O mercador de veneza

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
O Absolutismo e a divisão da vida exterior/interior
-------------------------------------------------
Parte superior do formulário
Vejamos algunsaspectos da teoria de Koselleck:
* Há um ajuste entre os campos da moral e da política, sem o qual não teria findado a guerra civil provocada pelas Reformas. A razão de Estado pressupõe que apolítica pode ser considerada fora das considerações morais e a partir de rigorosa "leitura lógica".
* As guerras religiosas eram fruto da intolerância e da liberdade do povo de escolher entre esta ouaquela verdade moral. Portanto, para existir a paz, era necessário que o soberano suprimisse a liberdade.
* Neste caso, a liberdade não deixava de existir, mas passava a ser interior, pois aliberdade explícita gerava riscos maiores. Aqui, podemos lembrar de Hobbes, que afirmava que a liberdade reside no silêncio do soberano.
* O contexto do Absolutismo gerou uma distinção entre vidaexterior/interior, na qual o próprio indivíduo se julga, pois, no exterior, ele é julgado pelos que dominam.
* Este controle é do Estado, que não submete pelo que é a verdade ou qualquer valorcorrelato, mas por sua própria definição de autoridade. O Estado é um Deus mortal, que pode se esfacelar e levar à nova guerra total. Por isso, a necessidade de garantir a obediência de todos. Nessapossibilidade de esfacelamento, reside um potencial de crise (insegurança).
* O estado absoluto aprofunda a clivagem entre o homem público e o homem simples - as convicções devem ser vivenciadas emsegredo.
* Esta possibilidade da "vida em segredo", da "liberdade secreta" torna-se um risco para o próprio Estado. Ao mudar a questão moral da religião para o Estado, há uma laicização, mas também umespaço para que seja submetida à crítica. Os iluministas atacam, pela dilatação do foro íntimo, a Igreja e o Estado.
* Quando se esquece as origens do estado civil absoluto (guerra civil), a...
tracking img