O monge e o executivo (resumo)

O MONGE E O EXECUTIVO (RESUMO)
A obra trata da importância da liderança consubstanciada na vida do personagem John Daily, um homem bem-sucedido, gerente-geral de uma importante indústria de vidroplano, super dedicado ao trabalho, casado e pai de dois filhos. John vivia uma vida equilibrada, fruto do bom emprego que lhe garantia um ótimo salário como também da estruturada familia que o mesmopossuia.
Porém com o passar do tempo essa tranquilidade começou a ser abalada, atritos no trabalhos começaram a surgir, desgates no ambiente familiar, dentre outros problemas. Sua esposa Rachel, que épsicóloga, sugere que ele se afaste durante alguns dias de descansos, onde ele possa refletir e colocar ordem nas coisas. Um pastor também recomenda-lhe um retiro num mosteiro cristão, chamado Joãoda Cruz, localizado perto de um lago, em Michigan, que abrigava de trinta a quarenta frades. Um deles era Leonard Hoffman, um ex executivo estadunidense que abandonara o mundo dos negócios para setornar monge, em busca de um novo sentido para sua vida — fato que chama muita atenção de John. Apesar de relutar um pouco, ele decide acatar a sugestão do pastor e de sua esposa.
Um fato intriga opersonagem desde que este era menino. o nome "Simeão" o persegue em sonhos e pensamento de forma inexplicável. Em seus sonhos John se deparava quase sempre com uma mensagem: "ache Simeão e ouça-o". Equal não foi sua surpressa quando chegou ao mosteiro e descubriu que lá o tal Leonard Hoffman era denominado de Simeão. Este fato agusou ainda mais a vontade que John já sentia em conhecer o exempresário.
A diferença entre poder e autoridade e o conceito de liderança foram os primeiros temas a serem discutidos naquele encontro que duraria uma semana. Em conjunto definiram liderança como sendo ahabilidade de influenciar pessoas para trabalharem entusiasticamente visando atingir aos objetivos identificados como sendo para o bem comum. Também expuseram o poder como a faculdade de forçar...