O mito da caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (261 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O mito da caverna, também conhecido como alegoria da caverna, prisioneiros da caverna ou parábola da caverna, foi escrito pelo filósofo grego Platão .Trata-se da exemplificação de como podemos nos libertar da condição de escuridão que nos aprisiona através da luz da verdade. Comparando com a educação na atualidade,poderíamos, dizer que o professor é o prisioneiro liberto que viu a luz (do saber?) e volta para libertar os outros prisioneiros (os alunos?) das correntesque os prendem à caverna da ignorância. Podemos afirmar que na educação de hoje ainda assim podemos encontrar pessoas na caverna, pois ainda hoje encontramos umíndice alto de analfabetismo e quando afirmamos que os professores são a luz que tende a nós tirar da caverna, ou seja, nós mostrar o conhecimento.
O mito dacaverna é uma metáfora da condição humana perante o mundo, no que diz respeito à importância do conhecimento filosófico e à educação como forma de superação daignorância, isto é, a passagem gradativa do senso comum enquanto visão de mundo e explicação da realidade para o conhecimento filosófico, que é racional,sistemático e organizado, que busca as respostas não no acaso, mas na causalidade. Para o filósofo, a realidade está no mundo das idéias - um mundo real everdadeiro - e a maioria da humanidade vive na condição da ignorância, no mundo das coisas sensíveis - este mundo -, no grau da apreensão de imagens (eikasia), as quaissão mutáveis, não são perfeitas como as coisas no mundo das idéias e, por isso, não são objetos suficientemente bons para gerar conhecimento perfeito.
tracking img