O mercado nacional de gases naturais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7378 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CÁPITULO 1 – COMPETIÇÃO E TEORIA DE ESTRATÉGIA


1 Tipos de competição e a Teoria de Estratégia


O conceito de competição ainda é bastante diverso dentro da microeconomia, já que diferentes escolas usam estes conceitos de formas substancialmente diferentes e por caminhos independentes (Barney, 1986). Três grandes escolas de pesquisa em microeconomia são as mais influentes na pesquisa deestratégia. São elas:
Industrial Organization Economics (Bain, 1956; Mason, 1939)
Chamberlinian Economics (Chamberlin, 1933)
Schumpeterian Economics (Schumpeter, 1934, 1950; Nelson & Winter, 1982)
Provavelmente o conceito de competição apresentado pela Economia de Organizações Industriais (Industria Organization - IO) foi o mais incorporado ao estudo de estratégia. Isso aconteceu devido ao extensoe reconhecido trabalho de Michael Porter; que é baseado nos conceitos de IO.


1.1.2 Competição segundo o paradigma de Organizações Industriais (IO Competition)


O conceito básico de IO é que o retorno das firmas é determinado pela estrutura da indústria na qual a firma está inserida. Os principais atributos da estrutura de uma indústria são:
A existência e o valor das Barreirasde Entrada (Bain, 1956);
O número e o tamanho relativo das firmas (Porter, 1980);
A existência e nível de diferenciação entre os produtos comercializados (Porter, 1980);
A elasticidade total da demanda (Porter, 1980).
De acordo com Porter (1980), as firmas procurando obter altos retornos nos seus investimentos estratégicos, deveriam focar na criação e/ou modificação de característicasestruturais das suas indústrias para favorecer altos retornos. Para isso, estas firmas deveriam criar altas barreiras de entrada; deveriam reduzir o número de firmas na sua indústria; deveriam aumentar a diferenciação de produtos ou reduzir a elasticidade da demanda (Porter 1980).
Hill & Deeds (1996) acreditam que a natureza da competição é determinada pela heterogeinidade das firmas, porbarreiras à imitação, e surgimento de inovações de forma acidental ou deliberada. Eles argumentam que a estrutura da indústria é muito mais um resultado endógeno do processo competitivo do que o fator que molda este processo.
De acordo com Caves e Porter, “O novo entrante e a firma incumbente que age para detê-lo, estão ambos tomando decisões de investimento baseados em conjecturas sobre umarentabilidade futura incerta. As ações do incumbente afetam tanto as conjecturas do novo entrante sobre as condições da indústria após sua entrada, quanto às barreiras estruturais de entrada. Portanto, as barreiras de entrada que observamos são em parte estruturais, mas, pelo menos, também são parte endógenas”.


1.1.3 Competição segundo Chamberlin (Chamberlinian Competition)


Acompetição segundo Chamberlin foca nas características individuais de cada firma, ao invés de focar nas características estruturais da indústria. De acordo com Barney (1986), “… dado que as diferenças entre as capacidades e habilidades controladas pelas firmas podem levar a diferenças nos retornos das estratégias implementadas, a lógica de Chamberlin implica que as firmas deveriam procurar escolheraquelas estratégias que mais completamente exploram suas individualidades e características únicas, essa é fundamentalmente a mensagem de teóricos de estratégia como Kotler (1976) e Stevenson (1976), que sugerem fortemente que as firmas deveriam escolher estratégias que explorem suas individualidades e competências únicas e ao mesmo tempo evitem as suas fraquezas”.


1.1.4 Competição segundoShumpeter (Schumpeterian Competition)


A competição descrita por Schumpeter (1936 e 1950) não é estável e certamente menos previsível. Na sua visão, a explicação para o lucro acima do normal está na inovação de produtos e processos. Este lucro superior desaparece quando os competidores conseguem emular a inovação.
Esta visão coloca a inovação como principal combustível da...
tracking img