O mais grave atentado contra a dignidade da pessoa humana(o caso de marcos mariano)

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (402 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
mais grave atentado a dignidade da pessoa humana.




Marcos Mariano da Silva,passou 19 anos preso injustamente em Recife(PE),e esperou 8(oito)anos por uma reparação.
Preso duas vezes,o exmecânico foi acusado de homícidio e jamais foi julgado.Em 1979,Marcos Mariano foi detido pela primeira vez em sua oficina e conduzido ao presídio Ambal Bruno,onde permaneceu por mais seis anos,até que overdadeiro assassino,Marcos Mariano Silva,foi encontrado pela polícia.Deixou a prisão em 1985 e nunca pediunenhum tipo de indenização.
Marcos Mariano foi procurado pela polícia e reconduzido aopresídio Aníbal Bruno por suposta violação de liberdade condicional,que não existia,pois Marcos Mariano não era mais um detento.
Assim Marcos Mariano passou mais 13 anos na prisão,em celas lotadas e comcriminosos perigosos.Além disso foi abandonado pela ex mulher e os dez filhos.
Em 1992,durante uma rebelião,a policia invadiu o presídio utilizando bombas e Marcos Mariano foi atingido por estilhaços degranada,afetando seus olhos,o deixando cego.
Em 1998,o ex mecânico foi libertado por uma mutirão judicial para a avaliação de processos no presídio.Solto resolveu processar o Estado,pelos erros epelos danos sofridos.





COMENTÁRIO:

Marcos Mariano da Silva,parece ter sido privado,inteiramente,de direitos e garantias que constituem base para a proteção do indivíduo;contidos no art 5º denossa Constituição Federal.
O que se enxerga,na realidade é que o caso de Marcos Mariano serve como expoente de todo o sistema prisional brasileiro,ainda não alcançado por normas e tratadosinternacionais,principalmente no que diz respeito aos Direitos Humanos.
Marcos Mariano não foi o primeiro,e certamente não será o último a ter a sua sáude prejudicada em decorrência do tratamento recebido naprisão. Porém,o que comove e o fato de ele nem mesmo deveria estar preso.
O caso de Marcos Mariano representa de forma muito abrangente todo o â,bito da responsabilidade do Estado por ato...
tracking img