

John fica um pouco atordoado com a notícia, e passa a noite tentando dormir com a cabeça a mil, pensando se seus sonhos teriam virado realidade ou que isso fosse somente uma coincidência.

No outro dia ele acordou bem cedo.

Capítulo 1 - As Definições

"Estar no poder é como ser umadama. Se tiver que lembrar às pessoas que você é, você não é." - Margaret Thatcher

John já tinha se instalado no mosteiro e acordou para a cerimônia das cinco e meia. Ficou o tempo inteiro tentando adivinhar quem entre os frades era Len Hoffman, ou o "irmão Simeão".

Após o intervalo, com o auxílio de um frade teve acesso à internet e começou a pesquisar sobre Hoffman para saber mais. Artigos derevistas citavam que ele era um homem muito alegre, que "não era desse mundo" e que "parecia ter descoberto o segredo da vida bem sucedida".

Após isso, John decide ir ao seu quarto buscar um agasalho antes do café da manhã. Quando chega no quarto, escuta o barulho de alguém no banheiro. Ele, achando que era seu colega de quarto Lee, pergunta se está tudo bem. A voz responde: "Não é Lee. Estouapenas tentando consertar o vazamento do vaso sanitário. John adentra o banheiro e se depara com um senhor velho, que se levanta, enxuga o rosto com um trapo e o cumprimenta: "Olá, sou o irmão Simeão".

John se sentiu embaraçado, olhando pro chão. Era Len Hoffman, uma lenda do mundo dos negócios, que ganhava fortunas por ano no auge da carreira, e estava ali consertando seu vaso do banheiro.

Após esseprimeiro encontro, John pergunta a Simeão se teria como eles se encontrarem fora dos horários da cerimônia, se fosse possível, pois ele estava querendo muito falar com alguém que era uma lenda dos negócios e muito admirado por ele. Ele decide então chegar sempre um pouco adiantado a cada cerimônia nas manhãs para ter uma breve conversa com Simeão.

Simeão humildemente se apresenta na primeirareunião, dizendo que só por ser um frade experiente ele não teria todas as respostas. Muito pode ser aprendido em grupo. E juntando todos os convidados da sala, teríamos "um ou dois séculos" de experiência. Muitas mentes unidas pensam melhor, e era essa a primeira mensagem que ele quis passar.

Os convidados foram se apresentando um por um diante dos frades. O companheiro de quarto de John - Lee, opregador. Seguido por Greg, um jovem sargento do Exército muito vaidoso. Teresa, diretora de uma escola pública. Chris, uma mulher negra , alta e atraente, treinadora de uma equipe de basquete e uma mulher chamada Kim, além de John, claro.

Simeão começa a reunião dizendo que quer somente uma regra durante os encontros: Prometam que me falarão sempre que tiverem vontade. Quando sentirem aquela...
tracking img